Translate

sábado, 21 de maio de 2011

O PAÍS CONGESTIONADO

O início do feriadão que conjuga a data de Tiradentes com a Páscoa foi assinalado por congestionamentos gigantescos nas rodovias brasileiras, especialmente naquelas que ligam Serra e Litoral a metrópoles que já apresentam graves problemas de mobilidade urbana. O mesmo estresse enfrentado por motoristas e tripulantes de veículos automotivos no dia a dia das grandes cidades transferiu-se para as estradas.
Em consequência, muitas pessoas tiveram dificuldade para chegar aos seus destinos ou até mesmo desistiram dos passeios programados, retornando para casa. Esta situação caótica comprova não apenas o equívoco histórico da quase exclusividade do modelo rodoviá-rio no transporte nacional, como também a incapacidade dos administradores públicos, em todos os níveis, para encontrar soluções satisfatórias para o impasse do trânsito.

O agravamento do problema deve-se, sem qualquer dúvida, ao crescimento da frota de veículos, resultante também do aumento do poder aquisitivo da população. No ano passado, o número de veículos em circulação nas ruas e estradas brasileiras ganhou um incremento de 8,4% em relação ao ano anterior, passando dos 32 milhões, entre automóveis, caminhões, ônibus e comerciais leves, sem contar mais de 10 milhões de motos. Esse extraordinário aumento da frota circulante não foi acompanhado por investimentos na malha rodoviária, que passou a registrar maior número de acidentes e, em ocasiões especiais, grandes engarrafamentos. Ainda que nos últimos anos os governos federal e esta- duais venham atuando conjuntamente na construção de novas rodovias e na duplicação de estradas incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), as obras são morosas e insuficientes para suprir as necessidades da população.
O país paga um preço alto por seu apego à cultura do automóvel.
Desde que o presidente Washington Luiz disse no seu discurso de posse, em 1926, que governar é abrir estradas, todos os seus sucessores acabaram privilegiando o modelo rodoviário, atraindo indústrias automobilísticas, incentivando a produção e o comércio de veículos automotores, e deixando de lado alternativas que hoje facilitam a vida de outros povos. Os europeus, por exemplo, valem-se de metrôs nas maiores cidades e de trens modernos e confortáveis para se locomover até mesmo de um país a outro. No Brasil, veículos com apenas um ocupante entopem as ruas e elevam significativamente a poluição ambiental.

O país congestionado deve aproveitar a inexorável imobilidade para pensar em saídas para o brete, que passam pela reflexão de cada cidadão sobre o uso de transporte individual e incluem necessariamente a formulação de políticas públicas voltadas para ferrovias e hidrovias, além da urgente e constante melhora da infraestrutura rodoviária.
Editorial, Zero Hora 22/4/11

25 comentários:

ONG ALERTA disse...

E o governo náo faz nada!!
Como melhorar se quem pode náo faz??
Exemplos deveriam ser seguidos, mas bons e náo os ruins!!

Magia da Inês disse...

Amiga,

Bom fim de semana!
Beijinhos.

º✿♫
°º✿ Minas
º° ✿♥ ✿° ·.

Rosane Marega disse...

O País congestionado e o seu blog cada vez mais admirado, por nos manter sempre muito bem infomados.
Beijoss no coração Lisette e um super final de semana

Toninhobira disse...

Olha amiga,estamos caminhando para o caos total nas estradas e vias publicas,pois cada dia mais temos veiculos,o acesso facilitado e a irresponsabilidade administrativa de engenharia de transito é tamanha,que vamos sentir e muito este efeito.Hoje Salvador é um caos em qualquer dia nos horarios matinais e vespertinos.Meu abraço com carinho de um belo fim de semana de paz no transito e que Deus nos proteja nele.
Bju de luz nos seus dias.
Prosseguir gritando contra esta inecria é nossa missão.

Entrevidas disse...

Sempre com boa informção. Beijos e bom final de semana

Mafia Sonora disse...

Mas o grande problema foi o incentivo a indústria e ao crédito que é uma coisa boa, mas e entra governo e sai governo, e nosso dinheiro dos impostos continua sendo mal investido como sempre, não adianta nada aumentar o poder aquisitivo da população e não dar estrutura para esse crescimento.

Valéria disse...

Oi Lisette!
É um verdadeiro caos, até aqui em Natal que era uma cidade tranquila,tem havido um crescimento da frota inversamente proporcional as vias então nos horários de pico é terrível. O crescimento do poder aquesitivo que favoreceu o aumento ad frota não foi acomanhado de investimentos no setor viario.
Bjo e um final de semana de paz!

David J. Pereira disse...

Gosto deste blogue!

Podes adicionar o meu aos links sff?

http://davidjosepereira.blogspot.com/

vidaslife disse...

É hora de repensar, passando para lhe desejar um lindo final de semana e beijinhos carinhosos para ti.

Mariz disse...

Moro no litoral e aqui o aumento da frota automobilística bem como o aumento de pessoas vindo de SP para morar é simplesmente absurda.

um grande beijo e ótimo fds...Mariz

Cantinho She disse...

Excelente final de semana!
Bjo, bjo!

Antonio José Rodrigues disse...

Os engarrafamentos, Lisette, viraram moda no Brasil, provocando desgaste psicológico nos condutores. Beijos

Brasil Desnudo disse...

Oi Lizete, boa noite!

Você foi injusta, em afirmar que nossos governantes não abriram, modernizaram as estradas no nosso tão querido Brasil...
Você já viu alguma sede do Governo, que não tenha rua asfaltada, hoje! Até Heliporto tem, ou não? kkk
Muito boa sua abordagem, Lizete!
Mas essa Burriquilouquice não vai mudar tão rapidamente assim, pois o Loby da indústria Petroquímica é muito forte, e o Lobyroubista dos nosso Políticos, é ainda maior...

Um ótima noite pra ti e, um fim de semana repleto de paz e amor em seu coração.

Marcio RJ

Lucimere disse...

Não sei onde vamos parar.
Boa semana!
bjos

Valéria Sorohan disse...

Lisette, quanto tempo sem vir aqui.
Deixo meu beijooO*

angela disse...

A situação ruma para o caos e parece que ninguém tem nada a ver com nada.
Excelente artigo.
beijo

Sandra Botelho disse...

Aqui em são paulo nem precisa falar neh?
Um horror, a situação é caótica.
beijos querida linda semana pra ti.

Sandra Botelho disse...

Aqui em são paulo nem precisa falar neh?
Um horror, a situação é caótica.
beijos querida linda semana pra ti.

Jorge (Nectan) disse...

Brasil está paralisado, pelo menos no que diz respeito ao trânsito. Tanta coisa para aperfeiçoar, tanto para investir enquanto isso, aumenta o número de carros e....

Beijo, Anjo!!!

Marcia disse...

menina eu olho pra minha cidade e não vejo solução,quer dizer barcas seria bom,mas...cadê?
estou de blog novo o outro esta com defeito!

Graça Pereira disse...

Este é um blog sempre atento e bem imformado.
Mil beijos e uma boa semana...sem acidentes.
Graça

Ruby disse...

É sempre assim e vem mais ferido prolongado, muitos congestinamentos e outros fatos desagradáveis, espeo que seja diferente.

Fátima disse...

Menina, que postagem interessante... Parabéns!
Boa semana pra vc.
Com carinho
Fátima

CAIXA DE FATOS disse...

Boa semana.

Bjs

Leka disse...

Olá tudo bom?!
Espero que goste do livro!
Obrigada pela visita!
bjs, paz e boa semana!