Translate

terça-feira, 31 de maio de 2011

Diretor do Dnit sugere queimar praça de pedágio se obra da BR-277 não sair

Reivindicação é para duplicação da rodovia entre Cascavel e Medianeira.
Declaração foi dada em reunião com políticos no Oeste do Paraná.

Reivindicação é para duplicação da rodovia entre Cascavel e Medianeira.
“Qualquer coisa vamos queimar a praça de pedágio”. Esta foi a declaração do diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), Luiz Antonio Pagot, em uma reunião com prefeitos, deputados federais e lideranças, em Cascavel, no Oeste do Paraná.


A BR-277 atravessa o Paraná e é uma das mais importantes do estado. O pedido pela duplicação do trecho entre Medianeira e Cascavel, na região Oeste, é antigo. São 70 km por onde passam turistas que vão a Foz do Iguaçu e caminhões que levam a safra até o Porto de Paranaguá, no litoral do estado.

Nos últimos dois anos, foram mais de dois mil acidentes no trecho com 84 mortes.

Em nota, a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) condenou a atitude do diretor-geral do Dnit e afirmou que a declaração dele é uma incitação a desobediência civil.
Fnte: g1,

31/05/2011 19h42 - Atualizado em 31/05/2011 19h58

30 comentários:

ONG ALERTA disse...

Este país é uma vergonha, o governo náo leva a sério sua responsabilidade pelas estradas.

Yasmine Lemos disse...

Infelizmente não.Temos que nos erguer sozinhos,luta diária.Lisette meu carinho pra vc
beijos

Flor de Lótus disse...

Etnão é assim que as coisas se resolvem?Não vai fazer o que eu mandei vou queimar tudo!?
Nada é levado a sério nesse páis!!!
E que país é esse do legião se torna cada dia mias atual...
Beijosss

Mafia Sonora disse...

Verdade temos que lutar sempre exigindo nossos direitos, e essa obra seria boa pra população e pro estado no geral já que é um ponto de escoação de produção, beijão Lisette :-)

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Lisette! Passando para apreciar mais um dos teus importantes posts. Belo trabalho. O negócio é gritar, pois neste país só se consegue as coisas na base do grito.

Beijos,

Furtado.

Pena disse...

Sempre preciosa e pertinente em todas as situações de resolução de carácter rodoviário.
Beijinhos de imenso respeito.

pena

Angela disse...

É um absurdo!!! Há alguns anos atrás, eu e minha família saímos de Curitiba (nossa cidade) e fomos de carro até Foz. Nossa, foi uma aventura, mistura de medo com instinto de sobrevivência! Nunca mais!!!
As estradas daqui, sao uma beleza. Manutençoes sempre!! Aqui é raro acidentes nas estradas, quase nao se ouve!!! Sabemos direitinho para onde vai nosso dinheiro dos impostos.
É por estas e por outras, que nao voltaremos mais a morar no Brasil. Sinto muita vergonha e tristeza!!
Parabéns pela iniciativa no seu blog. Vc tem meu respeito.
Beijos e uma ótima semana.

lita duarte disse...

Temos que falar e exigir mudanças.
Temos que divulgar o que está errado e cobrar, cobrar e cobrar...
Não é nada fácil!

Bjos.

lita duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lita duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
'Lara Mello disse...

Obrigada pela vista sempre, se cuida! :)

Camila Monteiro disse...

É vergonhoso demais memso... assim como todas as ultimas noticias que ando escutando.
Nosso cenário político está uma lastima e ninguém faz nada!

Everson Russo disse...

Será que assim,,,radicalmente resolve? beijos de bom dia pra ti.

ValériaC disse...

Já é um absurdo a quantidade de pedágios que precisamos enfrentar, enfim, se há boa conservação das rodovias, ainda é toleravel, mas quando não se vê obras necessárias serem feitas, a sugestão do Diretor pode até ser bem vinda, pois passa a ser um absurdo.
Beijos...
Valéria

Lilá(s) disse...

É triste quando as pessoas se sentem desanimadas com o seu país...
Bjs

Antonio José Rodrigues disse...

Em se tratando de estradas, geralmente estamos acomodados; em se tratando de salário, as greves estouram. Parece-me que é melhor morrer acidentado com os bolsos cheios do que fazer protestos por infra-estrutura. Beijos

angela disse...

Afinal não tem outro meio de pressionar a concessionárias a cumprir suas obrigações?
Parece que este eles temeram e cá entre nós desobediência cívil eles também praticam quando não cumprem suas obrigações e as pessoas morrem em decorrência disso.
beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Lisette
Tenha uma linda noite.
Bjux

soninha disse...

É um absurdo,isso é nosso País...

flor de jasmim disse...

Lisette
Triste quando sentimos desanimo.
Beijinho minha amiga

Desnuda disse...

E por não levar a sério, há revoltas e indignações....

Beijos com carinho querida.

Marilu disse...

Querida amiga, nada nesse país é levado a sério, apenas a corrupção prevalece é vergonhoso. Beijocas

Magia da Inês disse...

Boa quinta-feira!
Beijinhos.
°º♫
°º✿
º° ✿♥ ♫° ·.

Graça Pereira disse...

Beijo grande pela tua tenacidade e persistência!
Bom fds.
Graça

Lucimere disse...

É um pouco caso danado... e um mando e desmando e na fogueira dinheiro púbico.
bjos

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia!
Lisette, nosso país sofre demais pela falta de compromisso com o dever de alguns políticos perante seus eleitores. Na hora de votar prometem tudo que podem e o que não podem fazer, uma eleitos, não se esforçam para concretizar o que prometeram.
Em todo território brasileiro precisa que o governo olhe com carinho para estradas, conserva-las em bom estado e fazer novas. isto é o seu dever.
É uma que em nosso país tenham que gritar e gritar para conseguir o minimo, e isso quando conseguimos.
Tenha um lindo dia coberto de lindas e boas surpresas.
Fique com Deus!
Abraço Fraterno!
Maria Alice

Entrevidas disse...

Um governo fazer isso é dar mal exemplo. Beijos

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Olha Lisette, em todo o lado o dinheiro vai sempre para onde não é necessário, ou seja para o bolso dos governantes e outros corruptos e depois não chega para o que é necessário. Temos que gritar e atertar para que os nossos direitos sejam preservados. Um beijinho, amiga e vamos lá pelo menos denunciar esta falta de respeito para com os contribuintes
Emília

Sandra Botelho disse...

Vidas e vidas ceifadas e ninguem faz nada...até que aconteça com um grandão...beijos achocolatados

Toninhobira disse...

Sabe Lisette tenho acompanhado a luta das comunidades ao longo da BR 381, que liga Belo Horizonte com o litoral capixaba.Esta rodovia como sabe é considerada como da morte e estes politicos ficam contando piadinhas enquanto morre gente todos os dias nesta.
QUe Deus nos proteja amiga.
Meu abraço de toda paz e admiração nesta campanha de preservar vidas.
Bju de luz na paz.