Translate

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

O Carnaval mais mortal em 11 anos

Desde 2002, o Estado não contabilizava tantas vítimas quanto no feriadão encerrado ao meio-dia de ontem. Com a morte de dois irmãos em uma estrada da Região Norte, o Carnaval terminou com 33 óbitos, a maioria registrada na saída para o período prolongado de descanso. No feriadão em que não houve engarrafamentos no Estado, o perigo também andou solto pelas estradas.
As 33 mortes no trânsito ocorridas entre o meio-dia de sexta-feira e o de ontem fizeram deste Carnaval o mais sangrento dos últimos 11 anos – em 2002, 37 pessoas perderam a vida em ruas e rodovias gaúchas. A saída para o feriado concentrou a maior parte dos acidentes e de mortes.
 Dos 25 acidentes com morte, 80% ocorreram em rodovias, onde a velocidade e as ultrapassagens arriscadas são os maiores fatores de risco. A pressa para chegar ao destino é justamente uma das hipóteses para o fato de a maior parte dos desastres ter ocorrido sexta e sábado, quando 13 ocorrências deixaram 18 vítimas. – Os acidentes se concentraram na ida – resume o chefe do Estado-Maior do Comando Rodoviário da BM, tenente-coronel Fernando Alberto Grillo Moreira.
Uma análise mais detalhada fornece outras pistas para a mortandade e pode servir de lição para os próximos feriados no Rio Grande do Sul:
1) Perda de controle do veículo: 40% dos acidentes ocorreram por saídas de pista que podem ter relação com o excesso de velocidade, além de imperícia, cansaço, sono ou desatenção.
 2) Risco da madrugada: a maior proporção de ocorrências com morte foi verificada entre a 0h e as 6h.
 3) Ameaça dos caminhões: mesmo com a restrição à circulação em alguns horários durante o Carnaval, eles foram o segundo tipo de veículo que mais se envolveu em acidentes fatais, depois dos automóveis.
Outra característica é um desafio à fiscalização: embora o fluxo para o Litoral Norte concentre as atenções, as ocorrências de morte se espalharam em 14 das 27 regiões em que a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) divide o Estado.
 – Onde estávamos mais presentes, no Litoral, não houve morte.
Quase metade dos acidentes envolveu tentativa de ultrapassagem – afirma o tenente-coronel, referindo-se às vias estaduais.
No final da manhã de ontem, um acidente matou dois irmãos que voltavam do velório de outra irmã em Tramandaí. O motorista, João de Camargo, 50 anos, e Florêncio Camargo, 58 anos, morreram quando o EcoSport em que estavam bateu em um caminhão em Boa Vista das Missões, na rodovia Seberi-Sarandi (BR-386).
– Já tínhamos perdido uma irmã e agora vamos viajar para enterrar outros dois – lamentou o cunhado de João, Valdemar Lerner. Resultado da operação Viagem Segura até terça-feira: 622 autuações por embriaguez, 207 condutores presos e 23 mil infrações.

Fonte: marcelo.gonzatto@zerohora.com.br MARCELO GONZATTO ZH 14/02/13

41 comentários:

ONG ALERTA disse...

O mais interessante é que hoje pela manha ouvi no Globo news que este ano diminuiu o número de mortes no trânsito!
Quem realmente sabe o que aconteceu?
Estatísticas todas erradas!
Com disse repórter da Globo news só vêem o número nas estradas federais e as outras ninguém morreu ou não entram nas estatísticas?
Morre muito mais pessoas todos os dias do que se imagina e nada muda nas estradas....

ONG ALERTA disse...

O mais interessante é que hoje pela manha ouvi no Globo news que este ano diminuiu o número de mortes no trânsito!
Quem realmente sabe o que aconteceu?
Estatísticas todas erradas!
Com disse repórter da Globo news só vêem o número nas estradas federais e as outras ninguém morreu ou não entram nas estatísticas?
Morre muito mais pessoas todos os dias do que se imagina e nada muda nas estradas....

Filha do Rei disse...

É muito triste tudo isto.A realidade do que realmente acontece no Brasil é ocultado pelo governo e por alguns meios de comunicação.
Tenha um abençoado fim de semana. Bjs

#*Marly Bastos*# disse...

