Translate

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Crime foi em Uberlândia e a família deve manifestar pedindo justiça. Rapazes quebraram garrafa e chutaram o rosto da vítima.

A família do corretor de imóvies Guilherme Raniery Garces Ferreira, de 23 anos, pede justiça em Uberlândia. O rapaz teve a mandíbula fraturada e perdeu vários dentes após ter sido agredido por três homens em uma discussão de trânsito. A vítima está internada e ainda aguarda novas cirurgias para reconstituição do maxilar. Em protesto, a família planeja uma manifestação pacífica nesta semana contra a violência e em pedido de paz. O crime ocorreu na madrugada de sábado (31), no Bairro Fundinho. Segundo o empresário e irmão da vítima, Márcio Ferreira, o jovem estava com a esposa e o filho de quatro anos dentro do carro, por volta de meia-noite, voltando de uma festa de criança. “Eles viram um veículo modelo HB 20 fazendo zigue-zague na frente deles e chamaram atenção do motorista. Mais na frente os rapazes cercaram o carro e desceram. Meu irmão também desceu e um dos suspeitos quebrou uma garrafa de whisky no rosto dele”, disse. Neste momento Guilherme caiu desacordado no chão e os três homens o agrediram com pontapé. Ainda segundo o irmão da vítima, os rapazes fugiram quando outros veículos se aproximaram do local. “Minha cunhada e meu sobrinho ficaram em estado de choque, acreditando que meu irmão estava morto. Ele foi levado por testemunhas para o hospital, desacordado”, disse. Segundo Márcio, o irmão passou por uma cirurgia e teve várias fraturas na mandíbula. Nesta terça-feira (3) ele deve passar por mais um procedimento para reconstituir o maxilar e repor cerca de nove dentes que foram quebrados. Márcio afirmou que uma testemunha anotou a placa e reconheceu os envolvidos. “São jovens universitários, de classe média e aparentavam estar embriagados. A mãe de um deles ligou para minha família pedindo desculpas, mas meus pais não quiseram falar, estão abalados. Meu sobrinho nem dorme por lembrar do pai cheio de sangue”, disse o empresário. Um boletim de ocorrências foi registrado e segundo o delegado Bernardo Pena Salles, os suspeitos já foram identificados e o caso está em andamento. “À princípio o boletim era de lesão corporal. Mas devido às circunstâncias agora vamos instaurar um inquérito como tentativa de homicídio. O próximo passo será ouvir testemunhas e colher provas do crime”, disse. Márcio afirmou, ainda, que a família e os amigos estão em choque e querem Justiça, por isso decidiram levar o caso para o conhecimento da imprensa. “Nada justifica esta violência, ele podia ter morrido. Estamos revoltados, mas temos confiança nas autoridades e na punição destes covardes”, disse. Como forma de protesto, a família de Guilherme Raniery organiza uma manifestação que deve acontecer ainda nesta semana. A divulgação é feita por meio das redes sociais. FONTE:g1: 02/09/2013 16h27 - Atualizado em 02/09/2013 17h22http://g1.globo.com/minas-gerais

55 comentários:

Renata Diniz disse...

Oi Lisette. Essa violência dá medo. A vida perdeu o valor. Ainda bem que esse moço sobreviveu. Beijo.

ONG ALERTA disse...

O melhor investimento que este país poderia fazer é em educação....talvez muitas coisas poderia ser diferentes!
Gente machucando gente...
Gente matando gente....
Falam dos animais....

Dorli disse...

Oi Lisette
Tá difícil viver, se n~~ao é a violência física, muitas vezes levada até a morte e a outra violência queé a moral.
Boa noite
Beijos
Lua Singular

LUZ disse...

Oi, Lisette!

Que ato macabro!

Violência é palavra pequena para descrever o que aconteceu.

Que Brasil (me desculpe)!

Que se faça justiça e já. Sou a favor da pena de morte, embora reconheça que viver é um direito.

Chegada de férias já postei no "Afetos e Cumplicidades". Passe, por lá! Obrigada, desde já.

Boa semana.

Beijos da Luz.

✿ chica disse...

Isso assusta de verdade!! Falta tanto!!! bjs,chica

Severa Cabral(escritora) disse...

