Translate

domingo, 10 de outubro de 2010

Para refletir...

Sobre Deus
O que é Deus?
O que seria a salvação, se é que o mundo precisa ser salvo?
Nada.
Se todos vivessem suas vidas e deixassem que os outros fizessem o mesmo, Deus estaria em cada instante, em cada grão de mostarda, no pedaço de nuvem que se mostra e se desfaz no momento seguinte.
Deus está aqui, e mesmo assim as pessoas acreditam que é preciso continuar procurando-o, porque parece simples demais aceitar que a vida é um ato de fé, e Deus nos pedirá contas no final.

Sobre demônios
Um demônio não precisa de tempo para causar estragos — assim como as tempestades, os furacões e as avalanches, que conseguem destruir, em algumas horas, árvores que foram plantadas há duzentos anos.
Demônios chegam e partem sempre, sem que necessariamente algo seja afetado pela presença deles. Estão constantemente caminhando pelo mundo, às vezes apenas para saber o que está acontecendo, outras vezes para testar esta ou aquela alma, mas são inconstantes e mudam de alvo sem qualquer lógica, guiados apenas pelo prazer de uma batalha.
Mas o terror permanece. Os homens são virtuosos porque existe o terror, mas a sua essência é maligna, todos são seus descendentes, acredita o demônio.

A ausência da história pessoal
Para que os ritos mágicos consigam passar de geração em geração, o feiticeiro (ou xamã) deve esquecer tudo aquilo que aprendeu antes de iniciar-se na magia.
Segundo a tradição, um homem ou mulher que está preso ao seu passado, termina deixando governar-se pela maneira de pensar de seus pais, ou a sociedade em que vive. Por isso, todo iniciado escolhe um novo nome, e procura livrar-se de lembranças, boas ou más.
Para poder abandonar a história que viveu, o feiticeiro passa meses seguidos recordando, nos menores detalhes, cada um dos eventos de sua vida.
Algumas tradições pedem que ele fique horas a fio contando em voz alta, para um copo cheio de água, tudo que aconteceu em cada encontro com cada pessoa; assim, a experiência sai da memória e vai para a água – que em seguida é atirada em um rio. Desta maneira, a cabeça fica “vazia”, e pode começar a ser preenchia com novas coisas.
Uma vez livre de seus pensamentos antigos, o feiticeiro concentra-se no silêncio interior, e espera que os espíritos comecem a contar a verdadeira história do universo.
Este silêncio, junto com a ausência de lembranças passadas, dá ao feiticeiro a sensação de liberdade total para entender um novo mundo.

O desejo
O desejo profundo, o desejo mais real é aquele de aproximar-se de alguém. A partir daí, começam a ocorrer as reações, o homem e a mulher entram em jogo, mas o que acontece antes – a atração que os juntou – é impossível de explicar. É o desejo intocado, em seu estado puro.
Quando o desejo ainda está neste estado puro, homem e mulher se apaixonam pela vida, vivem cada momento com reverência, e conscientemente, sempre esperando o momento certo de celebrar a próxima bênção.
Pessoas assim não têm pressa, não precipitam os acontecimentos com ações inconscientes. Elas sabem que o inevitável se manifestará, que o verdadeiro sempre encontra uma maneira de mostrar-se. Quando chega o momento, elas não hesitam, não perdem uma oportunidade, não deixam passar nenhum momento mágico porque respeitam a importância de cada segundo.

Encontros
Os encontros mais importantes já foram combinados pelas almas antes mesmo que os corpos se vejam.
Geralmente estes encontros acontecem quando chegamos a um limite, quando precisamos morrer e renascer emocionalmente. Os encontros nos esperam – mas a maior parte das vezes evitamos que eles aconteçam. Entretanto, se estamos desesperados, se já não temos mais nada a perder, ou se estamos muito entusiasmados com a vida, então o desconhecido se manifesta, e nosso universo muda de rumo.
Todos sabem amar, pois já nasceram com este dom. Algumas pessoas já o praticam naturalmente bem, mas a maioria tem que reaprender, relembrar como se ama, e todos – sem exceção – precisam queimar na fogueira de suas emoções passadas, reviver algumas alegrias e dores, quedas e subidas, até conseguir enxergar o fio condutor que existe por detrás de cada novo encontro.
Fonte: g1, Paulo Coelho, 2010

30 comentários:

ONG ALERTA disse...

Nos foi dado o maior presente a vida...viva com respeito e sabedoria!!!
Beijo a todos que sempre passam por aqui....

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Sem sombra de dúvida Lisette, nos foi dado o maior de todos os presentes... No entanto, uma boa parte se não a maior, banaliza este presente e outros esquecem dele...

Beijos

Suziley disse...

