Translate

terça-feira, 9 de abril de 2013

Educação no trânsito: direito e dever de todos




EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO:
 Direito e dever de todos Considera-se trânsito a utilização das vias (ruas) por pessoas, veículos e animais, isoladas ou em grupo, conduzidos, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga. Fazem parte do trânsito o homem, o veículo e a via.
 Quando andamos a pé, de bicicleta ou até mesmo de cavalo ou carroça fazemos parte do trânsito. Deste modo, percebe-se que o trânsito surgiu bem antes do automóvel. Acontece, porém, que o trânsito fica mais agitado e até difícil com a presença dos veículos.
Os automóveis surgem na história da humanidade, para resolver problemas de locomoção e transportes e mudar significativamente a vida das pessoas, pois eles encurtam distâncias, facilitando as coisas, contudo trazem alguns problemas. Os primeiros tipos de transportes do mundo foram movidos por animais.
 No ano de 1790 foi inventada a bicicleta. No ano de 1771 começam as primeiras experiências com automóveis que eram a vapor. No ano de 1886 o alemão Carl Benz registra o que ficou conhecido como primeiro automóvel do mundo, era uma espécie de triciclo. Com os veículos surgem os acidentes de trânsito...
O primeiro atropelamento com morte, conhecido pela história, aconteceu em 1846. Assim, a necessidade de orientar as pessoas que andam pelas ruas sempre foi importante, pois deveriam ser criadas as leis para organizar o trânsito e evitar os acidentes. O primeiro automóvel do Brasil pertenceu a Henrique Santos Dumont, irmão de Alberto Santos Dumont (inventor do avião), mas ele não era visto pelas ruas, pois dizem que foi comprado para fins de estudo.
 O segundo automóvel foi do jornalista José do Patrocínio. Ele convidou o poeta Olavo Bilac para um passeio e saiu pelas ruas “espalhando pânico” entre os moradores. José confiou o volante ao amigo e ele bateu em uma árvore, deslizando por um barranco, nada muito grave, acontecendo aí o primeiro acidente de trânsito com automóvel do país.
Como se pode notar os acidentes são comuns, porém mudam a vida das pessoas, por isso foram criadas as legislações de trânsito, que são as normas que disciplinam as atividades que envolvem o trânsito. Todos têm direitos e deveres no trânsito, inclusive os pedestres. Atualmente o trânsito é regido pelo CTB – Código de Trânsito Brasileiro. A lei é bastante rígida, mas nem sempre é cumprida e muitos acidentes ainda acontecem.
A Organização Mundial de Saúde – OMS e as pesquisas comprovam que o trânsito é uma das maiores causas de mortes no mundo e no Brasil. Isso acontece principalmente por causa da imprudência e distração das pessoas. É comum vermos motoristas dirigindo alcoolizados e andando em alta velocidade, o que é proibido.
Os pedestres não respeitam faixas e semáforos. Os motoqueiros, ciclistas e carroceiros também desrespeitam as normas. Desta forma, todos acabam contribuindo para um trânsito problemático. A segurança no trânsito é direito de todos, mas para isso as pessoas devem colaborar!
Os motoristas devem seguir as normas da legislação e as pessoas devem andar nas ruas com atenção e sempre que estiverem em locais movimentados observar a sinalização, atravessando nos locais onde houver faixas de pedestres e semáforos. Muitas são as vítimas da violência no trânsito.
Você certamente conhece, conheceu ou ouviu falar de alguém. O trânsito só será melhor quando as pessoas se conscientizarem da importância da educação no trânsito e passarem a contribuir de maneira significativa na construção de um trânsito mais humano e cidadão.

Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/

38 comentários:

Ivone disse...

Lisette, muito bom esse texto de conscientização, pois é mesmo assim, todos precisam aprender que há leis a cumprir, tanto os motorizados,quanto os pedestres!
Grande abraço e vamos torcer para a boa educação no trânsito!

Leonice disse...

Ótima postagem Lisette! Que todos se conscientizem da necessidade URGENTE... Da educação no trânsito.
Um grande abraço e muita paz!

Lu Citadin disse...

Ótima história e informações,o Trânsito precisa de muita concientização,respeito e atenção.

Vida & Plenitude disse...

Educação no trânsito é um aprendizado e requer conscientização de cidadania!

Abraços, Lisette...

