Translate

sexta-feira, 4 de março de 2011

Bafômetro agora será Obrigatório

MAIS RIGOR EM BLITZE

As blitze da Lei Seca ao volante realizadas na Capital deverão ficar mais rigorosas a partir deste mês. O novo modelo de fiscalização, a ser estendido nos meses seguintes para o restante do Estado, estabelece que todos os motoristas parados nas barreiras serão convidados a soprar o bafômetro. Aqueles que se recusarem, a exemplo do que é feito no Rio de Janeiro, terão a carteira recolhida e serão multados em R$ 957 mesmo sem apresentar sinais visíveis de embriaguez.
A exemplo do que já acontece no Rio, autoridades em Porto Alegre decidiram aumentar o cerco contra motoristas que dirigem sob o efeito da bebida, tornando obrigatório o exame de teor alcoólico, sob pena de multa e retenção do veículo. A aplicação começará pela Capital e se estenderá ao Interior.
Conforme reportagem publicada ontem por ZH, as blitze realizadas até o momento pela campanha Balada Segura são mais brandas do que as similares cariocas que inspiraram a iniciativa gaúcho. Enquanto no Rio todos os motoristas são solicitados a realizar o teste do bafômetro, o que resulta em nove exames a cada 10 veículos parados, no Estado apenas quem apresenta indício de embriaguez é convidado a soprar no equipamento – perfazendo uma verificação a cada 32 condutores.
A promessa do governo, feita após uma reunião de autoridades estaduais ligadas ao trânsito na ala residencial do Palácio Piratini, é de aumentar o rigor das barreiras. Para dar maior respaldo jurídico à medida, o Conselho Estadual de Trânsito (Cetran) deverá publicar até o dia 20 uma resolução normatizando o novo procedimento.
– As novas orientações deverão ser aprovadas no dia 15 e publicadas até o dia 20 – garante o presidente do Cetran, Jaime Pereira.
Conforme o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Alessandro Barcellos, a legislação brasileira permite que a recusa ao bafômetro resulte em recolhimento da carteira, retenção do automóvel e a aplicação da multa. Cada Estado, porém, interpreta a lei e estabelece um padrão de procedimento nas blitze com base em uma avaliação jurídica mais branda ou mais rigorosa.
– No Rio, desde o início foi dada uma interpretação com maior rigor. Mas quisemos contar com a manifestação do Cetran para termos maior garantia legal – afirma Barcellos.
A decisão foi divulgada após reunião entre Pereira, Barcellos, o vice-governador Beto Grill e integrantes do Comitê Trânsito Seguro, coordenado por Grill. Integrantes do grupo estiveram no Rio acompanhando o trabalho das equipes de fiscalização a fim de orientar o modelo gaúcho.
Depois de implantar a nova filosofia nas blitze da Capital, Barcellos pretende estender a iniciativa para o Estado até o final do ano. Essa medida será precedida pela montagem de uma coordenação centralizada das operações da Lei Seca e pela formação de uma equipe de agentes cedidos por organizações como a Brigada Militar – estratégia que também foi adotada no Rio.
– Queremos ter um pessoal selecionado e bem treinado para participar das blitze – revela Barcellos.
Inspiradas no modelo carioca, as operações gaúchas deverão contar com logotipo e sinalização visual própria para aumentar a visibilidade e o caráter educativo. O diretor-presidente do Detran acredita que a criação da equipe será feita em até dois meses.
marcelo.gonzatto@zerohora.com.br

MARCELO GONZATTO
O que deve mudar
Quem é convidado a soprar o bafômetro durante as barreiras
- Como é hoje: nas blitze da Balada Segura, em Porto Alegre, somente os condutores que apresentem sinal visível de embriaguez são convidados a soprar o bafômetros.
- Como ficará: todos os motoristas parados nas barreiras deverão ser solicitados a prestar o exame, mesmo que não apresentem indício de estarem bêbados.
Quem pode ser punido administrativamente
- Como é hoje: a multa de R$ 957, a retenção do veículo e o recolhimento da carteira de motorista são aplicados somente aos condutores que se submetem ao bafômetro e apresentam presença de álcool no sangue ou àqueles que se recusam a soprar o bafômetro e apresentam sinal de embriaguez.
- Como ficará: todo motorista que se recusar a fazer o teste, aparentando ou não estar embriagado, será multado, terá a carteira recolhida por pelo menos 24 horas e o veículo retido (podendo ser liberado se outro motorista em condições de dirigir se apresentar).
Quem pode ser punido criminalmente
- Como é hoje: somente fica sujeito à prisão, pagamento de fiança e processo criminal o condutor que se submeter ao bafômetro e o exame indicar concentração de álcool igual ou superior a três décimos de miligrama por litro de ar expelido dos pulmões.
- Como ficará: não vai mudar. Quem não soprar o bafômetro não será preso.

Fonte: 04 de março de 201, zero hora

24 comentários:

ONG ALERTA disse...

