Translate

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Acidente mata motorista e deixa passageiro de carro gravemente ferido

Acidente mata motorista e deixa passageiro de carro gravemente ferido em Florianópolis
Escort dirigido por Alexandre da Cunha Pinto, 27 anos, bateu contra poste na Via Expressa
Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida depois que o carro em que elas estavam bateu contra um poste no canteiro central da Via Expressa, o trecho da BR-282 na entrada de Florianópolis, por volta das 4h desta sexta-feira. As vítimas estavam em um Ford Escort e seguiam da BR-101 em direção à Ilha de Santa
Catarina. Quando trafegava pelo km 3,6, o motorista Alexandre da Cunha Pinto, de 27 anos, teria perdido o controle do veículo e atingido o poste, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Alexandre foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Regional de São José, mas morreu no trajeto.
O outro ocupante do automóvel, Leonardo Pires Bastos, 26 anos, foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao mesmo hospital, onde permanecia, no início da manhã, no setor de Emergência.
Fonte: DIARIO.COM.BR, 02/10/09

10 comentários:

Lisette Feijó disse...

Postes são um perigo...onde estão os postes de fibra testados?? Porque eles não são utilizados, para evitar mortes?

Antonio Paulo disse...

Já falei também aqui postes e arvores muito a beira das ruas. E confesso não sabia dona Lisette nada ainda sobre esses postes. Mas que venham o mais breve possível.

Lisette Feijó disse...

Sr. Antonio logo após o acidente de minha filha foi colocado um poste de fibra na mesma perimetral para ver a durabilidade e segurança do mesmo fez 1 ano e 8 meses que ocorreu o acidente deve fazer quase isso que o poste esta lá e... cada mudou, não foram colocados outros e nem passado informação nenhuma sobre este poste para a população, enfim é assim que funciona tudo muito devagar.
Mas foi provado na Inglaterra que os psotes de fibra amenissam o impacto talvez até salvando vidas...
Minha filha bateu em um poste e não sobreviveu...

Canduxa disse...

Lisette,

Passei para louvar o seu trabalho de alerta e informação e deixar um grande abraço de luz.

Jurandir Santos disse...

Falamos aqui sobre postes muitas vezes, eles tem de ter uma localização mais segura nas vias, ruas desta cidade porque poste mata!

Mariana disse...

Falando em "poste" hj tem uma foto de um posto "no meio do caminho" em Poa, no jornal(te enviei).

Zininha disse...

É minha querida, vivo em uma cidade, SP, onde acidentes, já sao uma triste rotina...

Triste realidade da super população das cidades...

Bom fim de semana...

TEM UM SELINHO QUE FIZ PARA TODAS MINHAS AMIGAS DO BLOGSPOT... MEU PRIMEIRO MIMO, FEITO POR MIM...

ELE TE ESPERA NO JARDIM DA MINHA VIDA...


BEIJOS....

Áurea disse...

Pelo blog do António
Entrei neste a espreitar
Tal não foi o meu espanto
E o que vim encontrar!...

Linda Senhora que denuncia
Tudo isto que está mal
E não só no Brasil
Mas também cá, em Portugal

Sim! que cá também há postes
Bem na beira da estrada
Que levam pessoas à morte
Sem se poder fazer nada

As árvores ainda é diferente
Porque às vezes nascem lá
Mas os postes são lá postos
E isso muito mal está

A minha admiração
Sem me preocupar com a assimetria
Vai um beijo com ternura
Hoje! aqui! neste dia!...
Abraço de "luta"
Áurea

Jurandir Santos disse...

Os carros foram projetados para se desmanchar em uma colisão, então postes menores.

Ricardo Conceição disse...

Os responsáveis se improtam?