Translate

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Educação para o trânsito

É comum ouvir que os acidentes anuais ocasionados por veículos automotores, no Brasil e no mundo, superam o número de vítimas dos conflitos armados em todo o globo.
O que era apenas suspeita se confirmou recentemente em amplo estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dados de 2007 revelam que, por ano, mais de 1,2 milhão de pessoas morrem nas vias urbanas e rurais.
No Brasil, foram registradas 35,1 mil mortes. Os números só são inferiores aos da Índia (105,7 mil), da China (96,6 mil), dos Estados Unidos (42,6 mil) e da Rússia (35,9 mil).
Nos países em que a segurança no trânsito é patrimônio coletivo, as pesquisas apontam que são três os fatores principais para a sua consolidação: legislação adequada, fiscalização eficaz e educação permanente. Com um adendo: as ações retroalimentam-se continuamente, num esforço comum dos agentes políticos e da sociedade organizada.
Em nosso país, essas ações ainda são muito tímidas, além de carecerem da necessária sinergia. Faltam, também, clareza sobre quem faz o quê e determinação para levar adiante os programas elaborados. Quando esses fatores se fazem presentes, aí sim, podem ocorrer experiências exitosas na área da prevenção e da segurança do trânsito.
Exemplo disso é a recente implantação do bafômetro para aferir a ingestão ou não de bebida alcoólica pelos motoristas. Não pode também deixar de ser mencionada a adoção da faixa de pedestres nas vias urbanas de Brasília, posteriormente adotada em dezenas de cidades brasileiras. Ambas as medidas, além de humanizar a circulação de veículos e pessoas, contribuíram para a diminuição do número de vítimas no trânsito.
Assim, tendo em vista as bem-sucedidas práticas nacionais e internacionais, pode-se sugerir para o Brasil o seguinte organograma de atribuições, algumas delas já incorporadas à nossa prática:
1. Ao Poder Executivo caberia a implementação das medidas preconizadas no Código de Trânsito Brasileiro. A tarefa deverá ser exercida com todo o rigor, pois a contemporização é uma das causas do agravamento dos acidentes.
2. Ao Poder Judiciário competiria se pronunciar sobre a correta aplicação das leis, bem como decidir sobre casos não ordenados juridicamente.
3. Ao Poder Legislativo seria atribuída a tarefa de aperfeiçoar a codificação sobre o trânsito. Além disso, com o auxílio da escola, da família e dos meios de comunicação, caberia a ele ações educativas para civilizar nossos maus motoristas. Segundo a OMS, cada dólar gasto em educação para o trânsito gera economia de três no resultado dos PIBs nacionais.
Em suma, para a diminuição da tragédia diária das mortes nas estradas, precisamos de educação e sinergia. Estas não dependem de medidas miraculosas, mas de esforço conjunto: das autoridades, dos educadores, dos condutores e dos pedestres. E de nós, legisladores, a sociedade exige, adicionalmente, que cimentemos os alicerces de um trânsito com mais segurança.
Fonte:Correio Braziliense – 10/05/2010
Milton Monti Deputado federal (PR-SP) é presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados

24 comentários:

ONG ALERTA disse...

Se todos os órgãos fizerem sua parte em relação ao trânsito, quem sabe as estatísticas diminuem.

Tetê disse...

Oi, querida... Está bem claro o que cabe a cada um fazer. a desculpa de não saber, não pode mais ser usada! Precisa vontade política! Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Bjks Tetê

Mimirabolante disse...

Ainda temos muito o que aprender.....afinal,não sabemos preservar nada.....detruimos tudo....até vidas!!!!

CamilaSB disse...

Olá Lisette, já tinha ouvido falar desta estatística na TV e fiquei impressionada...além de se criarem leis preventivas mais eficazes, os cidadãos têm que se consciencializar que quando conduzem sem as devidas precauções, pôem não só as suas vidas em risco como as dos outros...a educação devia iniciar-se nas escolas com os jovens, para alertar para ese drama...
Parabéns por sua luta! Obrigada pelo carinho e BJS carinhosos!

Janeisa Tomás disse...

Nossa, os números são assustadores, como vc. falou precisa-se de uma sinergia de todos os poderes, juntamente com uma educação permannte para o povo que precisa ser retroalimentada sempre.
Bjs
Janeisa

Clecilene Carvalho disse...

Sem dúvida é preciso um trabalho efetivo dos três poderes e também é urgente que a população reconheça o seu protagonismo frente as mudanças necessárias para que estes números diminuam.

Beijos

Felina Mulher disse...

Amigos, Em Maio de 2009 eu criei este blogue simples, como eu muitas vezes disse, escrito com textos pequenos. Escrevi coisas sentidas, relatei episódios de uma mulher que sofria por acreditar no amor, brinquei, escrevi uma carta ao Cara lá de cima ,desci do Salto, enfim, tudo à volta de uma «FELINA» que falou com o coração, onde brincou, onde agradeceu a simpatia de quem está frente a um monitor, tão longe e tão perto...

