Translate

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Em PE, cresce o número de crianças vítimas de acidente com motos

.Código de Trânsito Brasileitos proíbe transporte de menores de sete anos.

Quinze dos 60 leitos para crianças no maior hospital de emergência do NE estão ocupados.
 Aumenta o número de crianças com ferimentos graves por causa de acidentes com motos que chegam ao Hospital da Restauração (HR), no Centro do Recife. A reportagem do NETV 2° Edição foi às ruas e constatou que, mesmo a prática sendo proibida pelo Código de Trânsito Brasileiro, é fácil encontrar crianças sendo transportadas irregularmente.
Quinze dos 60 leitos reservados para crianças no maior hospital de emergência do Nordeste estão ocupados por vítimas de acidentes de motos. O Código de Trânsito diz que conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor transportando criança menor de sete anos ou que não possa cuidar da própria segurança é infração gravíssima. A multa é de R$191,00 mais sete pontos na carteira de habilitação.
Adultos conduzem os menores sem capacete, com três (ou mais) pessoas em uma moto, com crianças espremidas no meio ou sozinhas na garupa. Vitória, dois anos, é uma das vítimas da imprudência. Ela estava na moto com o pai e uma tia, quando eles bateram em outra moto. A menina teve uma fratura no fêmur e está há mais de um mês no Hospital da Restauração. “Ele ia levar ela para casa e a colocou [na moto]. Não sabia o que ia acontecer. Eu também não sabia, agora estou com medo”, falou a mãe de Vitória, Luziana de Melo.
O tempo médio de permanência dos pacientes na Restauração é de sete a 11 dias. Crianças dificilmente ficam internadas menos de 45 dias e, muitas vezes, permanecem imobilizadas, entre uma cirurgia e outra.
Rafael já passou por quatro cirurgias. Está vivendo no Hospital há sete meses. Fraturou as duas pernas, o fêmur, um braço e a bacia e não consegue andar. Estava na moto com o irmão e uma menina de 12 anos. Todos sem capacete. Os outros dois morreram.
G1 também flagrou menino sendo levado em moto,
sem capacete, em Olinda (Foto: Luna Markman/ G1)Faz sete meses que Rafael viu a morte de perto, no asfalto. Desde lá vive na enfermaria. A maioria das crianças chega ao HR com fraturas diversas. Se perdeu a pele, precisa de enxertos para fazer a cobertura. Algumas têm partes do corpo amputadas. Estes pacientes mobilizam uma equipe que a unidade de saúde nunca tinha precisado formar.
"Antes, as crianças envolvidas com acidentes de moto tinham eram atropeladas. Hoje, elas estão na garupa e às vezes, dirigindo", diz o médico que coordena o atendimento e coordenador do Comitê de Prevenção aos Acidentes com Moto, João Veiga.
“Chegam aqui crianças em estado grave, que vão ser atendidas por uma equipe multidisciplinar, onde precisam ser operadas várias vezes por causa de lesões no membro infeiror, no crânio, cirurgias plásticas. Há pessoas que vêm com a família, pai e mãe, que ficam internadas também. Então, é um tipo de paciente complexo, grave e caro”, explica.
Fonte: .14/08/2012 20h27 - Atualizado em 14/08/2012 20h27


37 comentários:

ONG ALERTA disse...

A irresponsabilidade de conduzir crianças...os adultos deveriam ser punidos pois este é o exemplo passado para quem nem sabe o que é certo ou náo.

✿ chica disse...

Falta sempre a responsabilidade.Pena!!Vemos cada uma!!beijos,chica

ॐ Shirley ॐ disse...

Necessidade? Irresponsabilidade? Impunidade?...Lisete, um grande abraço!

Mariangela disse...

Uma grande falta de responsabilidades e desleixo! Pena!
Beijo
Mariangela

Renata Diniz disse...

Lisette. Quanta falta de consciência de alguns pais que não zelam pela segurança dos filhos. Beijos!

Flor Guerreira disse...

Eu vejo cada coisa na estrada! Há muitas pessoas que não têm a noção da responsabilidade que é transportar uma criança NUM VEÍCULO!

