Translate

terça-feira, 29 de junho de 2010

Opinião dos leitores do ZH

Sem proteção
A EPTC deveria se preocupar um pouco mais em preservar a vida dos motoristas que trafegam pela Avenida Ipiranga, com a colocação de guard-rails, do que em puni-los com multa por pardais. Por acaso, o ator Werner Schünemann estava excedendo a velocidade da via quando caiu no arroio? Ele teve sorte, mas outros poderão não ter.
César de Souza Gregianin
Advogado – Porto Alegre
Curva mortal
A curva do cotovelo, km 57 da ERS-348, que liga os municípios de Agudo e Dona Francisca, fez mais uma vítima no dia 20 de junho. Foi uma das tantas após se tornar rota alternativa em função da queda da ponte na RST-287. Apesar das vistorias do Daer e de representantes do Executivo estadual, até agora nada foi feito para diminuir o perigo.
Dalton Adolfo Muller
Empresário – Agudo
Estrada do Mar
Com relação à Estrada do Mar e o “afrouxamento das regras”, informamos que esta casa legislativa foi tomada de surpresa com a matéria que tramita no Conselho Rodoviário.
No fim de 2009, estivemos reunidos com o responsável pela 16ª UC do Daer, engenheiro Paim, levando até ele nossa preocupação e inconformidade com o constante aumento do número de caminhões e caçambas (transporte de areia) naquela rodovia e consequentemente com o aumento do risco para seus usuários.
Somos contrários às medidas propostas, por diversos motivos, mas principalmente por entendermos que a segurança não pode ser relegada a segundo plano em relação a questões de puro interesse comercial.
Rossano Teixeira
Presidente da Câmara de Vereadores de Osório
Fonte: zero hora, 06/2010

22 comentários:

ONG ALERTA disse...

As pessoas estão reclamando para quem??? Qual o órgão reponsável??? Um passa para o outro e nada acontece???
Ano de eleição, vale a pena investir neste tipo de gente???

Celina disse...

E AMIGA , É ASSIM MESMO, FICAM EMPURRANDO COM A BARRIGA COM SE DIZ NA GIRIA, E NIMGUEM RESOLVE NADA´BÕA SORTE PARA VC. UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

Pelos caminhos da vida. disse...

E é bem assim mesmo...

Um gde abraço amiga.

beijooo.

Chica disse...

Uma pena que não podemos confiar e contar com as autoridades...

Elaine Barnes disse...

Fico sempre pensando nas taxas municipais que pagamos.O dinheiro das multas pra onde vão? Deveria ser pra cuidar dos perigos das vias e ruas né?!
Amiga eu quis dizer no meu post, sobre entender o luto do amor, é que as vezes a pessoa nunca sai dele, fica naquele passado e não se dá chance de viver um novo , não percebe, se acostumou a ficar chorando o amor que se foi.Enfim...Isso acontece muito.Só um poema...Montão de bjs e abraços e eu é quem agradece o seu carinho

Victor Zanata (Exilados do Paraíso) disse...

Seu comentário disse tudo. Espero que as pessoas pensem nessas coisas quando forem votar.

Nilce disse...

Oi, Lisette

É o que lemos todos os dias nos jornais. Precisa isso, aquilo; "vamos" fazer isso e mais isso. Ou então: temos que reclamar, fazer barulho.
Como vc mesma diz: "Para quem?"
"Onde?"
Promessas é o que mais ouvimos este ano. É conveniente. Ano que vem já esqueceram de novo.

Até onde vamos?

Bjs no coração!

Nilce

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Sabe Lisete, vendo o que acontece no Mundo chega a ser impossível não se tornar descrente.
Ainda mais em tempos atuais, que dispomos de tanta tecnologia.
Como se a época de eleição fosse arranjo de festa. Feito às pressas.
Uma vergonha são as vias que dispomos, parecem desenhos mau feitos ao invés de engenharia.