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Lisette
Realmente o trânsito é todo esse conjunto de elementos, por isso todos somos responsáveis por ele. Muitos acidentes em vias públicas a culpa é do pedestre.
Bjux

Marilu disse...

Querida amiga, acho que falta tudo no Hoje em dia você não pode cometer o mínimo deslize que o outro motorista já sai do carro para brigar, isso quando não sai com uma arma na mão. Eu adotei a seguinte política, mesmo que o outro esteja errado eu abro o vidro e peço desculpas. O trânsito em Sampa está impossível. Beijokas

Misturação - Ana Karla disse...

AS mesmas pessoas que reclamam do trânsito e exigem providências, são as mesmas pessoas que prejudicam a desordem no trânsito. Seja o pedestre, o ciclista, o motoqueiro, o motorista. Enfim, esse conjunto precisa mudar esse quadro.
Adorei o texto Lisette.
Xeros

O meu pensamento viaja disse...

Amiga, repito, o seu blog é tão pedagógico que deveria ser considerado de utilidade pública, fazendo parte dos currículos escolares.
Beijo

Camila Monteiro disse...

Excelente texto Lisette!
Acho que o mundo precisava ler isso!
Teu blog alerta muitas pessoas, mas deveria alcançar os que realmenteprecisam que são os delinquentes... Estes nem perdem tempo com blog! É uma pensa...

Gosto muito daqui! Beijos

SOL da Esteva disse...

Querida Lisette


Um bom trabalho de investigação com um sentido altamente subliminar e formativo.
Aplausos.


Beijos



SOL

Anne Lieri disse...

Então o primeiro a bater o carro no Brasil foi Olavo Bilac?...rss...muito interessante,Lisette!Gostei de saber mais sobre a história do transito!bjs,

manuela barroso disse...

Lisette,
sempre bons os teus posts. Mas estava a ler-te e a pensar: Como as pessoas serem mais civilizadas no trânsito automóvel se não respeitam os peões? Uma pressa incontida de chegar ao fim da estrada...
Beijinhos

Trocyn Bão disse...

Olá amiga, venho aqui te convidar para uma tag, onde você será nosso entrevistado se aceitar nossa proposta.
Deixo aqui o link para que você conheça a tag ( http://www.riosul2012.com/2013/04/entrevistados-do-trocyn-bao.html ).
Espero sua visita.

Abraços, linda tarde.
Thiago

O Sibarita disse...

Ô sua menina retada! kkk É isso, o seu texto tem o poder de alerta e ao mesmo tempo educativo, excelente!

PORRETA!

O Sibarita

Flor de Jasmim disse...

Excelente texto, pois o transito necessita imenso de educação de parte a parte, este fim de semana morreram meus conhecidos 2 jovens de 22 e 23 anitos, por uma disputa de carros, quem morreu sem culpa vinha do trabalho e foi apanhado por estes.

beijnho e uma flor

Luma Rosa disse...

Acho que o carro era de Santos Dumont e não do irmão - Meu primo tem um blogue dedicado ao antigomobilismo e nele estão várias fotos do carro passeando pelas ruas e até mesmo rebocando o 14 Bis.
Todos aprendem sobre a legislação quando fazem as aulas para tirar a carteira e porque não as aplicam?
Beijus,

Lucinha disse...

Lisette,

Se cada um cumprisse a sua parte, muitos acidentes fatais seriam evitados.
Educação no Trânsito é uma coisa que deveria estar em primeiro plano.
Um lindo dia! Beijos

Lilá(s) disse...

São ótimas as sua postagens, quando tudo mundo irá aprender que educação, atenção e civismo no transito são necessários e urgentes?
Bjs

Maria Célia disse...

Olá Lisette
Impressiona-me o fato que as pessoas estão perdendo a noção de respeito e educação no trânsito.
Os flagrantes com que nos deparamos todos os dias de irresponsáveis e abusados é estarrecedor.
Pouco adiantará duplicação de rodovias, construção de viadutos e outras parafernálias, se não houver respeito e civilidade da parte das pessoas.
Beijo.

Evanir disse...

A esperança vive em mim,
amanhece comigo,
percorre o dia todo
e, quando anoitece, ela está ainda mais fortalecida
Desejo a você
que também tenha sempre a esperança,
que ela permaneça sempre em seus pensamentos.
Que as estrelas iluminem e guiem seus passos.
Que Deus abençoe seu final de semana.
Beijos no coração carinhos na Alma.
Evanir.

