Translate

sábado, 21 de abril de 2012

Recife lidera testes de bafômetro nas capitais no 1º trimestre

Rio é campeã em número de motoristas que se recusam a fazer o exame.
São Paulo foi a que mais aplicou multa por embriaguez ao volante.
 Recife foi a capital brasileira que mais aplicou testes de bafômetro (68.373) em motoristas abordados pela Operação Lei Seca nos três primeiros meses deste ano. O Rio de Janeiro foi a cidade em que os motoristas mais se recusaram a fazer o exame (6.567) no mesmo período. Dona da maior frota do país, com quase 7,2 milhões de veículos registrados, São Paulo foi a que mais multou por embriaguez ao volante: 3.564.
O levantamento foi feito com dados relativos ao período que vai de 1º de janeiro a 31 de março. Eles foram fornecidos por departamentos de trânsito (Detran) e governos de 19 estados e do Distrito Federal. Apenas os dados dos estados de Amazonas, Amapá, Santa Catarina, Piauí, Pará, Alagoas e Rio Grande do Norte não foram fornecidos ao G1. Veja abaixo as tabelas com os cinco estados que mais registraram multas, os com maior fiscalização e os que tiveram maior número de recusas ao bafômetro.
Capitais que mais registraram multas da lei seca em 2012
1º São Paulo (SP)
3.564
2º Recife (PE)
2.410
3º Vitória (ES)
1.315
4º Brasília (DF)
1.300
5º Fortaleza (CE)
1.104
A fiscalização da lei seca é feita de forma descentralizada, e cada estado coordena a operação de forma separada. Os dados deste ano indicam que a descentralização gera números discrepantes pelo país. Enquanto alguns estados têm fiscalização intensiva e aplicação de muitas multas, em outros o controle de motoristas embriagados multou apenas algumas dezenas de infratores durante os três meses.
Nas cinco capitais que mais multaram, estão 75% de todas as notificações. E a soma do total de multas aplicadas por todas as outras capitais não chega nem ao número de multas aplicadas apenas por São Paulo. Em relação ao número de testes de bafômetro, apenas os aplicados por São Paulo, Rio e Recife equivalem a 81% de todos os exames feitos nas capitais.
Enquanto mais de 50 mil pessoas fizeram o teste do bafômetro no Recife, no Rio e em São Paulo, por exemplo, apenas 90 motoristas fizeram o exame em João Pessoa, e 43 foram submetidas ao teste em Palmas, segundo a coordenação da lei seca desses estados. Enquanto mais de mil foram multados por embriaguez ao volante em Vitória (na região metropolitana), em Fortaleza ou em Brasília, apenas 22 receberam multas em São Luís e somente 34 foram multados em Salvador.
Capitais que mais submeteram motoristas ao bafômetro em 2012
1º Recife (PE)
68.373
2º São Paulo (SP)
60.485
3º Rio de Janeiro (RJ)
50.893
4º Goiânia (GO)
11.024
5º Vitória (ES)
9.308
Multas

Mais de 12 mil motoristas foram multados nas capitais brasileiras por dirigirem embriagados entre janeiro e março deste ano, o equivalente a 5,7% dos condutores que passaram pelo bafômetro. A capital com o maior número de pessoas multadas foi São Paulo, onde 3.564 motoristas receberam a notificação, segundo a Polícia Militar, o equivalente a 27% das multas do país. São Paulo também tem a maior frota de carros do país, com 7,2 milhões de veículos e 5,6 milhões de motoristas habilitados, segundo dados do Detran-SP.
O total de multas registradas na cidade equivale a 5% dos motoristas submetidos ao bafômetro. Em média, cerca de 20 mil pessoas fizeram o exame em cada um dos três primeiros meses do ano nas blitze de São Paulo.
O Recife ficou em segundo lugar no total de notificações, com registro de 2.410 multas por constatação de que o motorista havia bebido antes de dirigir (quase 19% das multas de todas as capitais), segundo a Secretaria de Saúde do estado. Vitória, Brasília e Fortaleza aparecem em seguida na lista, todas com mais de mil multas, cada uma delas, no primeiro trimestre.
Capitais onde mais motoristas se recusaram a fazer teste do bafômetro em 2012
1º Rio de Janeiro (RJ)
6.567
2º Recife (PE)
1.951
3º Vitória (ES)
885
4º Goiânia (GO)
539
5º Rio Branco (AC)
506
Do lado oposto da tabela, São Luís foi a capital com menor registro de casos de embriaguez. Apenas 22 motoristas foram flagrados infringindo a lei seca entre janeiro e março, segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança. A cidade tem uma frota de 981 mil veículos, e não foi informada a quantidade de motoristas que fizeram o teste do bafômetro.
A quantidade de registro de multas em Palmas, em Salvador, em Boa vista, em João Pessoa e em Aracaju também foi baixa. Em nenhuma dessas capitais o total de multados por embriaguez chegou a cem motoristas nos três meses analisados.
Exames

