Translate

terça-feira, 27 de julho de 2010

Como educar os motoristas gaúchos

Especialistas apontam educação contínua e fiscalização mais rígida para pacificar ruas e estradas do Estado
Acabar com a sensação de impunidade por meio de uma fiscalização implacável é o melhor caminho para civilizar o trânsito gaúcho, conforme especialistas. A expectativa de que infrações não resultarão em castigo é apontada por psiquiatras e profissionais de segurança viária como uma das razões para a imagem negativa dos condutores rio-grandenses demonstrada por uma pesquisa divulgada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Publicado por ZH no sábado, o levantamento revela que 88% dos entrevistados consideram que os condutores são imprudentes, e mais da metade diz se sentir inseguro porque os demais motoristas não respeitam as leis, são imprudentes ou mal-educados. O problema, segundo os dados, é que esses mesmos entrevistados se mostram incapazes de perceber os próprios erros – 69,1% garantiram cumprir as regras à risca.
Esse paradoxo, segundo o engenheiro civil e especialista em trânsito e transporte João Fortini Albano, acaba reduzindo o impacto de campanhas de conscientização.
– O motorista não se sente atingido porque acha que o problema não é ele. Mudar isso exige ações de longo prazo. Para o curto prazo, a única saída é uma fiscalização efetiva. Mudar o comportamento na marra, pelo medo de ser mexido no bolso – afirma.
A fiscalização eficiente também é apontada por outros especialistas (ao lado) como estratégia para romper a ilusão dos motoristas de que são obedientes às leis, enquanto os outros é que descumprem as normas. O psiquiatra Fernando Lejderman receita educação permanente no trânsito e um exercício pessoal de reflexão:
– Não podemos esquecer da reflexão sobre as nossas pequenas infrações, que revelam a consideração que temos com o outro.
Participaram desta reportagem Joana Marins, Kamila Almeida e Marcelo Gonzatto
Soluções possíveis
MOTORISTAS APOSTAM EM:
Condutores e especialistas apontam medidas diferentes para pacificar o trânsito:
- Ações educativas (57,2%)
- Fiscalização (54,1%)
- Campanhas publicitárias (46,6%)
ESPECIALISTAS DEFENDEM:
- Reforço na fiscalização e punição
- Educação para o trânsito (do nível infantil até a universidade)
- Ações que estimulem a opção pelo transporte público
- Campanhas de conscientização contínuas
Fonte: ZH 26/07/10

44 comentários:

ONG ALERTA disse...

Educação se aprende dentro de casa, bons exemplos e maus exemplos são dados pelos pais, o pior é que todos sempre vão dizer que fazem tudo correto!!!

soninha disse...

´Relmente não é fácil,pois vemos muita imprudência,muito desrespeito,e como a ong alerta diz isso vem de casa(educação)...

Espaço Clarear disse...

Querida Amiga
Tem um Selo em meu blog pra ti. Dedico-lhe com muito carinho!
Beijos, Clarice.

Caminhos Poéticos disse...

Renova a tua força
No silêncio do teu coração
Cansado e dolorido,
De tempos passados
E nunca esquecidos.


Um dia de luz e paz.......Beijos meus!M@ria

Luciana disse...

Oi Liztte

Um ótima terça pra ti

Bjs

Jota Effe Esse disse...

O que nos leva a essa situação é um conjunto de falhas, onde sobressaem as leis brandas para criminosos do volante. Basta que os legisladores corrijam as leis e os governantes as apliquem. Meu beijo.

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana!

Aline disse...

Ei Lizette, vc viu que absurdo lá em Recife o policial que atirou em um adolescente na garupa da moto do pai? Fiquei indignada! E o pior, o máximo que deve acontecer com o policial é ser exonerado do cargo. Esse Brasil......nossas polícias! Ai!

heli disse...

Lisette.
Não é só em Porto Alegre que as condições de precariedade no trânsito estão ceifando muitas vidas.Concordo contigo que a educação deve acontecer dentro de casa, caso contrário, não sabemos onde vamos parar.

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Infelizmente esta coberta de razão Lisette.
A educação vem do berço, não se aprende depois de crescido.
No entanto, acredito que para aquisição da CNH poderíamos ter cursos mais aprofundados, não estes que custam absurdos e so visam o lucro.
Mas criar se um começo de novos condutores!

Beijos!

Marilu disse...

Querida amiga, educação vem de berço, hoje as crianças já são criadas com violência, sem respeitar sequer os próprios pais. Que motoritas vão ser amanhã? Aqueles que fazem muitas mães chorarem...Beijocas

Machado de Carlos disse...

Que bom que você veio até à minha página. Agradeço-lhe pela oportunidade ao oferecer boas matérias sobre o trânsito.

Priscila Rodrigues disse...

Oi Lisette, tenha uma ótima semana.

Beijos.. boa sorte!

Mariana disse...

Não precisa ser especialista para saber que educação e fiscalização é a única forma de "educar".

VALVESTA disse...

Parabéns querida pelo incentivo a educação no transito, acredite, você salva vidas com teu gesto e o Pai te recompensará com coroa de glória, beijos no teu precioso coração

Hod disse...

Oi Lisette,
Sabemos que o ideal seria jamais perde uma vida sequer para o trânsito.
Mas se diminuisse consideralmente já seria também uma grande vitória. E essa diminuição é possível.
O caminho é por todas as vias possíveis, despertar a Consciência. Sim Consciencia é algo de dentro para fora de cada índividuo; seja mortorista, pedestre, politicos e construtores de vias públicas.