Kellen Bittencourt disse...

Oii Lisette, fico boba com essas coisas, os pais muitas vezes falam que não tem condições de locomover a criança de outro jeito mas com essa desculpa colocam a vida da mesma em risco! Bjoooooss

Evanir disse...

Minha Amiga Querida.
Nunca deixo de ler as postagens postadas por você onde vejo a falta de responsabilidade dos pais conduzindo seus filhos de maneira errada imaginando sempre isso não acontece comigo.
Além do perigo iminente colocam seus seus no rumo da morte depois se fazem de vitina.
Vim hoje aqui amiga por desejar compartilhar contigo um acontecimento em Santos de uma crueldade jamais vista por mim.
A mãe deu a luz e colocou o bebe dentro de uma caixa foi onde dormia mendingos de rua e disse que ia fazer um despacho de macunda.
Pegou da fogueira do mendingo fogo para colocar na caixa levada por ela.
O mendingo vendo a sena achou suspeita correu atrás da mulher e outra que acompanhava ela ,
mais não conseguiu pegar.
Voltou e foi ver o que havia dentro da caixa começou a gritar chamando atenção de todos quando chegou a policia o bebe estava morto dentro da caixa ainda com o cordão umbilical.
O corpo foi levado e foi constatado
foi queimado vivo.
Amiga estou em estado de choque até hoje vendo pela TV tirar o bebe deu para perceber as queimaduras no corpinho fragil.
Linda e abençoada tarde doce amiga beijos no coração,Evanir.

Carla Fernanda disse...

Boa tarde!

Coisas que precisam de mudança.

Beijos!

Flor de Jasmim disse...

Lisette minha querida amiga
Como é que é possivel existir tanta irresponsabilidade dos adultos, e principalmente quando se trata de pais, não consigo entender como não protegem os seus filhos, isso é loucura mesmo.
Aqui no meu país é completamente proibido conduzir sem capacete e levar 3 ou mais na moto.
O que li aqui é assustador.

Beijinho e uma flor

Toninhobira disse...

Ah, amiga a coisa aqui por cima é feia neste assunto.O que mais se vê é sanduiche de filhos em motos.Uma vergonha a falta de educação para esta conduta.E muitas vezes há uma conivencia das autoridades.
Boa informação,mas que nos entristece.
Um terno abraço de paz e luz.
Bjo.

Eu...Suzana disse...

Isto é uma vergonha!! E isto acontece sejam elas aqui no Sul ou no resto do país. O certo seriam que as Leis tivessem sempre a punição correta e adequada a cada infração cometida e sempre com maior rigor nas irresponsabilidades cometidas pelo povo, quer nas estradas ou ruas e avenidas. Mas como fazer isso tornar realidade se o país é tão carente de tudo e ainda mais, aliado a um povo que acha que nunca irá acontecer com eles?? Beijos minha querida amiga e boa quinta feira!!

Dalva M. Ferreira disse...

Incrível. Ninguém merece ter pais assim.

lucidreira disse...

É um descaso total em nosso pais , tem leis mais não funcionam, principalmente no interior do Norte Nordeste.
Abraço

O meu pensamento viaja disse...

Os seus posts tem uma absoluta importância. Nunca são de mais as suas chamadas de atenção.
Obrigada pela sua visita.
Um beijo

Rita disse...

Um texto bem instrutivo, e as dicas
são ótimas, a gente ve ,muita coisa
ruim nesse mundo e nem sempre podemos ajudar
Abraços de um bom bia
Bjuss
Rita!!!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

A impunidade chama a irresponsabilidade.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

MARILENE disse...

Sempre vi com indignação a falta de responsabilidade desse transporte. Os resultados estão aí, para demonstrar sua inconveniência. Bjs.

Pérola disse...

As crianças são vítimas inocentes.
Uma verdadeira tragédia.

Um beijinho e obrigada pela tua preocupação.

Eliane disse...

Olá Lisette!
É muito perigoso mesmo mas os pais acham que estão fazendo a coisa certa até que o acidente aconteça.
Beijos!

