Translate

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Garantir a ordem urbana é responsabilidade dos prefeitos

Cuidar de ruas, calçadas e espaços públicos é dever dos municípios.

Entre as atribuições do prefeito, também está o combate a poluição sonora.
Comente agoraAs calçadas, ruas e espaços públicos precisam de organização para garantir o acesso seguro dos moradores. A ordem urbana está entre as atribuições dos prefeitos.
Aos 89 anos, a aposentada Maria de Lourdes Santiago enfrenta os perigos de uma simples caminhada. Flagrantes ao desrespeito ao código de postura dos municípios aparecem em cada esquina. A garagem e até um salão de beleza estão em plena calçada. Uma montanha de pneus à venda também ocupa irregularmente o espaço do pedestre, que acaba sendo obrigado à andar no meio-fio.
“Muita das vezes eu deixo o carro em casa e utilizo as calçadas. Mas é um problema. Eu me sinto inseguro”, afirma o engenheiro elétrico Elias Silva. Para o diretor do núcleo de posturas do município, Jacinto Campina, é preciso que a população se conscientize que a calçada é um bem público.
É responsabilidade da prefeitura promover o ordenamento dos espaços públicos. As leis que disciplinam o uso destes locais estão no código de postura dos municípios, uma espécie de manual de civilidade que diz o que pode e o que não pode ser feito. O desafio do prefeito eleito é garantir o cumprimento das normas e fazer prevalecer o interesse coletivo. Assim, a cidade fica mais bonita, organizada e segura.
Para manter a ordem urbana, a prefeitura deve, por exemplo, determinar a hora e o local de uma feira livre, disciplinar diversões em áreas públicas e combater a poluição sonora e visual. Também faz parte do trabalho coibir a ação irregular dos ambulantes, a venda de produtos ilegais, além de frear os abusos no trânsito.
O urbanista Juliano Ximenes diz que sem organização todos perdem. “Se formos pensar em cidade de médio e grande porte, um grande prejuízo é a questão da mobilidade, do tráfego, dos transportes. Se você não tiver um tratamento rigoroso do sistema viário, das pistas, das calçadas, você prejudica o pedestre e aumenta o risco de acidentes, atropelamentos e diminui a fluidez do tráfego”, comenta.
Melhorar as cidades representa qualidade de vida para a população. “O ordenamento instalado e negociado com todas as partes aumentaria a eficiência da cidade. Assim como melhoraria o aspecto urbanístico do município. Você teria cidades com características ambientais mais interessantes, com mais espaços públicos, com um ar melhor e temperaturas mais amenas”, completa Ximenes.
Miguel Souza Filho comprou uma cadeira de rodas motorizada para se locomover melhor. Mas ainda sonha com o dia em que as pessoas com deficiência, possam ter o direito de ir e vir com segurança.

Fonte: g1, 28/08/2012 14h06 - Atualizado em 28/08/2012 14h06

41 comentários:

ONG ALERTA disse...

Infelizmente os prefeitos náo estáo conscientes de seus deveres...existe sim um jogo de empurra.
Este é nosso país!

Lu Nogfer disse...

É verdade amiga!
Parece que eles nao sabem do dever a cumprir. So pensam em ganhar o deles e pronto.
Se as ruas estao difíceis para que nao tem problemas físicos, imagine para quem tem!?
Sim!Jogo de empurra é o que mais tem em nosso país!

Excelente texto!

Beijos!



✿ chica disse...

Que assumam e realmente cumpram isso! beijos,chica

lucidreira disse...

Esperamos que os eleitores possam ler e analisar essas suas referencia que um gestor do município tem que ter.
Isso é realidade em todos os municípios do país, principalmente nas capitais onde as disputas são de desagradar a qualquer ser vivi!.
Abraço

*Escritora de Artes* disse...

Olá,

Concordo, cada um deve cumprir seu papel, infelizmente as leis existem para nada, quem sabe um dia isso muda!

Obrigada pela visita

Saudações

Rita disse...