Um pesar a todos.
E a pergunta continua sem se calar.
Quando é que irão se conscientizar que a vida não é algo a se brincar!!

Beijos

Simone Vedana disse...

Olá, Lisette! Obrigada por visitar nosso blog... Parabéns pelo seu trabalho. Vamos acompanhar seus textos e comentários. Abraços

Serginho Tavares disse...

ainda me recuperando do forte post anterior... enfim, vamos lá!
obviamente não vale a pena investir nesse pessoal mas também o povo não ajuda a mudar nada!

beijos

Hod disse...

Lisette,
É como praga, bando de nuvenS dE
Gafanhotos.. é bem assim mesmo !!
Poucos são os que trabalham c/ o cérebro e nesses casos é só corrigir !!

Bjs.

Mariana disse...

Além de reclamar, temos de cobrar, cobrar, e ser insistente,ser "chato" na cobrança, como diz a minha sobrinha "encher o saco", quem sabe eles para se "livrarem" da cobrança, façam algo.

Tania Girl disse...

É... Infelizmente ninguém faz nada, fica um empurrando para o outro..

bjos'

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Minha querida estou passando, e trazendo a mais linda rosa, cheia de cor e perfume, só para adoçar um pouquinho teu lindo coração.
Beijinhos de muita luz e paz

*lua* disse...

Oi Lisette,
Hoje passo aqui por um motivo especial, ontem minha gata partiu, foi atropelada. Fiquei pensando meu Deus como alguém pode correr tanto e ruas particulares a tempo de não ver um bichinho atravessar ... e aí pensei: como alguém pode correr tanto, a não ver carros, ciclistas, pedestres também como eles querendo simplesmente ir de um ponto ao outro ... ai na tragédia vão-se a um ponto bem distante de nós, deixando-nos apenas com as lembranças maravilhosas ... saudade! um beijo

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
Tem mais é que aproveitar esta época de eleições para cobrar providências, pois depois ...
Bjkas e uma ótima quarta-feira para vc.

Mari Amorim disse...

Olá querida,
aqui em São Paulo,embora tenha a lei anti-álcool,(quem fiscaliza?),ficamos a mercê da boa vontade e o Serra estará usando imagens,em sua campanha,cabe a nós blogueiros que temos essa ferramenta capaz de unir pessoas,pesquisar,falar sobre esses assuntos.Obrigada pelo texto.
Boas energias,
Mari

lolipop disse...

Deixei comentário no post abaixo...
BEIJOS
TERNURAS

"Cantinho Poético" disse...

Entre a razão e o impulso
fica a brandura.
A graça é dada
para que tudo seja gracioso:
sorriso, pomar,veneno.
Prova-se o fruto açucarado
da paixão, o tóxico
de permeio com o mel.
Os lábios permanecem doces
e não cessam de prometer
embriaguez - mesmo amarga.


Hugo Mund Júnior


Amor & Sonhos_______Beijos da M@ria

ValériaC disse...

É amiga...só sei que algo tem que ser feito...com segurança não se brinca...
Beijos
Valéria

Anne Lieri disse...

Lisette,um artigo que nos revolta porque ninguem viu nada,ninguem se responsabiliza e os acidentes continuam a acontecer!Ótimo artigo!Bjs,

AFRICA EM POESIA disse...

Amiga


Com um beijo

APENAS PALAVRAS



As palavras ...
Saltammm...
Pulammm...
Gritammm...
Brincammm...


Entrelaçam-se...
E... fazem...
A alegria ...
De muita gente...
Gente que nunca...
Olhou palavras...
Nunca as sentiu...
E que nunca...
As quis ver...


Mas quando as olhou...
Viu como brincavam
Como dançavam...
Como se entrelaçavam...
E assim...
Aprenderam a gostar...
E a sentir...
O verdadeiro valor...
Das Palavras!...


LILI LARANJO