Translate

terça-feira, 4 de outubro de 2011

+ Dicas de transito: primeiros socorros

Não raramente, acidentes de trânsito podem provocar outros ainda mais graves do que o primeiro. Ao prestar socorro, a regra fundamental é não colocar em risco a sua própria segurança.
Como agir
Pare o carro em lugar seguro, nunca junto ao acidente e sim alguns metros à frente dele.
Sinalize devidamente o local do acidente com triângulo, folhagens, tochas etc. para evitar novos acidentes; coloque o triângulo a pelo menos 50 metros antes do local.
Evite a aglomeração de curiosos, o que pode provocar novos acidentes.
Tranqüilize as vítimas.
Peça a alguém para chamar socorro especializado, informando o local exato do acidente.
Após providenciar auxílio médico, no caso de existir vítima, solicite a presença de autoridades policiais.
Para socorrer as vítimas
Atenda primeiro as vítimas inconscientes ou aquelas em estado mais grave.
Caso o acidentado esteja consciente, procure saber o que está sentindo. Apresente-se, peça para que repita o nome dele três vezes seguidas, para verificar se está lúcido.
Se a vítima estiver presa às ferragens, não tente retirá-la: isso pode agravar os ferimentos. Só tente removê-la se houver risco de incêndio ou de inalação de gases venenosos.
Se precisar remover o acidentado, faça com que ele se mexa o menos possível, para não machucá-lo ainda mais. Chame mais pessoas para ajudar, colocando a vítima sempre em posição horizontal. Improvise uma maca com alguma tábua ou deixe-a deitada no chão.
Retire os sapatos e afrouxe a gravata, as roupas ou qualquer coisa que dificulte a respiração.
Não tente tirar nenhum objeto estranho do corpo da pessoa, como vidro, estilhaços, madeira ou ferragens. Isso agrava os ferimentos.
Como agir diante de ferimentos ou problemas mais graves
Queimaduras: cubra a pessoa com um casaco ou um cobertor. Não use nenhum tipo de pomada nem tire as roupas queimadas. Isso pode causar dores desnecessárias e alguma infecção.
Fraturas: proteja o membro fraturado com talas, para imobilizá-lo completamente, e amarre firme com fitas de tecido. Evite ao máximo movimentar a vítima para não piorar a fratura.
Fraturas na coluna: gravíssimas, elas exigem cuidados especiais, pois podem causar paralisia ou morte. Os sintomas incluem uma dor muito forte no pescoço ou nas costas, estado de choque e paralisia das pernas. Evite movimentar a vítima. Se for preciso removê-la, mantenha-a todo o tempo na posição horizontal, sem flexionar a coluna. O socorro médico deve vir o mais rápido possível.
Hemorragias: procure estancar o sangramento o mais rápido possível. Use pedaços de pano ou compressas para pressionar o local do ferimento, evitando a perda excessiva de sangue. Nunca faça torniquetes, a não ser em membros que tenham sido amputados ou esmagados.
Parada cardíaca: ao sentir que o coração não está batendo, faça massagem cardíaca. Tome cuidado com a coluna da vítima, pois, se houver fraturas em vértebras ou costelas, a massagem pode piorar a situação. Apoie a cabeça da vítima, mantendo a coluna reta e o queixo levemente levantando, para que ela possa expelir o ar. Pressione quinze vezes o centro do peito com as mãos sobrepostas e os dedos entrelaçados. Se houver parada respiratória, faça respiração boca a boca.
Estado de choque: as características que identificam o estado de choque são a pele fria, o rosto pálido e suor frio na testa. O pulso é fraco, a respiração é curta e irregular e a vítima costuma ter náuseas e vômitos. Em geral a pessoa fica inconsciente. Deixe-a com a cabeça baixa. Mantenha suas pernas elevadas para que o sangue continue irrigando o cérebro. Afrouxe as roupas, mas não deixe de agasalhar a pessoa, sobretudo se o lugar estiver frio. Se a vítima vomitar, vire a cabeça dela para o lado, evitando que ela engasgue e fique sufocada.
Importante
O socorro a feridos envolvidos em um acidente é muito importante, desde que efetuado da maneira correta. Se uma vítima é transportada incorretamente, pode ter os seus ferimentos agravados, principalmente se tiver lesões na coluna.
Se tiver dúvidas de como socorrer, não mexa no acidentado.
O socorro a feridos envolvidos em um acidente é muito importante, desde que efetuado da maneira correta. Se uma vítima é transportada incorretamente, pode ter os seus ferimentos agravados, principalmente se tiver lesões na coluna.
Se tiver dúvidas de como socorrer, não mexa no acidentado.
Fonte : http://www.smttaju.com.br/dicas-de-transito

30 comentários:

ONG ALERTA disse...

Sempre é importante relembrar certos cuidados.

Ingrid disse...

perfeito...
beijos perfumados..

Gi disse...

Oi Lisete,

Muito boas essas dicas, sabendo como agir em situações assim, poderemos ajuda a salvar vidas.

Beijo grande.

Gi.

Van disse...

Embora nenhum de nós queira nem pensar em uma situação dessas, seu post é providencial para fazer-nos ler orientações que podem salvar uma vida algum dia. Ótimo Lisette, grande ajuda vc presta com seus posts.

Beijos querida!

✿ chica disse...