Vim deixar um grande beijo no seu coração, Lisette! Um bom e abençoado domingo para você :)

lolipop disse...

É sem dúvida o maior presente!
Beijos e Carinhos
BOA SEMANA!

brasildobem disse...

Um beijo grande Lizette e preservemos nossa vida, nos amando e amando os que nos cercam.

Daniel Savio disse...

Sabedoria é algo que temos de aprender se quisermos realmente evoluir como povo...

Fique com Deus, menina Lisette.
Um abraço.

Michelle Lynn disse...

Saber viver, vivendo com sabedoria e repeito a nós mesmos e aos próximos!
Bela reflexão!
Abraços,
Michelle

Valéria Sorohan disse...

Nossa que post perfeito. Posso não ser muito fã de Paulo Coelho, mas devo admitir. O homem arrasa.

BeijooO*

piedadevieira disse...

Seu post veio a calhar. Serei breve, problemas no computador.
Beijos

Encantadora de Abelhas disse...

Sinceramente... Nem sei como definir esse post, pq passou de lindo... Ele é realmente reflexivo, me sinto em êxtase!
O Amor... Seus ritos e suas passagens! A necessidade da nossa compreensão para que a vida siga em evolução consciente.
Que a sua tarde seja tão linda quanto seu post.
Bj grande!

Carlos Augusto Matos disse...

Não precisamos de salvação, precisamos de inteligência para não destruimos a nós mesmos....

Abração...

Mariana disse...

A vida é bela, e uma só, bem pelo menos nesta passagem.
Então devemos viver da melhor forma possível e sermos justos conosco e com os outros, caso contrário, não haverá valido a pena, ter vivido.
Um grande abraço e um beijo para ti.

Marilu disse...

Querida amiga, Deus é amor...Tenha uma linda semana. Beijocas

Toninhobira disse...

Tanto que ganhamos e as vezes pouco entendemos na pequenez de nossa alma.Linda a reflexão que este texto encerra.Meu abraço de paz Lisete e muita luz. Beijo.

Michelle Nazar disse...

Lisette..querida..A vida é nosso maior presente. O resto é o que fazemos a partir dela. Deus está conosco nesse eterno processo..Beios amiga querida ;-)

Machado de Carlos disse...

A Filosofia “A Mãe de todas as Ciências” é materialista. A filosofia precisa de provas concretas, assim vale mais a razão do que a emoção. Mas existem em todos os corações as emoções. Por isso acreditam em Deus e Demônios. Eu diria que Deus e Demônio estão dentro de nós mesmos. Precisamos amar para sermos amados. O Amor é a palavra que a filosofia não encontra explicação.

sonho disse...

Foi nos dado o maior presente...nos é que não sabemos lidar com ele...
Beijo d'anjo

Tatuagem disse...

Bom texto. A vida nunca perderá valor.

Beijos

Giardia disse...

E o presente às vezes fica de lado, esquecido, abandonando...

A vida é uma bênção, os amigos, a família. Até os problemas com suas soluções ou não, são bênçãos em nossas vidas.

Desperdiçar em picuinhas e em sentimentos mesquinhos é o caminho mais curto à infelicidade.

Vivemos, em harmonia, pois,

wcastanheira disse...

Uma bela escolha, vc foi mto feliz na opção de postagem, um texto realmente de qualidade, me fez pensar, valeu. Pra vc bjos, bjos e bjossssssssss

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Lindo Post! Bastante reflexivo. Deus está em todas as partes, mesmo naquela que não entendemos.
Paz!

Tania T. disse...

Tenha um maravilhoso feriadooo!!!

*-*

Desejo tudo de bom pra tii!!!

Beeijo

Chica disse...

Maravilhosa reflexão!beijo,chica

Nilce disse...

Oi, Lisette

Passando para te desejar muita paz e deixar todo o meu carinho por você.

Bjs no coração!

Nilce

ValeriaC disse...

Grande reflexão amiga...
Fique com meu carinho...paz e beijinhos...
Valéria

Bandys disse...

A vida é o maior e melhor dos presente. Ótima reflexão.

Beijos Lizette

soninha disse...

Maravilhoso texto!!!Realmente nos faz refletir.Beijo grande...

Ritinha disse...

Sejamos nós e deixemos que cada um seja a si mesma.
Respeitar os outros é ter respeito por si mesmo.

Beijinho

Lilazdavioleta disse...

Se o conhecimento sobre o nosso EU fôr sincero e profundo , todo o resto vem por arrasto .
Todos os ingredientes de vida existem em nós , é apenas uma questão de força e coragem assumi - los .

Um beijo

Cigana do Oriente disse...

Excelente reflexão!
Tem desafio pra você lá no meu blog, beijos