Concordo com tudo isso ,como eu queria
que quando gente luta essas coisas
fossem resolvidas, ai sim nossa cidade iria melhorar, valeu essa postagem muito boa mesmo
Abraços de bom dia
Bjuss
Rita!!!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Concordo em absoluto com o seu
texto, nem sempre as prioridades
das Câmaras Municipais são as
que deveriam ser. Há falta de
atenção, às vezes para pequenas
coisas, que são muito importantes.
Beijinhos
Irene Alves

Tina Bau Couto disse...

É tempo de eleição, levar isso tudo em consideração e tentar escolher com razão é a nossa obrigação.
Vim te ver e trazer carinho :)

Cadinho RoCo disse...

Administrar um município não á tarefa simples não.
Cadinho RoCo

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

Os prefeitos fingem que não vêem os problemas pelo menos por aqui!
Passando para deixar um beijo!

BRISA disse...

Oi querida
Muito bem postado. Eles so se preocupam com o voto. A responsabilidade cai sobre nós. Um beijinho. Fica com Deus.
Ana Brisa

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita ao Filosofando! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Flor de Jasmim disse...

Como eu conheço bem esta história!
Cá por estas bandas é igual.

Beijinho e uma flor

Vanuza Pantaleão disse...

Oi, Lisete!
Essa questão da ocupação irregular (e bota irregular nisso!) das calçadas é um negócio muito sério. Por exemplo, eu jamais pensaria que isso pudesse me atingir, mas atingiu. Moro numa casa com um montão de prédios na rua. Gente que se diz "rica e civilizada". E o que essa gente rica fazia? Lançava, sem a menor desfaçatez, seus carangos na nossa calçadinha. Enfim, a destruíram. Quando, certa vez, esbocei uma reclamação, ouvi uma ameaça velada. Como eu não tenho medo de ameaça,e muito menos de cara feia, construí umas quatro proteções de cimento armado ao longo da calçada. A reação dos "vizinhos civilizados", sabe qual foi? Jogam lixo no meu portão e também no meu quintal, diariamente.
Minha querida amiga, isso tem solução? Tem. Mas tem que ser haver duas posturas simultâneas funcionando aí, mas não só a postura legal, quais seriam, a meu ver? Uma fiscalização rígida(doa a quem doer) e uma outra, talvez a mais difícil, o RESPEITO PELO PRÓXIMO.
Ainda continuo otimista...
Amiga, seus posts sobre cidadania são excelentes. Parabéns! Beijos!

Lilá(s) disse...

Não se percebe para que existem as leis...
Bjs

Misturação - Ana Karla disse...

Isso mesmo Lisette, os prefeitos empurram pra lá.
Xeros

Renata Diniz disse...

Oi Lisette. Os prefeitos não estão conscientes e muitos cidadãos não exercem a cidadania. Beijos!

Lidia Ferreira disse...

cada vez que leio uma artigo como o seu fico revoltada.
Esse ano e ano de eleição , espero que o povo volte com mais atenção
bjs

Vera Lúcia disse...


Uma reportagem bem oportuna para a época. Hora de pensar e repensar para quem vamos entregar o nosso voto.

Beijo.

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

É, Lis, a coisa é séria. Meu marido é arquiteto e urbanista. Não tem uma vez que não saímos pela cidade de SP que ele não vá me mostrando as precariedades urbanas. E SP é uma cidade que cresceu e cresce sem nenhum planejamento. Está um verdadeiro caos, mas em todos as áreas de projetos urbanos. E não me parece que este prolema tenha solução. Enquanto isso, sofre a população, que cresce desordenadamente. Tudo, como sempre...

Um beijo, querida!

Pérola disse...

Por aqui o poder local está endividado e mal tem dinheiro para pagar aos empregados. A crise está negra por estas bandas.

beijinho

Maria José Rezende disse...

Olá amiga. Estou retornando das férias e começando a atualizar os contatos no blog. Beijos.

Patricia Galis disse...

