Translate

sábado, 26 de março de 2011

Pedestres em perigo

Cerca de metade das pessoas que morrem em acidentes de trânsito no Brasil são pedestres, e uma parcela significativa destes acidentes ocorrem à noite. Nesse horário a visibilidade do pedestre e do motorista é prejudicada, e ser avistado a pouca distância é extremamente perigoso, porque entre avistar um pedestre e o motorista conseguir parar totalmente o carro, a distância percorrida pode alcançar mais de 80 metros, isso se o motorista estiver a 90 km/h em uma via plana e seca. Outro fator que influencia muito é a ingestão de bebida alcoólica, pois o comportamento do próprio pedestre é afetado quando está bêbado podendo se expor a acidentes.
Existe uma relação direta entre a velocidade de impacto sobre o pedestre e a gravidade dos ferimentos causados, a uma velocidade de 32 km/h a probabilidade de um pedestre atropelado morrer é de 5%; se essa velocidade dobra, atingindo 64 km/h, a probabilidade de morte aumenta passando para 85%. E se atingir 80 km/h a morte é praticamente certa. Esse é um dado assustador, tendo em vista que estamos acostumados a dirigir em uma velocidade alta nas ruas do Brasil.
Para melhorar a seguraça do pedestre seria necessário que o governo trabalhasse na iluminação de travessias de pedestres e na construção de passarela. Mas também existem atitudes do próprio pedestre que podem garantir a sua segurança, segue abaixo algumas delas:

Dicas para pedestres:

* Sempre atravesse na faixa

* Inicie a travessia de uma rua logo que o farol fique vermelho para os carros. Assim, você evitará o risco de o semáforo abrir, quando você estiver na metade da via.

* Continue a observar os carros enquanto atravessa a rua, mesmo que você esteja na faixa de segurança.

* Mantenha sua atenção redobrada ao entardecer e à noite.

* Fique atento aos trechos da calçada que são espaço comum para os pedestres e os carros, por exemplo, saída de garagens e postos de gasolina. Nesses casos, só atravesse se tiver certeza de que nenhum carro está saindo da garagem.

* Ande longe do meio fio. Um carro em alta velocidade pode te desequilibrar.

* Certifique-se de que o motorista consiga vê-lo e vice-versa.

* Em ruas sem sinalização, atravesse no meio do quarteirão, pois este é o local de melhor visão.

* Ao andar em estacionamentos, preste atenção à luz de ré dos automóveis para ver se não estão saindo.

Fonte: http://www.pedestre.org.br/

26 comentários:

ONG ALERTA disse...

O pedestre também é responsável por um tränsito seguro, fique atento fique vivo!!!!

angela disse...

É importante que todos se responsabilizem e cuidem para que os acidentes não sejam tão terríveis.
Dicas muito boas.
beijos

Claúdia Luz disse...

Boa noite !!

Parabéns pelo alerta !! Principalmente para pessoas idosas, esse foi o caso do meu pai .

Uma linda noite !! Beijos !!

AC disse...

Lisete,
Parece haver ainda tanto por fazer...!

Beijo :)

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO É A COISA MAIS DIFÍCIL DE SE ENSINAR POIS POUCOS QUEREM APRENDER!
BOA NOITE DURMA BEM!
BEIJO

нєllєи Cαяoliиє disse...

ótimas aletas,que devemos levar aos fios dos dias sempre!
Belíssimo Post.
Obrigada pela visita em meu cantinho,muito interessante aqui.
Beijos

Lucimere disse...

Trânsito é um risco de de vida muito grande... mas as imprudências mostram que não se tem consciência disso.
bjosss

Luma Rosa disse...

Se houvesse punição, não haveria tanta irresponsabilidade. Até mesmo a faixa 'de pedestre', muitos motoristas não respeitam e não param quando alguém está atravessando. O pedestre, por não saber se o motorista vai parar ou não, prefere atravessar a rua, como se a faixa não existisse. Quem vai confiar? Beijus,

Luciana disse...

Um bom domingo amiga.
Bjs

. intemporal . disse...

.

.

