Translate

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Filha segurou volante após mãe ser atingida por peça de caminhão em SP

Polícia conta que adolescente conduziu automóvel até o acostamento.
Mulher de 44 anos morreu em estrada em Martinópolis, no interior de SP.
A filha da mulher de 44 anos que morreu nesta quarta-feira (20) após ser atingida pela peça de um caminhão na Rodovia Assis Chateaubriand, na altura de Martinópolis, a 539 km de São Paulo, segurou o volante e conduziu o veículo até o acostamento depois do acidente, de acordo com a polícia. A adolescente de 15 anos ficou em estado de choque e precisou ser hospitalizada.
O delegado Marcelo Silva Constantini, de Martinópolis, afirma que o caminhão ainda não foi localizado. A polícia conversou com moradores de propriedades rurais que ficam à beira da rodovia e com pessoas que socorreram a mulher, mas ninguém viu de qual veículo a peça se soltou. Também é investigada a hipótese de a peça estar sendo transportada na caçamba de um caminhão.
Motorista morre após ser atingida por peça de roda de caminhão A motorista seguia no sentido contrário do caminhão quando a peça atingiu o para-brisa do carro em que ela estava. O veículo foi parar no acostamento. “Parece que foi muito rápido.
A menina segurou a direção e levou o carro até o acostamento”, contou o delegado. A jovem, que estava no banco do passageiro, não sofreu ferimentos, mas foi socorrida para a Santa Casa da cidade em estado de choque. Ela já recebeu alta, ainda de acordo com informações da polícia.
O motorista do caminhão não parou – a polícia rodoviária acredita que ele não tenha percebido que a peça atingiu o carro.
A polícia tenta localizar o caminhão para apurar se houve responsabilidade do motorista no acidente. A peça foi levada para perícia. Quem tiver informações sobre o caso, pode entrar em contato com a delegacia de Martinópolis, pelo telefone (18) 3275-1311.
Fonte: g1, 21/10/2010 14h04 - Atualizado em 21/10/2010 14h04

24 comentários:

ONG ALERTA disse...

Existem muitos fatores externos que podem causar sérios acidentes, nem sempre o motorista deve ser culpado.

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

QUE COISA HORRÍVEL COITADA DESSA MENINA DEVE ESTAR TRANSTORNADA.
FOI UMA FATALIDADE!
BEIJO

Anne Lieri disse...

Lisette,muito triste esse acontecimento!Coitadinha dessa menina,triste tudo o que ela passou e deve estar passando!Mas como o motorista se manda desse jeito?Será mesmo que ele nem percebeu a peça que caiu de seu caminhão?Fico mesmo muito triste!Bjs,

Livinha disse...

Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento em que um "sim" ou um "não" pode mudar toda a nossa existência.


Bjs

Livinha

Rosane Marega disse...

Nossa, meu Deus, deve ser traumatizante mesmo...
Beijossssss

brasildobem disse...

Que horror meu Deus! Ninguém está livre e que coisa absurda, se foi algo da carga, onde está a inspeção?
Bjs

Daniel Savio disse...

Mas mesmo assim, se a peça se soltou, ele poderia ter checado melhor o caminhão e evitado o acidente...

Fique com Deus, menina Lisette.
Um abraço.

Toninhobira disse...

Pois é Lisete,como sabemos as vias de transitos tem armadilhas mil,que podem nos surpreender.Este caso retrata bem a coisa.Sem entrar no merito de pericia.Bem que a menina teve um leve momento de calma e evitou uma tragedia maior.Triste tudo isto Lisete.Meu abraço sempre admirando.Dias de luz para voce.

Mariana disse...

Há muitos anos um grande amigo me contou que um amigos dele estava dirigindo atrás d um caminhão q carregava pedras,e uma caiu do caminhão e tirou a vida do amigo dele.
Acho q me traumatizou está história, pois sempre q viajo não gosto de ficar nem atrás de caminhão cegonha, mesmo o meu marido ,dizendo q é super seguro,,blá,bláblá...
ele tem um tio q mora em Betim-MG Fiat)e tem um empresa q transporta os carros das Fiat,
Enquanto a gente não sai d traz eu não fico tranquila...parece q um carro vai cair em mim.
Acho q é paranóia,mas sempre lembro da história do amigo do meu amigo.

Mariana disse...

Há muitos anos um grande amigo me contou que um amigos dele estava dirigindo atrás d um caminhão q carregava pedras,e uma caiu do caminhão e tirou a vida do amigo dele.
Acho q me traumatizou está história, pois sempre q viajo não gosto de ficar nem atrás de caminhão cegonha, mesmo o meu marido ,dizendo q é super seguro,,blá,bláblá...
ele tem um tio q mora em Betim-MG Fiat)e tem um empresa q transporta os carros das Fiat,
Enquanto a gente não sai d traz eu não fico tranquila...parece q um carro vai cair em mim.
Acho q é paranóia,mas sempre lembro da história do amigo do meu amigo.

Suziley disse...

Muito triste, Lisette. Beijos, paz :)

Guará Matos disse...

OI! O JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com com intuito de se expandir se torna a partir de hoje um veículo multimídia e conta com você e seus amigo para que o crescimento seja verdadeiro.

Conheça as mudanças na página principal, onde apresento um “tutorial” com as novas opções e conheça o “Menu Suspenso” com os novos caminhos.

Aguardo-lhe,
Abraços.

Marilu disse...

Querida amiga, que coragem dessa menina. Beijocas

rolgay disse...

HI friend, could you exchange link?my site is new, hope you dont mind

here is my site

http://teagay.blogspot.com/

http://gayfinders.blogspot.com/

teagay

Hana disse...

Nossa que triste estes aconteciementos que Deus nos proteja. Vim te dar um oizinho!!
com carinho
Hana

soninha disse...

Nossa que triste, uma morte absurda... Paz no coração dessa menina.

Mi Satake disse...

Li, essas fatalidades são doídas demais.
A gente custa a aceitar e talvez só compreenda lá do outro lado da vida...
Um abraço carinhoso é o q sint vontade de te dar, de trocar contigo e com os amigos!

Beijo e um bom finde pra vc!

ValériaC disse...

Que triste situação amiga...

Bom final de semana amiga...beijinhos
Valéria

A. João Soares disse...

A menina merece uma estátua, pela sua coragem, presença de espírito, sangue frio que, apesar do choque de ver a mãe mortalmente ferida, teve a sensatez de não deixar o carro despistar e de o levar para ponto seguro.
Uma heroína. É preciso desenvolver nela essa noção muito positiva para ela não se deixar vencer pelo desgosto de ter perdido a mãe.

Cumprimentos
João
Do Miradouro

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Lisette, voltei.
Passei para lhe desejar um lindo fim de semana.
Bjux

Sheila disse...

Oi Lisette,é sempre muito triste a partida de alguém querido,principalmente em tais circunstâncias,que Deus possa conforta-las tanto a filha querida que ficou,como a mãe que partiu tão cedo.Beijos.

Bandys disse...

Me lembrou a peça que atingiu o pilot Massa.Só não morreu por causa do capacete.

A filha deve estar traumatizada.

Beijos e um final de semana de paz e luz.

Meri Pellens disse...

Nossa! Eu fiquei arrepiada...
Beijos na alma, Lisette.

Cris disse...

Sinto muito por essa garota.
Beijo!