Quase 222 mil motoristas das capitais brasileiras foram submetidos ao exame do bafômetro no primeiro trimestre desse ano, segundo o levantamento realizado pelo G1. A maior parte dos testes, entretanto, foi realizada em apenas três cidades, Recife, Rio e São Paulo, que totalizam 81% dos exames.
O Recife foi o campeão neste quesito, com 68.373 testes do bafômetro, segundo a Secretaria de Segurança, o equivalente a quase 12% de toda a frota de veículos registrada na capital pernambucana (577 mil). No total, 3,5% dos motoristas que fizeram o exame na cidade foram multados por ter sido detectada a presença de bebidas alcoólicas.
São Paulo foi a segunda capital que mais fez testes de bafômetro, analisando 60.485 pessoas, segundo a PM, o equivalente a 1% dos motoristas registrados na cidade. O Rio de Janeiro realizou 50.893 testes do bafômetro no período.
Pelo menos 3 das capitais que forneceram dados ao G1, e o Distrito Federal, não indicaram o total de pessoas que haviam feito o teste do bafômetro. Em Palmas, apenas 43 motoristas fizeram o exame nos três meses, e 26 (60%) receberam multas. Em Curitiba, apenas 208 motoristas fizeram o teste do bafômetro no primeiro trimestre.
Recusas

O total de motoristas que se recusaram a fazer o teste do bafômetro nas capitais brasileiras se aproxima bastante do total de multados por infração da lei seca. Pelo menos 11,8 mil pessoas se aproveitaram do direito a não fornecer provas contra si mesmo para se negarem a passar pelo exame do bafômetro durante o primeiro trimestre de 2012.
O Rio de Janeiro foi a capital que registrou o maior volume de motoristas que se recusaram a fazer o teste, totalizando mais da metade dos números do país nesse quesito. Somente no Rio, 6.567 pessoas se negaram a passar pelo teste, segundo dados do governo do estado, um número equivalente a 12% das pessoas que fizeram o exame no mesmo período na cidade, e 27 vezes maior do que o número de multas aplicadas pela lei seca.
O Recife voltou a se destacar, ficando em segundo lugar na lista de capitais em que mais motoristas se recusaram a fazer o exame. Foram 1.951 pessoas que rejeitaram o teste na cidade.
Em São Paulo, que foi a cidade com maior número de multados pela lei seca e a segunda que mais realizou testes do bafômetro, apenas 187 motoristas se recusaram a fazer o exame. A cidade ficou em 10º lugar nesse ponto.
FONTE:* Colaboraram G1 SP, G1 RJ, G1 PE, G1 PR, G1 GO, G1 MA, G1 RS, G1 BA, G1 MG, G1 SE, G1 ES, G1 MT, G1 DF, G1 MS e G1PB
21/04/2012 16h39 - Atualizado em 21/04/2012 16h46


33 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga, esse teste deveria ser obrigatório por lei. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Magia da Inês disse...

♫♫°º
Olá, amiga!
Bom domingo!
Bom início de semana!
Beijinhos.
Brasil.
°º✿
º° ✿¸.•°❤

BlueShell disse...

Ui, aqui, ao fim de semana...é uma calamidade!
Mas a polícia obriga a fazer o teste de alcolemis e ficam sem carta( carteira de motorista) - é ssim que se diz? Pois ficam sem carta durante...penso que 1 ano, não sei ao certo.

BEIJO IMENSO

Flor de Jasmim disse...

Lisette minha querida
Impressionante a tua luta, é incansável.
Aqui deste lado do oceano, nem sempre a justiça funciona, no entanto mandam mais policias para maltratar o povo inconformado que se manifesta pelo mau viver neste país do que própriamente vigilancia nestas situações.

Beijinho e uma flor

Blue disse...

Que Brasil é este? Usa bafômentro quem quer...

Beijo

Ao toque do Amor disse...

Olá, amadinha do Senhor

Vim, agradecer sua visita no Toque, suas palavras carinhosas e t oferecer um selinho: Meu Toque pra você

Fique bem, fique na paz de Jesus

com carinho da san

Renata Diniz disse...

Oi Lisette! Por vezes, a Lei não está para proteger o cidadão. Pena. Beijos!

Maria disse...

Minha amiga passei para desejar um bom restinho de domingo e uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

Michelle Louzeiro Nazar disse...

Lisette, amiga querida. Adorei a divulgação, bem como cada vez mais admiro seu trabalho. Mas nem sempre as matérias refletem a realidade. Moro em São Luís e, como a fiscalização aqui é baixíssima, por esse motivo a cidade tem o menor número de motoristas em caso de embriaguez; o trânsito aqui é super violento e não se preza a vida do outro por estas bandas..ou seja..a realidade aqui é lamentável amiga... Beijos e parabéns, sempre, pelo trabalho!

claudete disse...