HOJE AO ABRIR MEU BLOG FUI SURPREENDIDA COM SUA VISITA E COMENTÁRIO.E RETROCEDI NO TEMPO.LEMBRA-SE QUE UM DIA EU COBREI TUA PRESENÇA NELE?
VALEU MUITO A PENA.POIS ERA DE PESSOAS HONESTAS E QUERIDAS QUE ESTAVA ATRÁS.
HOJE VALEU,ABRI E LER TODOS QUE POR LÁ PASSARAM.VOCÊ FOI UM DELES
AGRADEÇO O CARINHO DEIXADO LÁ.NEM TEM PREÇO,SABIAS ?
DEPOIS VOLTAREI PARA COMENTAR TEUS BELOS POSTS.HOJE É MARCANDO PRESENÇA,RSRSRSRSRSR
BEIJO GRANDE !!!!!

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Meu Deus gente... que tipo de monstros são esses que andam no meio da gente... meu Deus.
Tomara que essa família se recupere e que os culpados tenha a justiça divina, pois a do Brasil tá difícil.
Bj bj

http://www.artesdosanjos.com.br/

Ghost e Bindi disse...

Vivemos numa época em que já deveríamos ter um mínimo de amor ao próximo, mas parece que acontece ao contrário...diariamente ocorrem crimes de toda ordem, impiedosos e desumanos, como se alguém tivesse abrido os portões do Umbral e deixado sair almas sombrias e tenebrosas de lá...a evolução tecnológica não acompanha as emanações mentais da humanidade, é como colocar um avião nas mãos de crianças mimadas e teimosas.

Abs

Ghost e Bindi

Rita disse...

Todos os dias vemos isso, estou com medo sabia, me preocupo sempre quando saio e por meus filhos tbém
Mas com fé vamos levando e orando por toda essas pessoas que sofrem
Abraços com carinho
________Rita!!!

Clau disse...

Oi Lisette,
É preciso manifestações mesmo,pois
os agressores são universitários pertencentes à classe média,
então dá até medo que o crime caia no esquecimento...
A justiça brasileira,salvando-se honrosas e brilhantes exceções,é uma instituição desacreditada.
Mas esse episódio (e tantos outros),merecem punição.
Bjs!

Wanderley Elian Lima disse...

Ficou revoltado só de ler uma notícia dessa, mas também num país onde predomina a impunidade, não é de se esperar outra coisa.
Bjux

Élys disse...

Uma notícia que nos abala devido a tamanha crueldade.
Beijos.

Lu Citadin disse...

A que ponto chega a falta de limites das pessoas.Que pessoas estamos deixando para o mundo??

ॐ Shirley ॐ disse...

Meu coração disparou de indignação e de perplexidade...Pessoas desse tipo são encarnações de espíritos ultra primitivos. Beijo, Lisete!

Profª Lourdes disse...

Boa noite minha querida! Vim retribuir sua visita, gratíssima, adorei.Parabéns por mais uma postagem de alerta e ensinamentos. A violência de qualquer tipo é abominável, mas infelizmente aumenta cada vez mais. Parece que o ser humano perdeu o respeito pela vida, não tem amor a nada, inclusive os animais. Quando falo seres humanos, muitos, sem generalizar.
Continue escrevendo maravilhosamente bem como escreve. Bjuss

Dorli disse...

Oi Lisette,
Obrigada pela visita
Fique em paz
Beijos
Lua Singular

MARILENE disse...

Terrível! E é triste ver que são os jovens os responsáveis pela maioria dos crimes praticados atualmente. Bjs.

Vivi disse...

Tanta crueldade nos jovens de hoje, alem de chocada, deixa-me triste. Mas que valores morais são estes.
Beijinhos

© Piedade Araújo Sol disse...

QUE PESSOAS SÃO ESTAS? QUE MUNDO É ESTE?

fico triste muito triste....

e revoltada.

:(

Olhos de mel disse...

Absurdo mesmo! O transito está cada dia mais perigoso e não vimos nenhuma providência ser tomada.
Beijos

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
Que coisa revoltante!
Muita sorte para vc neste meio de semana!
Bjs

GOSTO DISTO!

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
Que coisa revoltante!
Muita sorte para vc neste meio de semana!
Bjs

GOSTO DISTO!

Vera Lúcia disse...


Olá Lisette,

É com tristeza que assisto notícias de fatos como este, onde a violência predomina e por motivos fúteis.
Há muitos jovens praticando violência apenas por diversão, pois não têm noção de limites e de religiosidade. Talvez achem suas vidas vazias demais por não precisarem lutar por nada, já que são de classe média.

