Translate

sábado, 19 de setembro de 2009

Para frear os acidentes com motos

Para frear os acidentes com motos
A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia iniciou ontem uma mobilização para tentar conter um número assustador.Segundo o Ministério da Saúde, uma média de 30 brasileiros morre por dia em colisões e atropelamentos com motos.
A campanha Motoclista Prudente Evita Acidente envolverá atividades educativas, como a distribuição de cartilhas.
– São gastos cerca de R$ 8 bilhões por ano para tratar essas vítimas. Com esse valor, dava para construir cerca de mil conjuntos habitacionais – afirma o presidente da entidade, Sergio Franco.Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Motociclistas de São Paulo, Aldemir Martins, a campanha é bem-vinda.
Ele culpa a facilidade na concessão da habilitação pelo elevado índice de acidentes.– A moto é vista como um brinquedo e uma aventura, mas não deixa de ser uma arma – afirma.
Previna acidentes
Associação dá duas dicas para os motociclistas:
- Ande sempre com os faróis da moto acesos
- Use roupa com um “x” amarelo reflexivo para facilitar a visualização de outras motos
Fonte: Zero Hora, 19/09/09

6 comentários:

ONG ALERTA disse...

Campanhas são sempre bem vindas mas não podem ser por períodos tem de ser para sempre, senão quando termina volta tudo ao normal, persistência.

007BONDeblog disse...

ONG ALERTA

BOM DIA

A Campanha é muito importante, e esses cuidados quanto a uso do farol e roupas reflexivas são itens que contribuem.

Mas nada substitui a conduta responsável, a direção defensiva, o uso de todos os itens de segurança. E REALMENTE NÓS PRECISAMOS DE CAMPANHAS CONSTANTES.

Por falar nisso começou a Semana Nacional do Trânsito.

Ricardo Conceição disse...

Todo o veículo tem de ter maior orientação sobre os perigos do trânsito.

Mariana disse...

Vejam só, é gastos mais de 8 bilhões para tratar das vítimas, com certeza gastar em prevenção além de o custo em Reais ser menor, evitará muitas mortes.E vida não tem preço.

Fernanda Guerra disse...

Colocar em pratica logo!

Jurandir Santos disse...

Tem que fazer cumprir a lei.