Translate

terça-feira, 1 de março de 2011

QUARTOS VAZIOS À MOSTRA

ZH inaugura na Capital Exposição Vidas Ausentes
Fotos ficam no Iguatemi até 11 de março e, após, devem percorrer o Estado
O Grupo RBS abre na segunda-feira, às 14h, no Shopping Iguatemi, em Porto Alegre, a Exposição Vidas Ausentes, com fotos do editor de Fotografia de Zero Hora, Ricardo Chaves, e textos da repórter Kamila Almeida. A mostra traz imagens dos quartos de sete jovens, vítimas de acidentes de trânsito. Os ambientes foram preservados intactos pelos pais.
Otrabalho que deu origem à exposição foi uma reportagem publicada por ZH, em novembro de 2010 – ano em que, a cada cinco horas, uma família gaúcha perdeu um parente no trânsito. Kamila conta que os relatos sensibilizaram a ela e ao fotógrafo:
– Ver as camas arrumadas era muito dolorido. Depois que as famílias entenderam a importância da reportagem, passaram por cima da dor.
Roque Redante, pai de Luanda Patrícia Redante – cuja ausência foi uma das registradas –, diz que a mostra é um caminho para a conscientização sobre os perigos do trânsito:
– Se nossa dor servir para ajudar, vamos lá.
Ricardo Chaves explica que a intenção era despertar a atenção dos jovens para o sofrimento que uma morte abrupta deixa nos familiares.
– Queríamos fazer algo que chegasse com força às pessoas, mas de um modo delicado – conta o fotógrafo.

Serviço
- “Vidas Ausentes”, que tem o apoio da Fundação Thiago Gonzaga e do Iguatemi, fica, até o dia 11, na entrada principal do shopping. Depois, deve percorrer o Estado.
- Para visitar o site especial, com depoimentos dos pais e imagens das vítimas, acesse www.zerohora.com

Depoimento:

Lisette Feijó

presidente ONG Alerta, mãe de Alessandra Andreolla Feijó, morta em fevereiro de 2008

"A vida muda em questão de segundos… A ausência de um filho paralisa uma família.

É de extrema importância o papel de Zero Hora na divulgação de que o trânsito é uma guerra diária na rotina de todos nós.

Este trabalho serve como alerta: o trânsito é como uma arma, mata."

Fonte: Zero Hora 27/02/11

33 comentários:

ONG ALERTA disse...

Tudo é importante para salvar VIDAS!!!

soninha disse...

Espero que a dor de todos esses pais que hoje sentem essa dor possa mudar e consciêntizar outros,principalmente os jovens pois quem mais sofre são esses pais que ficam com a dor e a saudade para sempre...Beijo em teu coração.

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Ótima divulgação, sei que nd nem ninguém entra e sai de nossas vidas por um mero acaso, mas poderia ser melhor se não houvesse tanta negligência e imprudência no transito.Estamos às vésperas de um feriado que é o carnaval...que os faliões brinquem na paz!
bjss♥

Chica disse...

Uma mostra que pode fazer pensar, repensar atitudes...

A dor de ver tudo arrumado é forte...beijos,chica

Ângela disse...

Tudo é valido para fazer pensar no valor da vida. ótima a iniciativa de divulgação das fotos.

beijos e carinhos

Leka disse...

Apesar da dor das famílias, quero parabenizar a todos pela força em prol da conscientização...pegar um carro e dirigir é realmente uma grande responsabilidade, pois não estamos apenas nos colocando em risco, mas também a vida de outras pessoas.

Tá chegando o carnaval e para mim é motivo de grande preocupação, pois o número de pessoas que dirigem alcolizadas e drogadas aumenta muito gerando ainda mais acidentes.

Apesar desse momento ser de reflexão, quero te convidar a participar da minha enquete tosquíssima da barata!
Dá uma passadinha lá!
bjs!
http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

Misturação - Ana Karla disse...

Que realmente essa dor possa tocar a todos dessa forma.
Grande mostra.
Xeros

Sandra Botelho disse...

Ai amiga...Não posso ler tais coisas que a emoção me invade e choro mesmo.
Sempre digo que um filho não pode morrer antes dos pais. E admiro sua força e por ter direcionado toda essa infinita dor a ajudar aquelas pessoas que passam pela mesma situação. Não sei se seria tão forte. Olho pors meus filhos e morro um pouco só de imaginar que algo de ruim lhes aconteça;
Parabens querida, pela iniciativa linda. Que Deus esteja sempre com você.
Bjos no coração!

Misturação - Ana Karla disse...

Acabei de ver o vídeo.
Uma emoção e uma saudade em cada lar.
Respirei fundo.

Francisco disse...

Visitei a exposição no Iguatemi, e me emocionei. Nem poderia ser diferente...!
Beijos.

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Uma maneira de chamar atenção de uma forma sutil e carinhosa com as famílias, que já sofreram por demais.
É uma pena, que quem assume o volante sem responsabilidade, não tenha essa consciência.
Entraram e vão sair desse mundo, muito mais frios que esses quartos.
Bjs.
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blosgspot.com

brasildobem.net disse...

Uma mostra que,s em dúvida, pode abrir os horizontes dos jovens, no sentido de querer ter mais prudência e pensar na vida.
Bjs

Cristina disse...

Uma imagem vale mais que mil palavras!!!
Toda a forma de conscientização é valida...desde que todos se unam para ter mais cuidados e respeito no trânsito!!!