BAstante contente por sua visita. Sim amanhã um novo ano em minha vida acontece.

Beijo pra ti.

gabyshiffer disse...

Amiga,
Não só os gaúchos, o Brasil todo tá cheio de motoristas sem noção.
Boa noite pra vc
Beijos

Ricardo Conceição disse...

Eles querem fazer algo???

wcastanheira disse...

Uma bela postage, vc é um orgulho pra nós seus amigos, vc é realista, interessantemente uma blogueira do momento pra vc bjos, bjos e bjosssss

wcastanheira disse...

Uma bela postage, vc é um orgulho pra nós seus amigos, vc é realista, interessantemente uma blogueira do momento pra vc bjos, bjos e bjossssskremi

Isa mar disse...

Os Paranaenses aqui também andam mal educados, acho que é em todo lugar, pois ninguém mais respeita nada
Até os pedestres aqui andam no meio da rua e os carros tem que desviar
Então, dirigir por aqui tá terrível, pois você tem que cuidar de si e dos outros
Beijos e boa noite pra você!

Michelle Lynn disse...

Oi Lizette!
Concordo com vc que a educação começa dentro de casa e nos exemplos que transmitimos aos nossos filhos.
Muita paz!
mi

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Lisette,
Me permita não concordar completamente, não são só os pais que formam a educação, mas a maneira como o indivíduo de porta na sociedade também, caráter.
Paz e obrigado por seu carinho.

Suziley disse...

É verdade, Lisette. A educação começa em casa. Beijos e paz ;)

Mari Amorim disse...

Convido vc para sorrir, em uma homenagem que estou fazendo,a um amigo da blogosfera,que faz a diferença como você,será logo mais,
no Mari Amorim Brincando Com a Rima,
Boas energias,
Mari

Sônia Silvino disse...

Mais educação para despertar a consciência: urgente!
Ótimo post, amiga querida!
Bjkas!

Nilce disse...

Oi, Lisette

Também concordo plenamente com o comentário que vc deixou.

Educar só os motoristas gaúchos? E o resto do Brasil? Precisamos começar a EDUCAR os pais em todo o país, vc não acha?

Desculpe a ausência. Perdemos 2 meninos amigos de forma violenta semana passada, em nossa cidade. Ainda estou meio deprê.

Bjs no coração!

Nilce

Amor feito Poesia disse...

... É um sonho esta vida, mas um sonho febril de um instante único. Quando dele se acorda, vê-se que tudo é só vaidade e névoa...

Gustavo Adolfo Becker.

Amo sua amizade.....Beijos & Flores! M@ria

rosa-branca disse...

Tantos alertas e tanta falta de cuidado... as pessoas têm que sentir na pele para passarem a ter cuidado, onde bastava um pouco mais de atenção. Beijos com carinho

Sylvia Rosa disse...

Oi Lisette. Prazer enorme deparar com vc e seu comentário no meu Blog. Vim retribuir e puxa que iniciativa admirável. Parabens!

Everson Russo disse...

Mas não são só os motoristas gauchos que precisam ser educados,,,são todos...beijos de bom dia pra ti amiga.

Tania T. disse...

Verdade viu Lisette, você tem toda razão.. educação vem de casa!!!


bjOO

Principe Encantado disse...

Creio que deve vir de berço, a educação da cidadania, o povo tem de aprender a ser um cidadão, para estar preparado a viver em sociedade.
Abraços forte

Graça Pereira disse...

Ainda há tanto por fazer...não é minha querida?
Beijo e boa semana
Graça

Pérola disse...

Beijos minha flor.
Uma linda noite.

lili laranjo disse...

Lisette

minha amiga
também eu acho que o telefone tem muitas vezes mensagens de Paz um beijinho para ti

ValériaC disse...

Sem dúvida a fiscalização deve existir de uma maneira eficaz, mas creio que falta muito é conscientização dos motoristas...é preciso RESPONSABILIDADE.

Doce noite Lisette, amiga...
Beijinhos
Valéria

Celina disse...

QUERIDA BOA NOITE, DEUS TE ABENÇÕE E QUE CADA DIA SUAS FORÇAS SEJAM RENOVADAS, SÃO OS MEUS VOTOS, OBRIGADA PELA VISITA , FICO FELIZ COM O EXITO DAS CAMPANHAS DO ONG ALERTA, UM ABRAÇO CARINHOSO. CELINA.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá Lisette!

A educação e o respeito ao próximo são os focos que ,penso ,devem ser atingidos!!!

Os motoristas sentem-se poderosos no interior de seus "brinquedos" e não refletem que o trânsito é um conjunto de veículos,pessoas e a titudes!

Se um deles falha todos são prejudicados!

Um beijo!

Sonia Regina.

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Até onde posso vou deixando
o melhor de mim.
Se alguém não viu,
não me sentiu com o coração..."

-Caio Fernando Abreu-

Saudações Poéticas......Beijos!!

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Até onde posso vou deixando
o melhor de mim.
Se alguém não viu,
não me sentiu com o coração..."

-Caio Fernando Abreu-

Saudações Poéticas......Beijos!!

"Cantinho Poético" disse...

Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.

Clarice Lispector


Agradeço seu carinho...Beijos!!

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida.

Valéria Sorohan disse...

Paz, paz no trânsito, na sociedade. Tudo utopia. Mas vale acreditar.

Ótima restinho de semana pra vc!