Translate

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

O que acontece depois...

Cara Lisette

Conforme te informei, apesar do poder público responsável ter negado a responsabilidade, subrepticiamente substituiu um dos postes da perimetral por um poste de fibra pouco tempo depois do acidente da Ale. É um reconhecimento por parte da CEEE do risco potencial dos postes de concreto, tanto que substituiu um para testar. As fotos abaixo mostram a instalação. O poste de fibra teria quebrado, sem danos significativos ao automóvel.



Fotos enviadas Eng: Walter Kauffmann Neto

4 comentários:

Augusto Fernandes disse...

Sra. acontece como sempre nada [e resolvido neste pais. se aconteceu isso com sua filha, é para termos alguém como a sra. nos ajudando a mudar. Obrigada por ter força.

Mariana disse...

É preciso que os cidadãos comecem a "gritar" pela cidadania, pela Vida. Basta de deixar as autoridades fazerem tudo em torno dos interesses delas, é preciso agir sempre em "função" da Vida da população.Precisamos lutar por nossos direitos.Somente unidos será possível fazer uma cobrança maior e obtermos resultados.

Anônimo disse...

Quantos anos mais vamos levar para ter segurança, desculpas temos bastantes.
Um abraço sorte em seu trabalho.

José Fernando disse...

Será que quando se tem soluções pode colocar em prática ou precisa de licitação....como tudo neste pais.
José Fernando.