Um grande Beijo

ValeriaC disse...

É verdade querida...infelizmente parece que as pessoas só se dão conta da gravidade da situação, vendo mais de perto a dor de pais que perderam um filho(a), para se sensibilizarem e então ficarem mais conscientes da problemática que vivemos neste transito.
É uma atitude louvável destes pais, para que todos reflitam muito e se invista mais em prevenção.
Beijos...
Valéria

Regina Rozenbaum disse...

Lisette, amada!
Que mostra...e fico aqui torcendo em "véspera de carnaval" para que ela sirva mais que um grito de alerta.
Beijuuss n.c.essal

Janetinha disse...

Oi. Copiei sua postagem e postei integralmente no meu blog, com os devidos créditos claro. Acho belíssimo esse trabalho de transformação da dor e amor e alerta para a sociedade. Abraços.

Elaine Barnes disse...

Desejo que a morte de seus entes queridos nunca seja em vão. A luta pela conscientização continua viva. deveria ser matéria de escola desde a infância. Montão de bjs e
abraços

Tania T. disse...

É... não é fácil perder quem se ama...



BJãoo

Claúdia Luz disse...

Bom dia !!!

Agradeço pela visita !

Virei sempre visita-la ... sei o é essa dor . Meu pai foi atropelado por uma moto , que avançou um sinal ... fugiu sem presta socorro !
A perda é triste ... a dor acalma com o passar dos anos . Fazem quase sete .
A impunidade essa é difícil de aceitar !!
Um dia de muita PAZ !!! Beijos !!

Era uma vez... disse...

Bom dia kerida!
Vim retribuir sua tão carinhosa visita e tb oferecer minha solidariedade.
Fike na paz de DEUS, beijos de LUZ pra ti!!! Seguindo mais de perto esse espaço tão importante...

Aleatoriamente disse...

Bom dia, linda Lisette!
Lutas sempre ajudarão a levará a algum lugar.
É muito triste observar a dor alheia, ainda mais passar por ela que Deus nos livre!
Que Deus ajude a estes pais a suportar, tamanha perda.
Acho bacana teu trabalho aqui, e com certeza ajuda com carinho a muitos por certo.
Te parabenizo de coração.

Beijo.
Fernanda

Malu disse...

Lisette,


Como tão bem disse o Chico :
" Saudade é arrumar o quarto de um filho que já morreu ".
Impossível não lembrar disso vendo este post.


Bjo e um Dia de Paz.

Everson Russo disse...

Que essa dor e esse vazio virem consciencia pra vida...pra preservar vidas...grande beijo de bom dia.

Fa menor disse...

Dores que matam!

lea disse...

menina qt tempo eu nao espiava esse cantinho, força e luta sempre, bjs

Tatuagem disse...

As vidas são preciosas demais! Tem que se cuidar e não colocar a vida dos outros em perigo. Sinto muito Lisette. Força!

Anne Lieri disse...

Lisette,comovente essa exposição!Vai ser um grande alerta aos jovens e pais de jovens ao volante nesse carnaval!Perder um filho é como se perder tb,mas admiro por vc fazer esse trabalho maravilhoso de conscientização das pessoas no transito!Parabéns por sua força!bJS,

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

VIDAS AUSENTES ACHO ESSE TITULO LINDO E TRISTE AO MESMO TEMPO,TENHO AQUI EM CASA UM QUARTO VAZIO PORQUE MINHA FILHA SE CASOU E FOI EMBORA ,ISSO JÁ É TRISTE IMAGINO SE FOSSE PELO MESMO MOTIVO DESSES QUARTOS VAZIOS DA EXPOSIÇÃO!
LIZETTE DEUS É CONTIGO SEMPRE!!
BEIJO

Sônia Silvino disse...

Lisette!
Toda iniciativa em favor da vida é muito válida!
Beijos no teu coração, amiga!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Tudo é importante para salvar como
diz. E acho uma excelente ideia.
Beijinho, amiga.
Irene

flor de jasmim disse...

Lisete
Nada é demais o que se possa fazer para salvar vidas. Estou completamente lavada em lágrimas porque ao ler e ver o que aqui encontro não me é fácil. Amiga também eu aprendi a viver um dia de cada vez, a vida assim o quiz. Sou mãe de duas filhas uma com 37 outra com 33 anos, a mais nova tem tres filhotes, eu não sei o que é perder um filho, perdi uma irmã, meu pai, meu marido todos muito jovens e um neto com 6 meses mas todos foi de doença. Sofri tanto mas tanto, ainda hoje sofro muito, muito mesmo. Mas não sei imaginar a dor da perda de um filho. O meu abraço para a Lisete e todos os pais que vivem com este desgosto.
Beijinho

Valéria Sorohan disse...

Que triste!

Lisette meu beijooO*

Celina disse...

Oi LISETTE MUITA PAZ PARA VC. SÓ NAÕ VOU COMENTAR HOJE, POIS ESTOU COM DIFICULDADE DE LER, MAIS FUI AO MÉDICO ELE PROMETEU DENTRO DE UNS QUINZE DIAS COM CERTEZA ESTAREI NORMAL, QUERO AGRADECER QUERIDA A SUA LEMBRANÇA E DESEJARLHES MUITA GARRA , CORAGEM E FÉ PARA A SUA LUTA. LUTA ESSA PELOS FILHOS DO PRÓXIMO DEUS TE ABENÇÕE.um ABRAÇO COM CARINHO, cELINA