Translate

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Feriadão tem 22 mortes nas estradas do RS

Feriadão tem 22 mortes nas estradas do RS
Num dos casos mais graves, três idosos morreram em colisão entre dois veículos na Estrada do Mar
O feriadão de Finados se tornou ontem um dos mais fatais do trânsito no ano no Rio Grande do Sul. Até o começo da noite de ontem, pelo menos 22 pessoas morreram nas ruas e estradas gaúchas. O número de vítimas só é inferior às estatísticas da Páscoa e do Dia do Trabalho.
Ocaso mais grave de ontem fez três vítimas na Estrada do Mar. Um Corsa e um Escort se envolveram em uma colisão no km 46 da rodovia, perto da entrada de Capão Novo, no município de Capão da Canoa.As duas pessoas que estavam no Escort, com placa de Porto Alegre, morreram no local: Morency Euclides de Freitas, 74 anos, que estava na direção, e a mulher, Vilma Ortiz de Freitas, 77 anos.
Eles transitavam no sentido Torres-Porto Alegre.No Corsa, emplacado em Sombrio (SC) e que seguia na direção contrário, havia cinco pessoas. Todas foram encaminhadas com ferimentos ao Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa. Lá morreu, à tarde, Maria Máximo dos Santos, 69 anos.
Os mais violentos
- Dia do Trabalho (1º/05): 27 mortes em cinco dias
- Páscoa (12/04): 23 mortes em cinco dias
- Finados (2/11): 22 mortes em quatro dias
- Corpus Christi (11/06): 22 mortes em seis dias
- Ano Novo (1°/01): 17 mortes em seis dias
Outras mortes
- Bagé – Deivid Gonçalves Martins, 28 anos, morreu após cair de sua moto Honda CG 150, na madrugada de ontem, na Avenida Santa Tecla.
- Bento Gonçalves – Valdecir Cabral, 37 anos, foi atropelado na noite de domingo, por volta das 20h30min, no km 14 da RS-431, em Linha Alcântara.
- Encantado – Um acidente no km 77 da RS-129 resultou na morte de David Capitanio, de 42 anos, na noite de sábado. Ele colidiu seu Escort com uma árvore e morreu no local.
- Gravataí – Um homem e uma mulher morreram após uma colisão na manhã de sábado na Estrada Cavalhada, bairro Morada Gaúcha. Eles estavam em uma moto que colidiu com um Vectra. Jaime Francisco Riger morreu no local. Silvia Santos Rieger chegou a ser levada ao Hospital de Pronto Socorro da Capital, mas não resistiu.
- Novo Hamburgo – Clédison Nunes dos Santos, 25 anos, foi encontrado morto ao lado de uma moto na rodovia Porto Alegre-Serra (BR-116), no domingo.
- Pelotas – Um homem morreu por volta das 5h30min de domingo após cair com sua moto na localidade de Colônia Santo Antônio, interior de Pelotas. Conforme a Brigada Militar, Adair Luvier de Lima, 31 anos, guiava uma Honda CG Today e teria perdido o controle do veículo. A vítima caiu e bateu a cabeça em uma pedra.
- Pouso Novo – O motorista Antonio Carlos da Silva, 49 anos, morreu ao perder o controle do caminhão no km 305,9 da BR-386,
- São Francisco de Paula – Às 14h15min, Alvina Santos dos Reis, 77 anos, morreu na colisão entre um Escort e um caminhão no entroncamento da Rota do Sol com a RS-020, na localidade de Tainhas.
Fonte: Zero Hora, 03/11/09

11 comentários:

Ricardo Conceição disse...

Feriado para descansar e voltar para casa, mas os perigos estão a solta nas estradas deste país!

ONG ALERTA disse...

Uma coisa precisa ficar bem clara estas estatisticas estão erradas o número de mortes é muito maior, pois quando o indivíduo é transportado ou levado para hospital e vem a falecer depois não entra na estatistica de acidente, mas a causa morte foi acidente, enfim morrem muito mais pessoas no trânsito que imaginamos, um caos.

Sonia Ramos disse...

Os órgoas responsáveis se manifestam, fazem algo mudar???
Parabéns pelo seu trabalho passando informações a nós que não sabemos muito.

Brancamar disse...

Também acontece em Portugal, mas aqui e ali têm-se feito rectificações aos traçados das estradas e os números creio que desceram, mesmo assim são muitos os acidentes mortais.
Pode dar pouca vontade olhar para estas imagens, mas é bom que nos lembremos sempre que ao conduzirmos podemos ter na mão uma arma mortífera, para que aprendamos a usá-la com toda a responsabilidade.
É importante este alerta.
Beijos para si.
Branca

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga.

Muita paz,
muita alegria,
muito amor e
muita saúde!

beijooo

Helena Rocha disse...

sou sua + nova seguidora adoreiii td aki fiko t esperandu di volta lá no leesmorfet meu blog tá novinho em folha to entrandu agora nessa onda rsr...

bjússs

inté+++++

Anne Lieri disse...

Alessandra,muito triste esses acidentes nas estradas!Tantas vidas perdidas por distração,imprevividencia,estradas ruins,bebidas...Comovente e conscientizador seu texto!Agradeço muito seu carinho em meu blog!Bjs,

Maria Emília disse...

Pode não parecer simpático ter que anunciar toda esta tragédia, mas é muito importante. Quem vê e lê vai lembrar-se, pelo menos de vez em quando, quando se senta ao volante.
Força para continuar.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Fernanda Guerra disse...

Precisamos unir força para evitar tantas tragédias.

Antônia Vasconcellos disse...

Feriado é para descansar ser bom e voltar para casa. Chega de tantos acidnetes.

Mariana disse...

E nesta estatística não entraram as vitimas q vem a falecer dias após.
Triste, mas o nº é maior.