Como diz a amiga Paty, 'oremos'!

Beijo.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Que horror amiga!!!
Até onde isto irá?
Desejo que recupere sem grandes
marcas desse horrível momento.
Que mundo louco!!!
Um bj.
Irene Alves

manuela barroso disse...

Já parece não haver limites!
Desmando chocante
Bejinhos Lizete

Maria Adeladia disse...

A arrogância e falta de equilíbrio no trânsito está cada vez mais assustador!Por isso causa tantas mortes.As pessoas deveriam sensibilizarem mais e melhorarem.Não entendo tanta falta de controle!!
Bjs amiga e um bom dia!!

Sotnas disse...

Olá Lisette, e que tudo esteja bem!

É revoltante a impunidade neste país. Tem algumas pessoas que quando estão dentro de seus possantes automóveis olham o restante da humanidade como se fosse pequenos insetos, que não merecem qualquer respeito, estas pessoas que não respeitam nem a eles mesmos, e desse modo não vai jamais respeitar o semelhante. É realmente revoltante o procedimento de certos indivíduos que carregam a classificação de seres humanos! Até quando será assim?
Muito bem por divulgar, pois devem saber as pessoas de bem que para alguém ser preso por crime de trânsito alguém tem que morrer, não importa quantas vidas os imbecis colocaram em risco conduzindo o veículo de maneira perigosa, e não contentes ainda agrediram uma pessoa, quanta covardia, e ainda é capaz de aparecer alguns pra dizer que eles são bons filhos, estudam medicina ou direito, etc.

Obrigado por compartilhar e pelas visitas e amizade.
E assim grato desejo que tenha sempre em teu viver iluminada felicidade, um grande abraço e, até mais!

Fê blue bird disse...

Amiga que tristeza.
Como é possível tanta maldade!

beijinho triste

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Mundo cão, onde bestas feras saídas do mais profundo dos umbrais, transitam livremente entre nós.
O rapaz há de ficar bem.
Essas criaturas, que não são humanas, são bolas de carnes ao sabor do acaso um dia, irão acertas as suas contas.
Não sou religiosa, mas em mente ecoa Choro e ranger de dentes.
Vão aprender, através da mesmas dor.
Que Deus nós proteja querida Lizette.
Wilma

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Lisettamiga

Há aqui em Portugal bastante gente que não conhece o Brasil: ou porque não pode, ou porque tem medo do crime que por aí abunda...

É preciso que as coisas mudem. É preciso dizer que o Brasil não é só sangue. Eu conheço o teu País e sei que assim é. Há muitíssima coisa boa.

Mas, como diz o povo, pelo mal de poucos, pagam os outros. O que não é mau; é péssimo.

E, na altura em que o Gigante está a acordar é bom que se saiba que - até nesse caso, importantíssimo - o Brasil sabe o que quer.

Bom, já te sigo e vou meter o ONG ALERTA nos meus BLOGUES MAIS FIXES

Qjs

Henrique

Luma Rosa disse...

Nossa, Lisette!!
Acho que a família tem mesmo que enquadrar esses bandidos, pois se não tivessem carros se aproximando, teriam matado um pai de família.
Procurei pela notícia na fonte que indicou, pois queria divulgar nas redes sociais. O povo deve mostrar para esses canalhas, a sua indignação. Eles não podem sair ilesos!
Beijus,

Anne Lieri disse...

Lamentavel esse tipo de coisa!Tanta violencia gratuita!Fico pensando onde vamos parar,já não há a mínima valorização do ser humano!Ótimo alerta!bjs,

Ilca disse...

Oi Lisette,
Que crueldade! É realmente assustador!
Não sei onde iremos parar com tanta violência.
Boa noite, amiga!
Beijos

Anete disse...

Triste e lamentável, Lisette!
Desejo mesmo que a justiça seja feita! É muita maldade e iresponsabilidade!

Boa Noite! Beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Será que os pais desses jovens estão sentidos e envergonhados por não terem dado a educação necessária aos filhos, e assim, evitar que tamanha aberração não tivesse acontecido? Espero que a justiça seja feita para que fatos lamentáveis como esse não mais se repitam.

Abraços,

Furtado.

Blue disse...

Na verdade sempre o homem matou homem, desde lá dos tempos da caverna.
Mas que hoje isso em dia é totalmente contra o bom senso, isso o é e fica evidente que falta ao dito homem moderno muito mais do que educação, pois se assim fosse, gente esclarecida (tipo jornalista Pimenta Neves) não matariam.
Sociedade desgastada pelo egoismo, pelo consumismo.