E pelo visto Recife vai continuar disparado no pior, infelizmente estamos nos transformando numa nova Metrópole para onde estão "migrando" oriundos de grandes capitais, em busca deste novo eldorado de oportunidades de trabalho e investimentos.Nem pensar que estou justificando, mas é uma das vertentes a ser considerada, afinal aqui os que chegam passam ater uma vida mais agitada em todos os sentidos e passa pelos excessos também no trânsito, apesar de alguns bares e casas noturnas já terem transporte alternativo para "rebocar" os extrapoladores. Acredito que a educação do condutor , a consciência de que não é onipotente no volante como na sua Empresa possa melhorar esta estatística. Será que os dados estatíticos apontam também o nível social dos infratores? parabéns Lisette, pela luta incansável.

Carla Fernanda disse...

Ol QUERIDA BOA NOITE E FELIZ SEMANA!!

lita duarte disse...

Se existe o recurso desse teste, ele deveria ser usado constantemente e por todos.

Bos.

lita duarte disse...

Opa!

Bjos.:)

Lua Negra disse...

Fico sempre na torcida pela vida.
Consciência antes de pegar ao volante é primordial.
Tenha uma semana abençoada.
Beijinhos de paz.
Lua.

O Árabe disse...

E a embriaguez ao volante é uma das coisas que mais precisamos combater, Lisette! Muitas vidas dependem disto. Boa semana, amiga.

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Um teste como este não poderia, jamais, abrir a possibilidade de recusa!! Um grande abraço Lisette.

Celina disse...

OI QUERIDA BOA TARDE , É LOVAVEL A TUA LUTA AMIGA, DEUS COM CERTEZA. TE DARÁ AS FORÇAS QUE PRECISAS, SEI QUE AQUÍ EM RECIFE ELES NÃO DERAM MOLE NÃO, HOUVE NO FERIADÃO MENOS ACIDENTES MAIS OS QUE HOUVERM FORAM FATAIS. OBRIGADO PALA VISITA, UM ABRAÇO E UMA SEMANA DE MUITA PAZ CELINA

ValériaC disse...

Ainda acho que deveria ser obrigatório a todos, sempre que fosse solicitado. Acho um absurdo poder ser recusado.
Beijos, boa semana Lisette
Valéria

Anne Lieri disse...

Tb concordo que o motorista deveria fazer o exame do bafometro sempre que solicitado.Como provar que estava alcoolizado se nao ha teste? Isso deveria ser lei!bjs e boa semana!

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
É triste ver a realidade do nosso trânsito brasileiro.mata mais do que qualquer doença.Ontem mesmo no Jornal Nacional passou uma reportagem sobre direção e bebida.
Grande abraço
se cuida

Toninhobira disse...

O que tem me causado estranheza amiga, é ouvir desculpas com relação ao custo dos bafometros(utensilio) e assim a lei fica em segundo plano.Penso que deveriam otimizar o uso,pois ja vi noticias em Salvador de que a maioria autuada estava abaixo do valor,isto faz pensar num criterio de experiencia em sentir sinal de embriaguez.Os numeros entusiasmam para uma frente mais efetiva.Vamos apostando e toda ajuda é bem vinda para humanizar as estradas e ruas e preservar vidas.
Uma boa semana de paz a voce e familia.
Meu abraço com admiração.
Bjo.

MARILENE disse...

Por mais que o assunto seja discutido, o que se vê é o número crescente de ocorrências da espécie.
E não estão restritas aos jovens. A falta de responsabilidade impera, infelizmente.

Bjs.

She disse...

Eu também acho que deveria ser obrigatório, mas tb acho injusto, por exemplo, uma pessoa comer uns 5 bombons com licor e ser tratado da mesma maneira que uma pessoa completamente alcoolizada, sendo que o sem condições de dirigir ainda é capaz de escapar pq sempre rola um jeitinho...
Beijo, beijo!
She

Elaine Cristina disse...

As leis no Brasil não são efetivas e deixam a desejar!
Uma feliz semana para ti!
Bjs


"Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo. O essencial faz a vida valer a pena."[Rubem Alves]

AFRICA EM POESIA disse...

LISETTE



Saudades...

Abril

Liberdade..
Saltar muros e gritar...
Sou livre...

e tu...também

beijinhos

. intemporal . disse...

.

.

. é pela prevenção que se arrepia caminho . e o bafômetro tem na prevenção um papel determinante .

.

. um forte abraço .

.

.

Alê disse...

e que venham medidas mais rigorosas,

SONINHA disse...

Mais um excelente post, amiga!!!
Tenha um lindo dia!
Beijocas!

Multiolhares disse...

esse texte deveria ser obrigatorio, talvez assim as pessoas tivessem mais cuidado
bjs

DADI SILVEIRA disse...

Bom dia!
O pessoal bebe e depois não quer fazer o teste... aqui tudo beira o caos.

Bjsss

Pedrasnuas disse...

Quem transgride merece ser punido! Beijinho grande

Mariangela disse...

Quem transgride a lei tem que sofrer punição, por isso o bafômetro deve ser obrigatório.
Beijo de boa noite Lizette!
Mariangela

Elisa T. Campos disse...

Parece que nem o bafômetro impedem esses motoristas de beber.

bjs