Infelizmente é isso mesmo!
bjks doces e bom fim de semana.

✿ chica disse...

Cada vez mais imprudência e descuidos. Pena! E hoje temos o início do Planeta.Aí sim, todo cuidado é pouco! beijos,chica

Kellen Bittencourt disse...

Olá Lisette, muito triste todos esses dados, estes períodos de feriado são sempre muito preocupantes, minha filha de 18 anos viajou com as amigas p Praia, eu quase fico doida, lamento muito por todas essas famílias que não tiveram alguém de volta nesse carnaval! Bjooos

Mariangela disse...

Muito triste Lisette tanta imprudência!
beijos e um ótimo final de semana!
Mariangela

Sonica disse...

É lamentável, Lizetee. Aqui na minha região, interior do estado de SP, foi também considerado um dos piores anos de mortes no trânsito. Fica uma angústia muito grande diante de tantas mortes, de tantos descuidos, de tantos descasos.
bjs,

O meu pensamento viaja disse...

São números demolidores, verdadeiras baixas humanas durante uma guerra!

Carolina disse...

Cara amiga,
parece que nunca tornaremos conscientes do perigo...
Um abraco grande.

♥ Nanda ♥ disse...

amiga cada vez que ligamos a televisão é morte,acidentes horríveis
uma realidade cruel.
e ainda elevam cada dia mais o carnaval, imagina que o prefeito daqui ainda quer colocar o carnaval da Bahia duas vezes no ano em 2014
imagina

lindo fim de semana beijokas

palavrasdemenina2010.blogspot.com.br

Flor de Jasmim disse...

São numeros assustadores e de grande tristeza, tanta imprudência que continua.
Bom fim de semana

beijinho e uma flor

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
apesar no governo federal estar dizendo que baixaram o número de mortes, hj o Alexandre Garcia, no Jornal da manhã da Globo, mostrou por A + B que não baixou e que etão camuflando os dados.
Beijos 1000 e um ótimo final de semana.

SORTEIO DE UMA CHAPINHA NO GOSTO DISTO!

Sissym disse...

Estas épocas causam arrepios. Já faz muito, mas muito tempo, que nao viajo mais em feriados prolongados.

Bjs

Luciana Santa Rita disse...

Lissete,

Fatores como pressa e velocidade são tão mortais quanto o álcool no volante. Aqui em Alagoas também mortes nas estradas. Uma dor essa morte dos dois irmãos.

Beijos.

Zilani Célia disse...

OI LISETE!
POIS É, AMIGA NEM A LEI SECA CONSEGUIU DIMINUIR O NÚMERO DE MORTOS.
ENTÃO, AGORA SERIA DE SE PREOCUPAREM EM MELHORAR AS ESTRADAS E COM O EXCESSO DE VELOCIDADE.
ABRÇS http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

MARILENE disse...

Todos os feriados apresentam esse resultado, infelizmente. Bjs.

Cissa Romeu disse...

Bah, Lisette... e quando isso vai diminuir?

Há pouco estive envolvida num acidente de automóvel, por imprudência do motorista do automóvel da frente, que simplesmente parou do nada para ver o acidente anterior.
Meu carro ficou destruído,virou um recheio de sanduíche, pois foi batido também na traseira por um táxi que vinha grudado no meu carro, mas eu e minha filha saímos sem nenhum arranhão, nós duas usávamos cinto e minha filhota, de 6 anos, na cadeirinha própria para a idade e tamanho dela, ainda não usamos o acento de aumento, ainda na cadeirinha que é mais segura.

Beijos e ótimos dias!

Lucimar da Silva Moreira disse...

É muito triste quando acaba o carnaval, pois é quando que a gente sabe o que acontece, acidentes e mortes por causa do carnaval, não só no carnaval mais em qualquer feriado prolongado. Lisette fique com Deus beijos.
Links:

Estrela da Manhã

Lucimar Virtual

Divulgue seu blog no Face

Neno disse...

Que coisa!!!
Os motoristas deviam tomar mais cuidado no trânsito para não causar acidentes!!!
Obrigado pela visita!!!
Bjs do Neno

Lu Citadin disse...

