Translate

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Polícia registra 40 mortes no ano novo nas estradas estaduais de SP

Índice é 92% maior do que o registrado no mesmo feriado do ano passado.
No total, ocorreram 1109 acidentes e 673 feridos. Balanço da Polícia Rodoviária Estadual nas estradas estaduais de São Paulo durante o feriado de ano novo registrou 40 mortes em acidentes entre quinta-feira (30) e meia-noite de domingo (2). Segundo a PRE, o índice de acidentes aumentou 92% em relação ao mesmo feriado do ano passado.
No total, foram registrados 1109 acidentes (11% a mais que no ano passado) e 673 feridos (14% maior). De acordo com a polícia rodoviária, o grande número de mortos ocorreu devido a acidentes graves nos quais diversas pessoas morreram.
Em um deles, em Araras, foram registradas sete mortes na noite do dia 31, pouco antes da virada do ano. Também foram registradas muitas colisões frontais, geralmente quando o motorista realiza uma ultrapassagem com imprudência.
Fonte: g1, 03/01/2011 07h03 - Atualizado em 03/01/2011 07h06

30 comentários:

ONG ALERTA disse...

Mudam os governos, mas será que mudam as atitudes dos governantes em relaçáo aos acidentes???
Tränsito mata!!!

Luis Nantes® disse...

Infelismente é nossa realidade... Quem pode faz leis e nós que não podemos caminhamos nelas, certo? Então, tudo que eles falam em melhorias, são apenas discursos e nada mais...
Beijos minha linda

HSLO disse...

Nossa que triste isso.


Te desejo uma ótima semana.

abraços

Daniele Barizon disse...

Triste realidade, que cabe a nós também mudar. Acho ótimo esse espaço de divulgação.

Bjs!

vidaslife disse...

Muito triste, e realmente há muita imprudencia, nas estradas, é demais. Beijos no coração querida e que este ano para ti seja muito mas muito melhor que todos os outros.

Mila Lopes disse...

Triste!

=(

Bjs

AC disse...

Estas notícias chocam sempre. Há que tomar medidas, pois o civismo das pessoas é muito escasso. Infelizmente.

Beijo :)

angela disse...

Transito mata e continua matando infelizmente.
Cada feriado é essa triste constatação.
Beijos

Daniel disse...

Espero que este ano as pessoas tenham mas consciência na hora de dirigir. Tô saindo de "férias blogais" e só volto em fevereiro. Bjus e até a valta.

http://submundosemmim.blogspot.com

Carlos Augusto Matos disse...

Infelizmente é assim...

Bjuxxx linda...

Flor de Lótus disse...

Infelizmente enquanto a impunidade for declarada e certa nada vai mudar...
Uma ótima semana!
Beijosss

Graça Pereira disse...

Hoje, passo para desejar um 2011 feliz, com saúde, paz e amor-
Beijo
Graça

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Triste situação aí, triste também cá em Portugal. Sabe, o ano é novo, mas não adianta nada se novos não formos nós...novos no nosso interior, na nossa mentalidade, na consciência das nossas reponsabilidades perante nós próprios e os outros. Enquanto a " matéria prima " que somos todos nós não melhorar, não ha governos nem leis que dêem jeito. Um beijinho e ...tenhamos, pelo menos esperança de que todos mudem por dentro, que comecem este novo ano com uma nova mentalidade.
Emília

Tania T. disse...

O ano é novo...

mas os problemas são os mesmos! =/


Bjoo

Toninhobira disse...

Pois foi assim amiga, que ao ouvir pela Band News os numeros me lembrei de voce.Foi um susto este aumento depois de tanta campanha.Ainda nao li os detalhes, mas espero que o alcool nao tenha sido o elemento principal.O transito esta uma carnificina mesmo.Que Deus nos proteja sempre.Meu abraço de paz beijo de luz nos seus dias.Vamso sintonizados gritando para que se acorde os responsaveis e possa dar um basta !

Bandys disse...

É uma triste realidade.

Desejo um ano de 2011(atrasado)com muita paz e luz no seu caminho.

Não vamos nos calar.
Transito mata mesmo!

Mil beijos

Tatuagem disse...

Feriado...acidente...sempre assim...triste né...

Beijo e feliz ano novo!

Mario Neves disse...

Ola Lizette! Uma estatística bem triste que vem das estradas. Sem contar o que acontece no dia-a-dia, os feriados prolongados tem sido sinônimo de acidentes e mortes. O mal de muitos é pensar que só acontece com os outros até que um dia...ele se torna a manchete...uma triste manchete. A ultima manchete. Saudações Poéticas - Mario Neves

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana! Nilza

Machado de Carlos disse...

Essas mortes podem ser o fruto do aumento do número de veículos, hoje com preços módicos.
Obrigado, pela sua visita em meu Recanto!

Cris disse...

Minha querida...
Eu estive por aí...Por essas estradas.
E me lembrei de você.
Minha filha esteve pelas "estradas aéreas". E, eu me lembrei de você.
Que Deus abençôe nossos filhos.
No chão, no ar, no mar...
Minha querida...
Um Ano cheio de PAZ, saudade e Saúde, porque de nós, dependem muitos.
(Apesar da nossa tristeza e saudade!)
Beijo grande!

Malu disse...

Lisette,

Entra ano , sai ano e parece
que nada muda ...
Infelizmente é o que vemos.


Bjo.

Meus blogs - Fernanda Rocha disse...

É incrível como este elevado número de mortes não ajuda às pessoas a terem respeito por suas vidas...as pessoas leem, veem na tv esses números de acidentes e mortes e, na maioria das vezes..não se cuidam quando estão ao volante...triste realidade...

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá amiga, como passou de ano?

Vim convida-la a visitar meu Hanukká, estou voltando com uma linda postagem.
http://hanukkalado.blogspot.com

Feliz ano novo, bjinhos.

Para Meditação:

"Agora pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor". I Cor. 13:13

brasildobem.net disse...

Lizette passando pra te deixar um beijo e desejar um ano super feliz.

Nilce disse...

A imprudência e a pressa acabam com muitas comemorações de final de ano, infelizmente.

Muita paz!

Bjs no coração!

Nilce

Everson Russo disse...

Entra ano e sai ano e é a mesma coisa,,,beijos de bom dia pra ti amiga.

soninha disse...

Aumenta o número de mortes e nada muda para essa violência no trânsito...

Daniel Savio disse...

Mas deveria ser uma realidade com quantiade menor de acidentes, principalmente depois da lei seca...

Fique com Deus, menina Lisette.
Um abraço.