Vdd flor mas o povo precisa aprender a reclamar, aqui em Araraquara tão lascando pau em coisas assim e outras mais, acho certíssimo é nosso direito.

Eu...Suzana disse...

Além do jogo de empurra empurra, numa cidade grande tudo torna-se muito dificil de se executar. Fazer as coisas andarem direito precisaríamos de fiscalização constante e que funcionasse além de tudo, mas nada disso acontece. E o povo quando vota desperdiça o voto. Eu acho que, quem tem boas idéias, quando chega lá é corrompido e torna-se mais um. Um grande beijo Lisette.

Peregrina da Paz disse...

Oi! Muito bom o seu post! O prefeito da minha cidade precisava ler isso, parece que ele não sabe de sua competência! rs...rs...rs... Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Leila

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga

Peço desculpas pela minha ausência, mas não é por esquecimento, mas sim por conta de meu novo projeto, o qual me está retirando muito tempo.

Ser esposa, mãe, amiga, dona de casa, e ainda aprendiz de escritora, não é tarefa muito fácil, requer de nós um grande equilíbrio.

Queria muito agradecer por sua presença amiga lá no meu cantinho, presença que me alegra por demais meu coração e minha vida! Muito Obrigada!

Me perdoe por alguma coisa.

Um lindo dia para você.

Abraço amigo

Maria Alice

Lucimar da Silva Moreira disse...

Alessandra realmente as calçadas das cidades brasileiras estão cada vez mais com buracos, e assim botando a vida das pessoas em risco, mais as autoridades sabem como estão as calçadas mais infelizmente eles não fazem nada, pois eles só andam de carro, e o povo é que tem que aguentar, Alessandra te desejo um feliz fds, beijos.

Bruxa disse...

Sem contar que cada vez os governos se livram mais das responsabilidades.
Tudo é privatizado e tudo é obrigação do contribuinte, incluindo as calçadas.
O pouco q fica sob a responsabilidade deles, fica de qquer jeito.

Abração e ótimo findi.

Blue disse...

Prefeitos deveriam sim se preocupar com isso,
mas neste período estão preocupados em eleição e após elas, com outras coisas que dêem mais dinheiro.

Beijo

Leonice disse...

É.. Isso tudo é muito sério, principalmente pelo risco de acidentes que pode ocorrer..
Uma ótima postagem Lisete!
Um grande abraço e muita paz.

Mabel disse...

Olá querida! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita ao Mensagens do Anjinho! Bom final de semana! Paz e Bem! Beijos Mabel

Alexandra disse...

Obrigada pela visita! Acabo de atualizar!Passa lá! Beijos e bom fim de semana! Alê

Marizza Semeadora disse...

É muito gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Muito obrigada pela visita! Deus te abençoe! Paz e Bem!

Magia da Inês disse...

♡✿彡╮

Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil.
•°♫¸.♪♫°

lucidreira disse...

Quando lemos uma publicação dessa apendamos de como as mazelas dos poderes constituídos se deixam a margem pelo bel prazer de fazer nosso povo sofrer.
Nessa época de eleições ver-se todos a prometer logo após somem que ninguém mais os localizam.
Abraço

Carla Fernanda disse...

E no Brasil a maioria dos prefeitos são tão mal acessorados.... infelizmente amiga!

Beijos!

Lorena Viana, disse...

O que mais fico indignada nesse ano eleitoral, é que eles prometem o que é de obrigação deles. E muito da população que desconhece, acredita que os candidatos vão trazer inovações. Eles estão cumprindo o que é de dever, manter a cidade organizada.
Beijão...
um lindo fim de semana e que esse mês floresça os sentimentos mais belo que existem em você!

O Árabe disse...

Este me parece um problema de âmbito geral, Lisette. O quadro parece um retrato da minha Salvador. Boa semana, amiga!

Tetê disse...

Oi Lisette! Acabo de atualizar o EcoBlog. Obrigada pela visita! Beijocas ecológicas e bom final de semana!