Informações erradas,estradas e más condições,motoristas imprudentes,falta de fiscalização de materiais...quantos ainda precisarão morrer???

Anne Lieri disse...

Lisette,fico abobada com o crescente número de acidentes mesmo com o aumento da lei seca! Ao governo não importa a nossa segurança mas sim o numero de multas que podem adquirir!Só pode ser isso,não é possivel tanto descaramento!bjs,

Magia da Inês disse...

♪♫º♫♫º
Olá, amiga!
Realidade cruel mesmos com a "Lei Seca" mais severa...

ღ°Bom fim de semana! ♪♫º
♪♫♫º Beijinhos.
♪♫º Minas.♪♫♫º
♫♪•.

Denise disse...

Ouvi a mesma reportagem que vc sita em seu comentário. Fiquei pasma com o texto postado. Achei que com o aumento da penas por embriaguez, iria diminuir os acidentes. Lamentavelmente, pessoas não entenderam que é necessário prudência e atenção. Muita paz!

Arco-Íris de Frida disse...

As mortes no transito aqui sao comparadas a um país em guerra...infelizmente...
Beijos...

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Sabia que ia encontrar um número bem expressivo por aqui...
Vi de perto o descaso com a lei seca... todos com carros cheios e bebendo até cair no Carnaval (de cima, do meu andar)... Fiquei pasma!!!
To voltando das férias...
Bjm de paz e alegria

Maria Adeladia disse...

Amiga, chocada!

Que pena que as pessoas não se conscientizam!

Bjs.

Roberta disse...

Meu Deus que triste isso... espero que um dia essas estatísticas mudem.
beijo grande

Nyce Pinto. disse...

Boa noite Lisette, como estamos vivendo? O que estamos fazendo desta oportunidade que recebemos das mãos do Criador! Cada dia que passa observamos mais e mais a falta de amor a vida! Nos resta orar e pedir a Deus que ampare a todos...em especial os familiares que ficam sem entender direito o que aconteceu... muita paz!

ॐ Shirley ॐ disse...

E tudo continua igual...Beijão, Lisette!

Patricia Galis disse...

Eu fico indignada quem um bbb da vida mais de 30 milhões de pessoas ligam para votar em coisas sem importancia e não conseguimos um milhão de assinaturas para modificar as leis de transito e torna-las mais rígidas.

Ani Cristal disse...

Oi Lisette querida


Infelizmente essa é a triste realidade de todos os cantos do nosso país.

Beijos
Ani

Olhos de mel disse...

Querida Alessandra; creio que estamos num nível de estresse tão elevado, que nos falta paciência até quando estamos indo a algum lugar, simplesmente para diversão, ou descanso. Por outro lado, Temos um povo acostumado a não obedecer lei nenhuma. Não respeitamos as sinalizações, nem códigos de conduta e isso faz com que esse resultado apontado estatisticamente, seja cada vez mais alarmante. Infelizmente.
Bom domingo e boa semana! Beijos

Nilson Barcelli disse...

A sinistralidade na estrada é pior que muitas das guerras...
Lisette, querida amiga, tem uma boa semana (e um bom resto de domingo).
Beijo.

Vera Lúcia disse...


Oi Lisette,


É lamentável que a imprudência e a negligência continuem a ceivar vidas.

Beijo e ótimo domingo.

Wanderley Elian Lima disse...

Infelizmente é sempre assim, mas acredito que maior causa é a irresponsabilidade dos condutores.
Bjux

Bandys disse...

Tambem vi dados errados. Acho que a gente nunca sabe a verdade

Beijos Lizette

Maria Rodrigues disse...

Uma triste realidade.
Boa semana
Beijinhos
Maria

luma rosa disse...

Assim como você, também vi a notícia de que o número de mortes havia diminuído, no entanto, durante o período do carnaval, o que mais me impressionou foram as notícias de acidente.
Boa semana!! Beijus,

Tina Bau Couto disse...

Que além das estatísticas, do certo ou do errado as vidas salvas tenha sido muitas
Que pessoas conscientes e com senso de coletividade e responsabilidade de multipliquem.
Uma vida, uma única e imensurável vida vale comemoração.

Boa semana pra vc querida :)

© Piedade Araújo Sol disse...

lamentável e triste.

um beijo

;)