Importantes orientações! beijos,chica

Livinha disse...

Maravilhoso lembrete Lisete,
há determinadas coisas que precisamos saber mais...

Perfeito!
Bom Dia!

bjs

Livinha

Everson Russo disse...

Primeiros socorros sempre são muito importantes...beijos de bom dia pra ti amiga.

Camila Monteiro disse...

É muito bom termos em mente tudo isso, nunca se sabe quando será necessário colocar em pratica ne?!
Bjao!

Anne Lieri disse...

Lisete,dicas preciosas que podem salvar uma vida!Gostei muito de sua postagem!Bjs,

Solange disse...

cada vez que entro aqui, aprendo um pouquinho mais..

bjs.Sol

Atelier Suriel disse...

Minha doce irmã planetária,

Passei para agradecer sua gentil visita. Preciso atualizar as postagens do Atelier Suriel,mas não consegui baixar os arquivos da máquina digital. Sei que a culpa disso tudo são das minhas orelhas (risos). Vou conseguir, chego lá... (risos). Quero que saiba que tentei por algumas vezes assistir o vídeo - VIDAS AUSENTES. Ainda não foi dessa vez. Quando a gente ama verdadeiramente a vida, as pessoas os animais e respeita tudo que esta a sua volta nos sentimos meios que frágeis diante de certos acontecimentos. As vezes nos sentimos gigantes de terras distantes, outras vezes crianças e eternos aprendizes.
quero lhe deixar um beijo no coração e agradecer por tudo neste dia de hoje.

abraços de luz

Leonice disse...

Olá Lisete, vim agradecer sua visita e conhecer um pouco do seu trabalho.
Olha..., gostei muito mesmo! Voltarei mais vezes.
Que a Paz e a Luz se faça sempre presente em tua vida!
Abraços.

ValériaC disse...

Muito bom você nos relembrar amiga, com estas dicas.
Boa tarde...beijos...
Valéria

Evelyn Dias disse...

É bom pra não esquecer. Obrigada pelas dicas.
Beijos flor!

Vera Lúcia disse...

Ótimas dicas. É importante ter noção de como ajudar, caso necessário.
Beijos.

Pat. disse...

Post de imensa importância. Com o tempo acabamos por esquecer. Vale muito lembrar ou aprender.

Um Beijo amiga.

Maria Adeladia disse...

Essa postagem é excelente!

Infelizmente os motoristas são imprudentes!

Sinto muito pela perda da sua filha! Não sou mãe ainda, mas creio que perder um filho é a pior dor que um ser humano pode sentir, ou seja, é uma dor brutal e insuportável!

Sua filha era linda. Mas...vc têm outros filhos??

Beijos, minha linda e obrigada pela visita e comentário.

Parabéns pela iniciativa do blog.

Que Deus esteja sempre contigo.

Crista disse...

Tu nem podes calcular o bem que tu fazes aqueles que te lêem...
Um blog como o teu,fazia falta!!!
Beijosss...

Ivana disse...

São informações necessárias que às vezes não procuramos saber por achar que nunca vai acontecer com a gente. Um forte abraço.

José María Souza Costa disse...

Fenomenal, e a propriada a sua postagem
Didática.
Parabens
Valeru, felicidades, sempre

Michelle Nazar disse...

Excelentes dicas sempre úteis amiga! Parabéns pela bela iniciativa e pela qualidade constante do blog! Bjks ;-)

Zininha disse...

Oi amiga... adoro suas visitas...
Queria ter todo tempo do mundo pra poder vir sempre nas casinhas de todos amigos...

aff... além de tudo, ainda fiquei sem minha secretária do lar, depois de 25 anos comigo... se aposentou...

mas a vida tem que continuar...

pois é, falando no seu assunto...
ainda hoje, mais um gravíssimo acidente na estrada que vai para o litoral paulista...

em menos de um mes, dois gravíssimo engavetamento... com mortos e feridos...coisa de dar medo mesmo...
hoje parece que foi imprudência total do motorista...e por isso, um morto e vários feridos...

no outro dia, a neblina foi a causadora...e olha que é uma estrada fantástica... muito bem cuidada, bem sinalizada... mas com tudo isso, ainda o motorista tem que fazer a parte dele...

cuidado e muito cuidado sempre...

Boas e pertinentes dicas...

Beijos... fica com Deus.

Renata Diniz disse...

Lisette. Me fez lembrar um caso ocorrido em São Paulo e que mesmo tendo sido assistido por mim através da televisão me impressionou muito. Um estudante voltando da faculdade a noite parou para ajudar o motorista de um carro parado no acostamento da rodovia. O estudante foi atropelado e morto. Um horror. Beijos.

soninha disse...

Muito bom!!!cuidados nunca são demais...

Antônio Lídio Gomes disse...

Todo motorista conciente para com suas obrigações deveria ler.
Um abraço Lisette, bjs.

BlueShell disse...

Muito importante este post: todos deviam poder ter acesso a ele: pode salvar vidas!
Obrigada!

Carmela disse...

boas dicas.

bjs

Neto disse...

Seguir sempre boas orientações, elas ajudam um bocado.

Luna Sanchez disse...

Já sofri um acidente e sei do valor dessas dicas : elas salvam vidas.

Um beijo.

lucidreira disse...

Parabéns pelos seus incansável relatos e dicas por um transito melhor.
Abraço