Translate

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Vistoria do Inmetro em cadeirinha de bebê é obrigatória

Vistoria do Inmetro em cadeirinha de bebê é obrigatória
A partir de hoje, as cadeiras para transportar crianças em carro só podem ser vendidas com selo do Inmetro.
As que já estão nos carros ainda vão ser aceitas até maio do ano que vem.
Nas prateleiras, até então, o difícil para as futuras mães como Lara era a escolha da estampa, do tamanho e do preço.
Mas na hora da compra, os pais vão ter que ficar atentos a mais um detalhe.
A partir de hoje, as cadeirinhas para carros só vão poder ser vendidas com o certificado do Inmetro. Existem 27 modelos.
As lojas que descumprirem a regra poderão ser multadas. Para os pais, a obrigatoriedade do uso da cadeirinha com o selo só passa a valer a partir de maio do ano que vem. Mas isso não quer dizer que eles podem relaxar.
O Detran está de olho e essa infração é considerada gravíssima, com multa de R$ 191.
“Criança hoje tem que ser transportada com cinto de segurança ou sistema equivalente.
A orientação é que já se faça a adequação por faixa etária das cadeirinhas que estão no mercado e são aferidas pelo Inmetro.
Criança menor de sete anos não pode ser transportada na frente ou no meio entre os bancos”, explica o gerente de fiscalização, Silvaim Fonseca.
Neste ano 81 motoristas foram multados por transportar crianças soltas ou no banco da frente. Entre eles, o pai de uma criança de cinco anos que morreu num acidente há dez dias em Sobradinho.
Ela estava sentada no banco da frente e sem o cinto de segurança.“Deus me livre perder a minha filha por causa de um acidente.
É mais a vida dela, porque pagar R$ 100 ou R$ 900 você paga”, diz o motorista Carlos Damião.
As cadeiras sem selo do Inmetro vão ser apreendidas e as lojas podem ser multadas em até a R$ 1,5 milhão.
Fonte: G1, Sonia Campos / Emerson Soares

2 comentários:

Fernando Becker disse...

Isso não é mais nada que obrigação.

Mario Fernandes disse...

Encontre várias caderinha de bebe nesse site
www.cadeirinhasdebebe.com