Aqui na minha vida virtual soltei muitas gargalhadas, e algumas lágrimas...

Tal como o faço na minha vida Real, que ouve tantas vezes o meu silêncio quantas as vezes que testemunhou a minha felicidade...


Mas apesar de ter amado muito do que aqui escrevi e ainda amo escrever, eu no momento não me sinto incentivada a continuar o blogue e isso tem sido cada vez mais notório...

Quanto aos meus textos, poesias e outras brincadeiras, não vão dizer que acreditaram?! Foram apenas uma desculpa para vos dizer: estou aqui, quero conversar com vocês nem que seja a brincar com rimas e sentimentos!

Sei que não me enganei acerca de algumas pessoas que me acompanharam durante este um ano, é a "tal" empatia de que é gratificante conhecer-lhe o significado (espero que me continuem a dar o prazer da vossa amizade) assim como outras pessoas que tendo blogues ou não, conheceram o meu há menos tempo. Obrigada pelas palavras deixadas aqui, obrigada pela simpatia.
Quando eu me senti melhor, quando minha inspiração voltar, eu volto a escrever minhas insanidades;
Um beijo meus amores....AMO VCS!

Beatriz Prestes disse...

Estatística de estarrecer....os braços cruzados dos responsáveis tbém...
Receba meu abraço e carinho sinceros!
Obrigada por seguir em frente!
beijo com carinho
Bea

Mila disse...

Adorei a clarez do teu poste...
Bjs
Mila

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma boa semana pra vc amiga.

beijooo.

Mariana disse...

As estatísticas apesar de serem assustadoras não são reais, os nº são bem maiores...e isto é triste, mais q lamentar vidas perdidas, devemos fazer a nossa parte como cidadão, pais e tb exigir, cobrar dos governantes q eles façam a parte deles.
Todos devem cobrar,daí teremos voz...
Ação de todos..

Valter Montani disse...

Conheço o Milton Monti e sei da seriedade de seus propósitos, espero que ele consiga som seu trabalho e a cooperação de todos dimuinuir essa estatística vergonhosa. abraço

tagskie disse...

hi.. just dropping by here... have a nice day! http://kantahanan.blogspot.com/

soninha disse...

ótimo post esclarece bem o que cada um dos tres poderes tem que fazer, o problema é fazerem...

JPM disse...

Olá,
Tive contato com o teu blog no da Pimentinha Brasileira.
Agora vim conhecê-lo e seguí-lo.
Desde já és convidada a visitar o meu.
Infelizmente enquanto a indústria do álcool, as seguradoras e a indústria de autopeças faturarem alto, vamos continuar juntando corpos pelas vias públicas.
Saúde e felicidade.
João Pedro Metz

Tania Girl disse...

Nossa, esse post ficou ótimo!!
Super completo! ... e tinha muita coisa que eu ainda não sabia..
Amei!!
bjos

anita sereno disse...

oi descreveu tudo tão bem que tudo se torna tão fácil de entender beijos boa semana e feriado

Michelle Nazar disse...

Adorei esse posts por ele falar justamente dos múltiplos papéis que devem trabalhar juntos para que realmente haja uma mudança na educação não só para o trânsito, mas no mesmo! Beijinhos e ótima semana ;-)

ValériaC disse...

Tudo o que se investir na educação para o trânsito vale VIDAS!
Beijos
Valéria

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita e avisar que já atualizei! Seu post está bastante esclarecedor, viu! Vamos ver se cada um faz a sua parte... Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana! Nilza

Eliana Lee / Lu Maria disse...

Fazer cada um a sua parte e colaborar ajudando no que for preciso torna-se a cada dia mais necessário... que possamos aprender o respeito e a solidariedade!

Axé.
Lu Maria

Pelos caminhos da vida. disse...

DIVULGANDO NOSSO BLOG: MARCIA e ANA

Será um prazer receber vcs amigos nesse mais
novo espaço meu e da amiga, Marcia.

Tem homenagem lá pra vc amiga.

http://amizaderealvirtual.blogspot.com/

beijooo.

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Nascerá amor de todas as cores Para meu coração enfeitar E o perfume que sair de mim Com o do amor se confundirá E nunca mais ...por minhas faces... Deixarei lágrimas de dor rolar...


"Aut. Desconhecido''

AGRADEÇO SUA VISITA....BEIJOS...M@RIA

Brilho da Lua disse...

Acho extremamente sensacional a idéia do Blog...algumas impunidades devem acabar, a população precisa se concientizar de que vidas são preciosas demais para serem tratadas com tanto banalismo. É lamentável que num país tão bonito, onde a grande maioria possui o gigante coração, ainda existam pessoas completamente irresponsáveis.

bj
Aryane Pinheiro