MARILENE disse...

A educação será sempre o fundamento de qualquer mudança positiva. Bjs.

Severa Cabral(escritora) disse...

FELIZ DIA DO BEIJO !!!!!!!!!!!!!!
BOM DIA !!!!!!!!!!!
LOUCURA OU DEVANEIO ?
TER EDUCAÇÃO NO TRANSITO !
PARABÉNS PELO TALENTO EXPRESSO DE FORMA MAGISTRAL EM CADA PENSAMENTO...
BJS DE BOM DIA !!!!!

Ingrid disse...

olá..
deixo beijos neste dia que é todo dia...
um lindo final de semana.

Blue disse...

É triste, mas pelo andar da carruagem, muitos acidentes e consequentemente mortes ainda teremos, enquanto a educação não imperar!

Beijo

Rita disse...


Desejar sempre o melhor para os amigos
é uma alegria, e agradecer o carinho de sempre
é uma vitória, por isso te visito hoje desejando um
final de semana cheio de muita paz,
E parabenizo sempre pelo post agradável, e com boas dicas
Deixo meus comprimentos eternos
Bjuss
Rita!!!!!

Tetê disse...

Oi Lisette! Obrigada pela visita ao Manancial! As leis existem, mas depende unicamente de nós fazer o trânsito mais seguro! Bjks e um final de semana abençoado! Tetê

Pérola disse...

Pois é!

Se formos a pensar bem e conhecendo a história humana é incrível como os últimos séculos têm mudado tanto a vida do Homem. Nem sempre para melhor!

Beijinho

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Boa noite amiga Lisette. Fazia horas que não aparecia por aqui, mas hoje bateu uma saudades enorme e vim correndo deixar um abraço carinhoso. Eu e Bolinha te desejamos um ótimo domingo. Beijos.

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Lisette!
Vim aqui te dar um beijo carinhoso e fraternal...
Você aceita?

♥ Nanda ♥ disse...

precisamos muito
que os motoristas sejam conscientes
linda noite bjs

http://diariodevocional2012.blogspot.com.br/

Sissym disse...

Lisette, excelente postagem!

Puxa, esta ultima semana foi um caos o transito na Barra, além do transtorno de congestionamentos infindáveis, acidentes com feridos, como sempre, motoqueiros. Nossa... é uma questão complicada.

BOM DOMINGO.

© Piedade Araújo Sol disse...

pois é, pena que nem todos sejam como você.

muito obrigada pelas suas visitas e seu carinho.

uma boa semana.

Beijinho

:)

meus instantes e momentos disse...

o pessoal le diz que entende, acha que compreende e com o volante na mãoe esquece tudo...
Maurizio
* que bom voltar aqui

LUCIENE RROQUES disse...

Apoio sua iniciativa. Pois sem

"Educação no trânsito: direito e dever de todos "
A sociedade vao fabricando sofrimentos, mutilações corporais e pior ainda familiares; produzindo tristes historias de tantas lindas Alessandras....
Um excelente final de semana.
Um grande abraço.

► JOTA ENE ◄ disse...

Ola, sempre alertando as pessoas.

Um bem-haja.

Beijos !

Bandys disse...

Lizette
uma semana cheio de benções pra vc.

E a luta continua.

Beijos

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Sabes, Lisette, às vezes penso que ainda são poucos os acidentes, tendo em conta as asneiras que vemos quando conduzimos. Ainda hoje quando vinha com o meu marido comentei isso; os carros passavam por nós com tanta velocidade e daí a pouco viamo-los parados à espera que o sinal abrisse. Que adiantou tanta pressa?. Quando está dentro de um carro o ser humano se transforma..julga-se o rei do mundo dentro daquela máquina, muitas vezes topo de gama. Mata e morre só porque lhe falta o respeito, principalmente para com os outros. E o pior é que o exemplo que dá às crianças que viajam dentro desse carro vai fazer com que amanhã tenhamos os mesmos condutores irresponsáveis. Um beijinho, amiga e muito obrigada pelos importantes alertas que fazes a todos nós. Uma boa semana!
Emília

Sônia Silvino, "Crazy about Blogs"! disse...

Os pedestres também precisam fazer a sua parte.
Beijos!