Translate

domingo, 21 de março de 2010

Menina de 12 anos morre ao ser atropelada pelo pai

Menina de 12 anos morre ao ser atropelada pelo pai
Segundo a Polícia Civil, homem não teria carteira de habilitação
Uma menina de 12 anos foi atropelada pelo próprio pai na Avenida Arthur Lange, em Turuçu, no sul do Estado, na noite de sábado.
De acordo com a Polícia Civil, a garota andava de bicicleta, por volta das 19h30min, quando foi atingida pelo pai, que vinha de moto no sentido contrário.
Ele teria se distraído ao atender o telefone celular. Ainda segundo a polícia, o homem, de 35 anos, não tem carteira de habilitação. A menina está sendo velada na Igreja Deus é Amor, em Turuçu, e o enterro é às 17h30 no cemitério municipal.
Fonte: RBS TV, clic rbs, Geral 21/03/2010 16h18min

34 comentários:

ONG ALERTA disse...

Infelizmente tem muito que fazer neste país, ano de eleição esta na hora dos governos fazerem sua parte para evitar tantas tragédias no trânsito.
Somos obrigados a votar???Porque???
Tem alguém que mereça meu voto, tem alguém que se preocupa com a vida nas ruas???

ONG ALERTA disse...

Infelizmente tem muito que fazer neste país, ano de eleição esta na hora dos governos fazerem sua parte para evitar tantas tragédias no trânsito.
Somos obrigados a votar???Porque???
Tem alguém que mereça meu voto, tem alguém que se preocupa com a vida nas ruas???

angela disse...

Que horror!
Coisa mais triste.

Pelos caminhos da vida. disse...

Que Deus dê conforto para esse pai e luz eterna para sua filha.

Um gde abraço amiga.

Paz...

beijooo.

Chica disse...

Que tragédia...

soninha disse...

Que coisa triste,pai irresponsável por dirigir sem carteira agora vai carregar essa dor para o resto da vida...

Mariana disse...

Este motorista por ser irresponsável duas vezes:atender o telefone e dirigir sem habilitação, já fui punido e condenado pelos seus atos.
Punido com a perda da sua filha e condenado a viver na culpa diariamente.
Nenhuma punição das leis dos homens será maior que sua dor e culpa.
Pobre homem.

Marliborges disse...

Olá, Alessandra,
Essa tragédia é o típico caso em que nenhuma pena será maior do que a perda da filha e o sentimento que este pai carregará pelo resto de seus dias. Lamentável! Beijão amiga.

Suziley disse...

Bom dia, Lisette:
É uma triste realidade...todavia, a educação começa em casa e a mudança verdadeira começa dentro de nós mesmos, pois, o governo, a política nada mais é do que o reflexo da própria sociedade em que vivemos. No mundo materialista do TER acabamos por nos esqueçer rapidamente do SER. Que, de fato, possamos com nossas pequenas ações, em família, no grupo de trabalho, de amigos, nas igrejas, comunidades, contribuir para uma nova vida, vida nova em nossos corações e para todos!! Um grande abraço, e um bom dia prá ti!! :)

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia.
Nossa, que fatalidade.
Passando para dar uma espiada nas novidades e dar os parabéns pelo dia de ontem.
Desculpe a minha ausência esta semana, mas estou sem internet, tendo que recorrer a uma lanhouse, coisa não gosto muito de recorrer a estes lugares, mas... fazer o quê. Para quem mora dentro do mato como eu, é a única opção no momento, assim mesmo muito lenta.
Não sei por quanto tempo vou ficar sem conexão, o 3G apresentou um problema e estou aguardando uma solução (sentada porque em pé vai cansar ), mas espero que não me abandone.
Quando eu não contar para vocês uma história todos os dias é porque estou com problemas . Adoro essa relação, pode crer.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... aproveita para desejar um bom final de semana.
Saudações Florestais !
em http://www.silnunesprof.blogspot.com

Por toda minha Vida disse...

Olá.

Boa Semana.

Renata

Por toda minha Vida disse...

Mortes assim só nos fazem refletir sobre as leis de transito e suas punições.

Triste, muito triste.
Da fatalidade ao caos, esse pai deve estar louco de remorso.

neli araujo disse...

Oi, Lysette!

Obrigada pela visita, linda!

Sim, um dia de cada vez!

Uma beijoca carinhosa,

neli

ValériaC disse...

Olá Lisette!
Que triste acontecimento...muito é preciso ser feito para que o ser humano se torne mais consciente, mais responsável. As pessoas não pensam que uma fração de segundo, um descuido, pode ser fatal. Dirigir não é brincadeira, tem que ser levado muito à sério.
Triste pela menina... triste pelo pai que já colhe o momento impensado. E que Deus olhe pelos dois.
Um abraço

Anne Lieri disse...