Mabel disse...

Olá querida! Obrigada por sua visita ao Mensagens do Anjinho! Bom final de semana! Paz e Bem! Beijos Mabel

Alexandra disse...

Obrigada pela visita! Acabo de atualizar!Passa lá! Beijos e bom fim de semana! Alê

Marizza Semeadora disse...

É muito gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Melhor que isso é vir retribuir e encontrar um post magnífico como este! Muito obrigada pela visita! Aquilo que você semear, isso também colherá, portanto, semeia para o Espírito e do Espírito colherá vida eterna. Deus te abençoe! Paz e Bem!

Luciana Santa Rita disse...

Oi Lisette,

Tudo bem? Penso que devera caber prisão para transporte de crianças em moto, além de falta de capacete.

Bom final de semana.

Misturação - Ana Karla disse...

Lisette, aqui em Olinda é comum mesmo ver crianças na garupa e sem capacete. Essa semana vi um quarteto numa moto sem capacete.
Além da grande irresponsabilidade por parte de quem conduz a moto, não vejo nunca uma fiscalização.
Um absurdo.
Mesmo tendo noção desses acidentes, essa matéria me chocou.
Bom final de semana
Xeros

Magia da Inês disse...

♡¸.°.¸♫♫♪

Bom fim de semana!
Beijinhos.

♡彡♫♪°.¸.•°`

Borboletas no Estômago disse...

se existem leis, elas precisam ser respeitadas... é necessário prudência e quando se trata de trânsito, prudência redobrada... eu particularmente não gosto de moto, acho perigoso e jamais colocaria uma filho meu em cima de uma, mesmo com todos os equipamentos possíveis de proteção.

Tetê disse...

Oi Lisete! Quando o assunto é moto é de arrepiar... é cada uma que a gente vê! Outro dia eu vi pai na direção, mãe na carona e entre eles duas crianças sentadas de lado, costas com cosatas, com as pernas para fora... capacete? Nenhum deles usava! Acabo de atualizar o EcoBlog. Obrigada pela visita! Beijocas ecológicas e bom final de semana!

Mari@ disse...

Olá querida,

É muito triste isso! a irresponsabilidade causa dores e tristezas.

Um bom restinho de sábado e um excelente dormindo beijo grande.

TC disse...

Obrigada pela visita ao Um Pouco de Tudo! Hoje tenho dicas de como aproveitar o final de semana! Vale a pena conferir! Beijos TC

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Oi Lizette querida

é complicado pensar que ainda existam tantos acidente envolvendo crianças por irresponsabilidades dos adultos...

Beijos e uma semana linda pra você.
Ani

Sônia Silvino (Crazy about Blogs) disse...

Os adultos estão cada vez mais irresponsáveis, meu Deus!
Lisette, você já participa do agregador de links "The Best Blogs 2"? É fácil, rápido e gratuito! Passe lá e confira:
http://soniasilvino38.blogspot.com.br
Beijocas, muitas!

Sissym disse...

Hoje, no Jornal Nacional, passou exatamente este problema que vem crescendo. Eu mesma já via na Cidade do transito caotico do Rio de Janeiro muitas cenas de 3 pessoas em moto, sendo 1 criança. Elas são inocentes, estão na carona sem saberem do perigo que ronda.


BEIJOS e otimo domingo.

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga quanta irresponsabilidade andar com crianças em motos.
Bom restinho de domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

Lorena Viana, disse...

Pura irresponsabilidade. Um absurdo a falta de responsabilidade desses adultos, que levar a qualquer maneira uma criança no transporte.
Um lindo inicio de semana.
Beijinhos no ♥!
Lorena Viana

Lorena Viana, disse...

Pura irresponsabilidade. Um absurdo a falta de responsabilidade desses adultos, que levar a qualquer maneira uma criança no transporte.
Um lindo inicio de semana.
Beijinhos no ♥!
Lorena Viana

Lilá(s) disse...

É incrível! quase custa a acreditar que os pais sejam tão irresponsáveis!
Bjs