Translate

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Mortes no trânsito se equiparam aos crimes

VOLANTE COMO ARMA
Estudo do Detran aponta que número de vítimas em colisões e atropelamentos no semestre ficou próximo ao de assassinatos
Se você teme morrer nas mãos de bandidos ao sair de casa, saiba que o volante se transformou em uma arma tão perigosa como revólveres e pistolas no Estado.
É o que indica um estudo do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) sobre os acidentes com vítimas fatais no primeiro semestre: o número de mortes em colisões e atropelamentos é muito próximo ao total de homicídios registrados pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Ao longo dos primeiros 180 dias do ano, foram 846 óbitos no trânsito e 848 assassinatos. Na prática, é como se diariamente morressem quatro pessoas em acidentes e outras quatro assassinadas.
Ao cruzar estatísticas, fica evidente que os gaúchos preocupados com assaltos devem redobrar a atenção na hora de pegar a direção. Cerca de 43% das mortes ocorrem em acidentes em vias urbanas e aproximadamente 55% dos óbitos, entre as 19h e as 7h.
– À noite, as pessoas acreditam estar sozinhas nas ruas, sentem-se menos ameaçadas. Por isso, tornam-se desatentas, especialmente quando estão em vias urbanas – explicou o professor de trânsito e transporte da Unisinos João Hermes Junqueira.
A comparação entre os dois tipos de morte se torna ainda mais assustadora quando se leva em conta o perfil das vítimas de homicídios no Estado. Cerca de 70% dos casos estão relacionados ao tráfico, seja devido a acertos de contas entre criminosos e usuários ou ainda a disputas por bocas-de-fumo, segundo o delegado Bolívar Llantada, titular da Delegacia de Homicídios. Diferentemente dos óbitos no trânsito, onde não há motivação para a morte.
– Falta conscientização para os motoristas de que trânsito mata. E muito. As pessoas se cuidam por um tempo, quando há uma campanha educativa, por exemplo, mas logo voltam ao comportamento antigo. E explode novamente a violência no trânsito – acredita o ortopedista Nelson Tombini, especialista em medicina de tráfego.
francisco.amorim@zerohora.com.br
FRANCISCO AMORIM
Fonte: Zero Hora 12/07

27 comentários:

ONG ALERTA disse...

O trânsito mata mais do que imaginam, as estatisticas estão erradas, as mortes só são computadas no local do acidente.

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

"Tem horas em que, de repente, o mundo vira pequeninho, mas noutro de repente ele já torna a ser demais de grande , outra vez. A gente deve esperar o terceiro pensamento"

Guimarães Rosa


Beijos & poesia na sua noite!!

Juliana. disse...

Conscientização na educação escolar..isso seria importante!
Um beijo da Ju

Wanderley Elian Lima disse...

Em ambos está a presença do criminoso, pois quem bebe é dirige também comete um crime.
Beijos

Carlos Augusto Matos disse...

Nossa que tragico!!!!!!!

Dalva Maria Ferreira disse...

É triste clamar no deserto... mas seria mais triste simplesmente cruzar os braços, desviar o olhar e fingir que não é com a gente. Um beijo, Lisette.

Sônia Silvino disse...

Oi,Lisette! Tudo bem?
Vim agradecer a sua visita e ler as novidades por aqui.
O novo visual ficou lindo, amiga!
MENSAGEM AO AMIGO VIRTUAL
"Nesse caminho virtual esbarrei com espinhos que ferem e incomodam.
Mas nele também existem flores. E uma dessas flores é você.
Não posso ver seu rosto, nem olhar em seus olhos
Mas posso sentir o aroma de sentimentos fraternos que exalam do seu coração.
A expressão do calor humano do afeto e do carinho que trocamos nos momentos que compartilhamos
são capazes de atravessar fronteiras através da telinha tocar meu coração
e refletir em minha alma tornando insignificante a distância que se faz entre nós.
Que Deus me faça sempre presente no seu coração assim como você está no meu
e me eternize em sua memória."
************************************************************
Uma ótima noite para você!
Beijocas carinhosas, muitas!!!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas & um só coração!

Amor feito Poesia disse...

Já chamei pessoas próximas de "amigo"
e descobri que não eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada
e sempre foram e serão especiais para mim.

