Translate

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Colisão mata tio e sobrinha em Taquara

TRAGÉDIA FAMILIAR
Colisão mata tio e sobrinha em Taquara
No meio de viagem à Serra, família se envolveu em colisão com caminhão carregado de madeiraCom o carro cheio de passageiros, o operador de máquinas Carlos Valcir dos Santos, 46 anos, deixou a casa da família ontem pela manhã, em Canoas, em direção ao município de Bom Jesus, na Serra. No destino, entregaria de volta à família a sobrinha Maeli da Silva Melo, 12 anos. Só que um acidente com duas mortes interrompeu o passeio na metade do caminho, em Taquara.
Santos cruzava o km 76 da rodovia Taquara-São Francisco de Paula (ERS-020), quando a Parati se envolveu em uma colisão com um caminhão carregado de madeira. O motorista morreu na hora. Maeli chegou a ser socorrida, mas não resistiu.
Com cinto de segurança, as quatro pessoas que estavam na Parati de Canoas acabaram presas nas ferragens. Waldemir Alves da Silva, 24 anos, e Natanael da Silva, 13 anos, foram socorridos ao Hospital de Três Coroas em estado grave e tiveram de ser transferidos para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) de Canoas. O caminhoneiro Dalvo Francisco de Castilhos Damasceno, 49 anos, sofreu lesões leves.
Os policiais e socorristas encontraram no carro uma carteira de sócio da Associação dos Servidores Municipais de Canoas, o que ajudou a identificar um vizinho de Santos. Coube a ele dar a notícia da tragédia à família, que mora no bairro Santo Operário, em Canoas.
leticia.barbieri@zerohora.com.br LETÍCIA BARBIERI
Outra vítima
São Leopoldo – Às 3h30min de ontem, um homem não identificado até a tarde morreu atropelado por um automóvel Sandero, no km 242 da rodovia Porto Alegre-Novo Hamburgo (BR-116). O corpo ficou no local por mais de cinco horas até que fosse recolhido, às 8h45min, pelo Departamento Médico Legal (DML).
A curiosidade dos motoristas acabou deixando o trânsito lento e gerando congestionamento no começo da manhã. A equipe do Departamento Médico Legal nega a demora no atendimento. Segundo o órgão, a informação sobre o caso teria sido repassada somente às 6h30min.
Fonte: Zero Hora, 26/01/10

4 comentários:

ONG ALERTA disse...

Muitas tragédias poderiam ser evitadas se o governo se preocupar com vidas, redutores de velocidade nunca forma retirados de Brasília para serem colocados no estado??
Faz quem quer!!!!

Sônia Silvino disse...

Os motoristas precisam se conscientizar que a imprudência deles está matando e muito!
Paz no seu coração, Lisette!
Bjkas!

EDUARDO POISL disse...

Hoje vim aqui agradecer pelas lindas palavras e carinho comigo nos teus comentários.
Obrigado do fundo do meu coração.

" Depois de algum tempo você aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida,mas quem você tem na vida."
- W. Shakespeare

Abraços com todo meu carinho

soninha disse...

Pela foto da para imaginar a velocidade em que um deles vinha,pois o carro esta totalmente destruido,em estradas tem que ter mais pardais!!!São vidas perdidas...