. um tributo valios.íssimo em prol da segurança humana .

.

. muito obrigado .

.

. um bom.domingo .

.

. um beijo meu .

.

.

tossan® disse...

Pois é, eu sou as duas coisas o tempo todo! Ando a pé mais do que dirijo, portanto a minha responssabilidade é dobrada. Um ótimo blog! Abraço

Parole disse...

Muito boa as dicas.Todo cuidado é pouco ao atravessar a rua...

bjs e ótimo domingo.

Magia da Inês disse...

Amiga, ótimas dicas...
Agora é só segui-las.
Boa semana!
Beijinhos.
♫♫.•*¨*•♫♫¸
ღ°ºBrasil♫º
♥º

brasildobem.net disse...

O cuidado é sempre de ambas as partes, precisamos estar sempre atentos a tudo.
Bjs

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

O trabalho que presta nesse é fantástico e de um importância incrível. Parabéns.

Multiolhares disse...

por cá muitas pessoas tem morrido mesmo na passagem de peões durante o dia alguns carros teimam em não parar
bjs

Desnuda disse...

Amiga,

Gostei muito das dicas dadas. Obrigada! É importante a conscientização de todos. A prudência é uma de nossas melhores amigas.


Beijos com carinho e ótima semana.

Mariz disse...

Muito importante as dicas, tanto o pedrestre como o motorista devem estar sempre atentos.

mil beijos!

vidaslife disse...

Com certeza, também sou da mesma opinião. Estou passando para lhe desejar uma linda semana querida, beijinhos carinhosos para ti.

Carla disse...

Também acredito que parte da culpa por atropelamento seja do pedestres. Sem noção e indecisos. Boas dicas Lisete !

Beijos e boa semana pra vc !

ValériaC disse...

Ótimas dicas.
Atenção e responsabilidade cabe a todos, motoristas e pedestres.
Bela semana querida...beijos
Valéria

Pelos caminhos da vida. disse...

São poucos os que querem aprender a educação no trânsito...

Bom dia pra vc amiga!

beijooo.

Mariana disse...

Então precisam ficar mais que atentos, é preciso ficar espertos..
educação é a base de tudo.

Luciana Vannucchi de Farias disse...

Oi, Lisette!

Aqui em São Paulo, há muitos anos, infelizmente, a regra do farol vermelho é diferente: quando ele fecha, você primeiro tem que esperar que os carros passem por ele e só depois atravessa. Se for uma avenida larga, atravesse até a ilha do meio e espere o próximo farol. Também temos que olhar para os dois lados antes de atravessar mesmo que seja em rua de mão única, pois muitos têm preguiça de dar a volta no quarteirão e entram assim mesmo.

Sabe, sou herança de uma família desfeita: a minha mãe perdeu o único irmão em um acidente de automóvel. Ela estava no terceiro mês de gravidez, e meu tio nunca soube que ia ser meu padrinho, pois meus pais queriam fazer uma surpresa. Ele tinha 24 anos, estava no sexto ano de medicina. Saiu de uma festa, parou o carro no farol e o carro de trás não. Meus avós não falavam nele, foi tudo muito doído e eu sinto por nunca tê-lo conhecido.

Estou adicionando o seu blog na minha listagem.

Beijão, viu???

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

"Perdi", ou melhor me distânciei fisicamente do meu avô, morto por atropelamento em plena 9 de Julho em Sampa.
Um sonho de minha mãe, acalmou os nossos corações saudosos.
Questionado o porque da displicência, ao atravessar tal avenida, ele em sonho contou que havia brigado por troco com o cobrador do coletivo onde estava.
Saiu muito nervoso e não prestou atenção ao atravessar.
Bem, essa é a nossa história, e para nós serve como aviso.
Muita atenção ao atravesar.
Respire fundo, preste muita atenção em você e nos carros.
A vida é preciosa demais,não deixe a falta de atenção nos distanciar de quem mais amamos.
Beijo
wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com.br

Zil Mar disse...

Oi Lisette...

Desejo que sua semana seja de paz!!!


Um grande bjo!


Zil