Beijo

AC disse...

Estamos no século XXI, mas continuamos tão primitivos.

Beijo :)

A BETI disse...

Olá Lisette!
Que absurdo! Onde está o valor a vida?
Desejo a vc uma abençoada tarde!
Bjssssssssssssssssssssssssss

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

O pior de tudo,
é ver que no País
da impunidade,
cenas assim
estão fadadas
a repetição.

Que a alegria dance
em tua vida apaixonadamente.

Lucinalva disse...

Olá Lisette

Que absurdo. Relato muito triste. Bjs querida.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Infelizmente cada vez a vida humana tem menos valor. Muito triste.

Um beijinho com carinho e bom fim de semana
Sonhadora

Imaculada disse...

Meu Deus!
Como é triste ver esses acontecimentos! O mundo precisa de amor,humildade e educação.
Abraços! Um final de semana abençoado pra ti.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Lisettamiga

Estou de volta, à espera (sentado) da tua visita...:):):)

Hoje sou eu que assino na nossa um texto intitulado Sermão do Lázaro. Aviso desde já que ele não deve ser lido por damas, meninas, solteiras, casadas ou viúvas, cavalheiros com menos de 98 anos e máximo 99, integrados na ordem democrática vigente, e com sólida formação moral e cívica. Aqui deixo um excerto.

Teodósio acordou rouco. Rouco? Rouquíssimo. E o sermão? Nisto meditava quando se dirigia à igreja paroquial e por isso disse com decibéis negativos ao sacristão Jaquim. Como iria ser? Ninguém o entenderia com aquele falar roufenho. Uma desgraça!

Qjs

Henrique

/////////////

NB – Este texto já saiu na Zorra da Boavista e no Ler, escrever e viver… Um homem não chega para tudo. Tende piedade…

Pérola disse...

Há cada história mais sureal.

beijos.

Nilson Barcelli disse...

Agridem os outros por coisas insignificantes. Bandidos...
Lisette, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Ane disse...

Nossa que coisa...Quando vejo alguém fazendo besteira no trânsito,acho melhor não falar nada e dar um jeito de avisar a policia,melhor não tirar satisfação com este tipo de gente...

Lilá(s) disse...

É assustador!!
Bjs

Cidinha disse...

Olá, Lisete. Bom domingo! È realmente triste e inadimissível uma situação como essa que anda acontecendo diariamente sem controle. O respeito e a educação andam em segundo plano. As vezs parece que é apenas fixção e no entanto real. Que venha dias melhores! Bjos e obrigada sempre.

KINHA disse...

Olá Lisette

É por isto que nem tenho vontade de voltar ao Brasil violento. Espero que tudo se resolva e a vítima fique bem.
Saudades de vc e de seu espaço.

AMIGA DA MODA by Kinha

helia disse...

Tanta violência ! Um horror !
Mas no Brasil, que eu já visitei quatro vezes e estive no Rio de Janeiro , em S.Paulo e em Brasília, por onde andei calmamente e á vontade, há também muitas coisas boas e muita beleza e não há que ter medo de visitar o Brasil!

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Aqui também é um grande problema a condução usando ao mesmo tempo as novas tecnologias, principalmente celulares. A multa é pesada, mas não adianta. É de grande vergonha para o ser humano casos como estes; não sei como pode haver tanta maldade no coração das pessoas. Um beijinho, Lisette e obrigada pelos seus alertas.
Emília

Marilu disse...

Querida amiga, hoje em dia as pessoas parecem ter prazer em fazer mal as outras, enquanto esse País não tiver educação como prioridade nada vai andar. Boa semana. Beijokas

O Sibarita disse...

Que violência, heim dona moça?

O mundo atual não está prá peixe, repare.. kkkk

Zé Lalado

Celina disse...

Oi Lisetti uma boa tarde, e com tristeza que vemos cenas de violências como estas que deviam estar sanadas a muito tempo, ainda mais são jovens com certa cultura faltando o principal que é a educaçao, tomara que a justiça seja feita mesmo, além de merecerem servir de exemplos.Um abraço fraterno. Celina

*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...

Que absurdo Lisette! Eu fico revoltada com tantas violências minha querida! Só DEUS mesmo para nos proteger.
Beijinhos...