(Clarisse Lispector)

Agradeço sua visita,sua amizade e seu carinho....Beijos muitos !

Hod disse...

Oi Lisette,
" Brasil é quinto país do mundo em mortes por acidentes de trânsito".

Fonte: Do Portal Estatisticas

http://www.portaldotransito.com.br/noticias/brasil-e-quinto-pais-do-mundo-em-mortes-por-acidentes-de-transito.html

E existe outros numeros assustadores.

Bjsss

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Infelizmente é o que fazem.
Consideram-nos marionetes dos meios de comunicação, o que era para nos ser fatos, passam a ser histórias maquiadas.
Mas não se dão conta, que nem todo o mundo se faz assim totalmente crente daquilo que desejam ser verdade.
Os fatos falam mais alto que qualquer número.
E se levar em conta o que acontece com o acidentado após o acidente, se faz no mínimo obrigatório.

Beijos Lisette!

Chica disse...

Concordo com Juliana...Talvez iniciando desde cedinho, as coisas melhorassem!

Pérola disse...

Bom dia amada.
Vim te deixar o meu beijo.
Fica com Deus.
O poema ñ tem ligação comigo foi só para homenagear um grande poeta.
Coração tá sossegado rs.
Beijokas milllllllllllll

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso de bom dia pra ti amiga...

Mariana disse...

Prevenção, educação, responsabilidade devem andar juntos para haver uma mudança positiva.
Não é possível mais aceitar tantas mortes no trânsito, e isto q os nº são bem maiores q os divulgados.

Tania T. disse...

Realmente falta conscientização... as pessoas parecem fechar os olhos e fingir que está tudo bem..


bjos'

Nilce disse...

Oi, Lisette

No cambaleio da minha cama, rsrs, estou colando recados.
Preciso, pois quero que saibam que estou por aqui, vendo e lendo tudo.
Adoro vcs.

Bjs no coração!

Nilce

ValériaC disse...

Triste demais isso...tanta imprudência, tantos acidentes, matar tanto quanto crimes...
Beijinhos...
Valéria

ROSANA VENTURA disse...

Tanto o sujeito irresponsável atrás da direção de um veiculo, como o sujeito armado com revolver, são CRIMINOSOS, e ambos, na maioria dos casos permacem impunes.
bjosssssssss

AFRICA EM POESIA disse...

amiga Lisette
Venho deixar um beijinho e falar-te em Poesia



FUI ASSIM...



A criança que eu fui
A criança que tu és...
A felicidade que eu tive
Quero que tu a tenhas...
O mimo que eu recordo
Quero que tu recordes...
O amor que sempre
Esteve comigo...
E preencheu a minha vida
Eu quero meu menino...
Que sempre te acompanhe
E que nunca te falte...
Pois assim...serei feliz!

LILI LARANJO

Elaine Barnes disse...

O trânsito e suas regras deveriam ser matéria de escola pra nota. Montão de bjs e abraços

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana!

brasildobem disse...

Conscientizar, educar, alertar...desde pequenos, para que se tornem cidadãos de bem e preservem a vida.
Bjs

Rosemildo Sales Furtado disse...

O assassino mata, é condenado pela prática de crime doloso, se tiver bom comportamento, ao cumprir 1/3 da pena é solto. Já o assassino do trânsito não vai preso por ser considerado crime culposo e não doloso. Acho que, a partir do momento que o elemento consome bebida alcoólica e dirige, ele tem intenção de matar.

Acredito ser necessário mais rigor nas penas.

Beijos e fique com DEUS.

Furtado.

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Minha querida venho deixar um raminho de violetas para alegrar seu dia.
Beijinhos de luz e muita paz

*lua* disse...

Parece que esta máxima está cada vez mais viva, menos nós: "Para morrer basta estarmos vivos". Beijo Lisette

Sandra disse...

Bom dia!!!!

Agora é a sua vez.
Venha buscar um lindo presente para esta blogueira muito especial.
Voltarei para buscar este lindo selo. Mas agora é a sua vez de vir buscar quem é essa minha blogueira.
Curiosa te espera.
http://sandraandrade8.blogspot.com/
é de coração.
sandra

Anne Lieri disse...

Muito preocupante essa estatistica!Sempre um alerta muito interessante e util!Bjs,