Translate

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Prefeito de cidade mineira morre em acidente no interior paulista

A cidade de Virgínia, no sul de Minas, esta em luto. o prefeito Júlio Cesar Ivo e o filho dele morreram, nesta quinta em um acidente de carro, no interior de São Paulo.
Júlio Cesar tinha ssumido a administração municipal há menos de quatro meses depois da morte do prefeito eleito em 2008.
Como ainda não foram cumpridos dois anos do mandato eleitoral, o juiz de passo Quatro, Fábio Roberto caruso de Carvalho, já pediu ao Tribunal regional eleitoral que marque novas eleições no município dentro de 90 dias como prevê a lei eleitoral.
Fonte: g1, 22/01/10

14 comentários:

ONG ALERTA disse...

Políticos ninguém esta livre de nada nesta vida. então vamos fazer alguma coisa pelo trânsito neste país!!!!

Chica disse...

Tá todo mundo correndo perigo...Os que correm e matam, os que são vítimas...

angela disse...

Qualquer um pode morrer em acidente de transito.
beijo

Lisette Feijo disse...

Acidentes podem diminuir mas precisamos de gente que faz acontecer....

Ricardo Conceição disse...

Conservação das nossas estradas esta precária, acidentes podem acontecer devagar ao dirigir.

Pelos caminhos da vida. disse...

Estradas boas, motoristas cautelosos isso é que precisamos para diminuir tantos acidentes fatais.

Bom fim de semana pra vc amiga.

beijooo.

Lucimar Sant`Ana disse...

A morte é para todos. Todos nós corremos perigo quando estamos dirigindo, pois a imprudência é a bandeira dos motoristas.
Está relacionado com o comportamento humano da sociedade.
Um grande beijo.

Karlota disse...

Alessandra, deixei um selinho no meu blog para vc.
Beijo

Wanderley Elian Lima disse...

Olá
Passei para lhe desejar um lindo fim de semana
Beijos

Lau Milesi disse...

Olá Lisette,tudo bem ? Mais vítimas, lamentavelmente. A realidade é que,infelizmente, a situação atual dos acidentes no país é alarmante.

As companhias de seguros registram, em média, milhares de sinistros de morte por ano.As consequências sociais dos acidentes são gravíssimas, porém mal conhecidas.
O número de pessoas, como você, por exemplo, que tenta alertar o poder público para a gravidade da situação é enooorme. Mas, na minha opinião, as autoridades reponsáveis por "pensar trânsito" deixam muuuuito a desejar.
Eu não tenho visto campanhas massivas em relação a essa situação. O que vejo é uma ou outra em períodos de férias ou de Carnaval, como teremos agora, mas todas muito tímidas em relação ao numero de vítimas que o trânsito faz. O mais grave ainda é que em todos os acidentes, o fator risco está sempre ligado ao comportamento do homem. Mostrando, com isso, o quanto é fundamental "trabalhar" o comportamento dos usuários de estradas no combate aos acidentes.
Além de tudo isso ainda temos outro inimigo: a impunidade.

Um grande abraço e parabenizo você por estar fazendo a sua parte com galhardia.

Lau Milesi disse...

Errata: digo, número
Bjs

Ane disse...

Terrível,ninguém tá livre disso,nem ricos,nem pobres...

Um abraço pra vc!

Dois Rios disse...

Sim, Lisette, ninguém está livre das garras sangrentas do trânsito. Falta, acima de tudo, conscientização, educação e respeito a vida.

Beijo,
Inês

Francisco Xavier disse...

Onde estão os responsáveis pelo trânsito numa hora desta...