Muito triste essa história!Infelizmente as pessoas insistem em atender celular com o carro em movimento.É fatal!Bjs,

Daniel Moraes disse...

Muito triste isso. Tem texto novo no Sub Mundo. Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Penso que somente uma educação voltada para o respeito a vida
poderá trazer resultados efetivos
na melhoria do trânsito no nosso
País.
Estudar leis
e reaprender a amar a vida.
Duas lições básicas esquecidas
em meio a indiferença.

Que teu coração seja sempre casa de alegria.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Meu Deus, que desgraça na vida dessas pessoas....

Lidia Ferreira disse...

Minha querida , vim para lhe contar uma novidade . Estou com um novo Blog que me foi cedido, e eu elaborei uma espécie de indicação das melhores postagens . Para que isso seja feito, estou pedindo sua autorização da publicação de um de seus posts , com devidos créditos. , Ficou muito feliz, se aceitar. Caso a resposta seja sim estarei visitando seu blog.quando for postada te avisarei , no final de cada mês haverá uma enquête no qual você também será avisada para que convite seus amigos a voltar
Voce também pode estar indicando uma postagem sua a que mais gostar ou de uma amiga(o)
Aguardo resposta...
O blog é esse http://simplythebest01.blogspot.com/...
Se interessar, por gentileza, responda-me através desse email: lidia_bferreira@terra.com.br
bjs

Luciana disse...

Olá
Que triste.
Bjs
Lu

"Cantinho Poético" disse...

Ke coisa triste amiga.
Bom diaaaaaaaaaaaa

Roger Costa disse...

Meu Deus...Imagina como esta a cabeça desse pai. Mas não podemos negar que foi negligncia, dirigindo sem habilitação e ainda falando no celular...

Paola disse...

Infelizmente, podemos observar mais uma vez o quanto 1 segundo de desatenção pode ocasionar. Fico incrédula com tamanha irresponsabilidade do cidadão, que para colaborar era o própio PAI da vítima. Creio que nos ultimos tempos nada mais me choca.

Luísa N. disse...

Oi amiga,
Sim, muito tem que ser feito e retirar os corruptos de cena é uma prioridade. Sem eles, ou pelo menos sem a maioria deles - são tantos, não é? - ficará mais fácil agirmos. Ficará mais fácil criar leis e fiscalizar as já existentes.
Como você bem disse, é ano de eleição. Como votar? Realmente não sei. T'aí um assunto para discutirmos muuuuuuuiiiiiiiiiito bem! E sem demora!
Veja em nosso blog o post "Via Natureza 36: Sustentabilidade é Destaque no Top Blog 2010". Quem sabe encontramos uma brecha através da divulgação das leis de segurança no trânsito e da conscientização? Vamos pensar juntas?
Um carinhoso abraço!
Luísa

Pérola disse...

Que tragédia,me entristece.
beijos amiga.

Naty Araújo disse...

É cada coisa que está acontecendo ultimamente...
Estamos no fim dos tempos, isso é fato.

Abraços

Lara da silveira disse...

Meu deus! OLHA SÓ O MUNDO COMO ESTÁ HOJE! muito triste mesmo :/ o pai deve estar arrasado! volte sempre *-*

A Magia da Noite disse...

há coisas que nos deixam a pensar, como pai, como filho, mas sobre tudo como ser humano.

Lucimar Sant`Ana disse...

Venho sempre aqui, acho importante o seu blog.
As vezes é muito triste saber dessas tragédias, porém nos dá mais responsabilidade quando estamos dirigindo.
Tenha um ótimo dia.

Beijos.

Lucimar

sandra Freitas disse...

Só Deus pode consolar esse coração e ensiná-lo a se perdoar e quem sabe ensinar a outros com essa dura lição...

bjokas..

** Li ** disse...

Olá,

Obrigada pela visita, interessante seu blog...

Bjos!!!

Wanderley Elian Lima disse...

Fruto da irresponsabilidade desse pai, como de muitos outros por aí.
Um abraço

Fátima disse...

O perigo está em toda parte, só Deus para nos proteger.
Descanço para essa alma inocente, e consolo para a família.
Beijo.

Mirian disse...

As vezes pensamos que as tragédias só atinge as outras pessoas. Imagino a dor que esse pai está sentindo, mas maior que a dor, será a culpa que ele carregará enquanto for vivo...Por causa de um ato que poderia ser evitado, infelizmente o tempo não volta, e as consequencias são drasticas.
Bjuuu*