Já esta mais do que na hora de obrigar a soprar...mas precisamos uma fiscalizaçáo mais rígida e eficaz.

M. disse...

Aparte: incrível como voces adaptam e recriam palavras: bafômetro,é demais:)

Por cá chama-se tristemente teste do blão:)


Quem bebe e conduz é um assassino em potência!!! Que vá a pé:)

chica disse...

Pena que não vale já agora, no Carnaval...beijos,lindo feriado!chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Lisette
Vamos ver se a operação Carnaval vai surtir efeito. Tomara que diminua o número de acidentes e mortes.
Tenha um ótimo carnaval.
Bjux

Cristina disse...

Boa Noite Amiga!!!

Bem já é um começo,infelizmente não a tempo do carnaval,onde se vê um número ainda maior de pessoas dirigindo embreagadas.

Um grande Beijo

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
Até que enfim mudou! É claro que tem que ser obrigatório!
Obrigada pelas suas palavras carinhosas em meu blog.
Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

www.gosto-disto.com

Lucimere disse...

Tomara! Tomara!
Bom carnaval!
bjoss

Tania T. disse...

Uaii.. Achei que já era obrigatório!! =/

No começo quando criou isso, dava um resultado enorme.. agora? Nem se ouve mais falar nisso.

É sempre assim..

BJãooo

Machado de Carlos disse...

Existem leis. Mas existem advogados que procuram sempre uma saída legal para tudo.

Obrigado pelo seu carinho em meu blog.

Um Grande Abraço! E vamos confiar na vida, sempre!

Guará Matos disse...

O que me incomoda demais é confraria de advogados que aparece para "salvar" essa turma de motoristas escrotos que colocam a vida alheia em risco.

Bjs.

Aleatoriamente disse...

Espero que seja um sucesso amiga.

Beijo.
Fernanda

lita duarte disse...

A gente sempre torce para que haja melhorias.

Bom feriado.

Beijos.

Everson Russo disse...

Um excelente super feriadão pra ti querida amiga...beijos e beijos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Aqui já há muito se faz isso; todo o veículo parado pela policia tem que soprar ao balão, com aqui se diz e tem dao muito resultado; por exemplo o jovens quando saiem, um deles não bebe que é para depois poder trazer o carro; isso eu sei, porque o grupo da minha filha faz assim; o que conduzir não bebe nada, pois a tolerância é pequena; dois copos de vinho à refeição será o máximo que uma pessoa se atreva a beber, pois caso contrário tem problemas. Penso que não é proibindo as vendas de alcool que se resolve o problema, pois tem-se visto que as pessoas arranjam sempre uma maneira de o conseguir e também não é justo, por exemplo, num onibus que as pessoas parem numa area de serviço e não possam beber, pois muitas delas escolhem esse meio de transporte por esse motivo mesmo. O que tem de haver é fiscalização séria nas estradas e nesse aspecto aqui em Portugal estão a ser muito rigorosos principalmente nos fins de semana. Um beijinho e agora neste carnaval, aqui já sabemos...cuidado, pois a polícia estará a fiscalizar ainda mais. Um bom carnaval e até breve.
Emília

tossan® disse...

Seria melhor se as pessoas tivessem mais responsabilidade com a vida de todos e não precisasse nada disso, mas é apenas um desejo impossível.

Anne Lieri disse...

Lisette,acho muito bom que tenham mesmo mais rigor nessa lei!Muitos acidentes serão evitados!Bjs,

Rute disse...

Tomara que de certo.
Beijos, bom feriado e ótimo final de semana

Mariana disse...

Faço votos que este "projeto" se torne real.
Fiscalizaçõa, responsabilidade é necessária nas nossas estradas .

Magia da Inês disse...

Amiga,
Agora, só alegria!...
Feliz Carnaval!!!
♫♫.•*¨*•♫♫¸
ღ°ºBrasil♫º
♥º

Antonio José Rodrigues disse...

Se o infrator, Lisette, for punido por se negar a usar o etilômetro, a lei começa a ficar mais inteligente e dura. Vamos torcer. Beijos

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog "to fora to dentro". Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

JGCosta disse...

Quem sabe com essas medidas algumas pessoas tendam a respeitar mais as leis e a sí próprios, consequentemente os demais!

Abraços renovados e parabéns pela divulgação!

Daniel Savio disse...

Realmente, quando não se tem como ter uma postura adequada nas estradas, só resta apertar na fiscalização...

E parabéns pelo o teu dia.

Fique com Deus, menina Lisette.
Um abraço.

Anônimo disse...

As pessoas que bebem , sabem os atalhos pra chegar em casa sem passar pelas blitz.
Nosso país é composto por pessoas burras e covardes , que criam leis idiotas e que nao funcionam devido a falta de inteligencia e covardia. Vc ja viu algum policial abordar carro em movimento por comportamento inapropriado no transito ? claro que nao né !! é isso ! ai treinam x9 pra fazer blitz em desatentos que bebem esporadicamente , parados , pq é mais facil ! menos arriscado !
nosso pais nao tem solucao !