Translate

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Acidentes de trânsito, Aids e violência matam 1,4 mi de adolescentes no mundo

Nações Unidas, 25 abr (EFE).- Ao todo 1,4 milhão de adolescentes morrem ao ano no mundo em acidentes de trânsito, por complicações no parto, Aids, suicídio e atos violentos, especialmente em países africanos e da América Latina, como revela o relatório publicado nesta quarta-feira pelo Unicef.
'A pobreza, o status social, o sexo e as incapacidades impedem milhões de adolescentes de terem acesso aos seus direitos, como educação de qualidade, saúde, proteção e a participação, por isso que é hora de atender suas necessidades e não deixá-las para trás', afirmou a subdiretora executiva da organização, Geeta Rao Gupta.
As mortes ocorrem de forma desigual nas distintas partes do planeta, como consequência das diferenças no acesso aos benefícios do progresso, assinala o relatório.
Em alguns países da América Latina, há mais adolescentes homens morrendo por causa de homicídios do que por acidentes de trânsito e suicídio, diz o documento preparado pelos analistas do fundo da ONU para a Infância (Unicef).
O documento aponta que em El Salvador, o país latino-americano com a taxa mais alta de homicídios, há 157 jovens entre 15 e 19 anos para cada 100 mil habitantes que são vítimas desse tipo de delitos, seguido pela Venezuela, com 106; Guatemala, com 95, e Brasil, com 83.
O relatório reivindica que os adolescentes deveriam ser reconhecidos em suas comunidades como agentes de mudança, através de programas e políticas que os protejam, para que possam desenvolver sua criatividade e sua capacidade de inovação.
A África Subsaariana é o lugar do mundo que impõem mais desafios para a vida dos adolescentes, além de ser uma região que em 2050 concentrará a maior população de pessoas entre 10 e 19 anos, etapa considerada pelas Nações Unidas como adolescência.
Assim, só a metade das crianças da África Subsaaariana completa o Ensino Primário e esta região apresenta as menores taxas de escolarização de Ensino Médio do planeta.
Apesar de 90% das crianças do mundo estar matriculada em escolas de educação primária, 71 milhões não continuam os estudos no Ensino Médio e 127 milhões de jovens entre 15 e 24 anos são analfabetos.
Outro dos desafios aos quais enfrentam os 12 bilhões de adolescentes que atualmente vivem no mundo é o da violência, em suas distintas manifestações.
As meninas são especialmente vulneráveis à violência dentro do casamento, por exemplo, na República Democrática do Congo, onde, como evidenciou uma pesquisa do Unicef, 70% das jovens que se casaram entre os 15 e os 19 anos sofreram maus-tratos nas mãos de seus parceiros atuais e anteriores.
Muitas adolescentes são forçadas a deixar a infância prematuramente e assumir papéis adultos, como esposas e mães, já que um terço das jovens casadas dos países em vias de desenvolvimento que agora têm entre 20 e 24 anos casaram antes dos 18 anos.
No Níger, por exemplo, a metade das jovens destas idades deu à luz também antes dos 18 anos. Na África, as complicações no parto e durante a gravidez são a principal causa de morte para as jovens com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos. EFE
Fonte: g1, 25/04/2012 14h39 - Atualizado em 25/04/2012 14h39

34 comentários:

ONG ALERTA disse...

Os paises deveriam investir mais em educaçáo!!!

✿ chica disse...

Triste notícia,não?beijos,chica

João Batista da Silva disse...

tratar com desigualdades a iguáis,
ou a desiguais com igualdade,seria desigualdade flagrante,e não igualdade real.
(Rui Barbosa)

Muito tocante este alerta minha Amiga De Sempre Lisette.
Peço a Deus e ao seu filho menino Jesus De Nazaré que te de forças para nos iluminar nas horas mais dificéis de nossas vida.
Deste seu estimado Amigo:
João Batista Da Silva.
SulPampa.blogspot.com

Camila Monteiro disse...

Acidente de transito nao deveria estar aqui né?!
Geralmente é quase um suicidio! As pesoas que provocam! Triste realidade!

Promoção rolando lá no blog: http://bit.ly/IG3z5b Passa lá se puder. Bjos

lucidreira disse...

Li e vi matéria sobre esse estudo das Nações Unidas, e alarmante mesmo.
Abraço

Maria José Rezende disse...

Triste notícia, Lisette. Passando para lhe deixar o meu carinho. Beijos.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Lisette. é tanta angústia no Planeta que deixa a tristeza escorrer por nossos olhos em forma de lágrimas, uma vez que a desigualdade social é imensa, e provavelmente não terá um fim.
Um beijo na alma, tudo de bom, e fique na paz!

Valéria disse...

Oi Lisette!
Muito triste isso!
Você viu sobre os 5 jovens que morreram, sobraram na curva, é sempre muito triste ver casos assim frequentemente ocorrendo com pessoas na flor da idade. Dá um aperto no coração.
Beijinhos e paz!

Vera Lúcia disse...

Olá Lisette,

Bem informativo o seu post.
A situação é mesmo alarmante e nos traz profunda tristeza.

Beijo.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Parece que combinámos, amiga! O meu post é precisamente sobre isso, ou melhor, encaixa-se bem neste teu.Falta de educação, as desigualdades sociais, a injustiça, a violência, fatores que determinam esses suicidios, esse alcoolismos, essa dependência de drogas. Uma escravatura moderna que levou a ONU a criar a camppanha Coração Azul para ver se o mundo começa de uma vez por todas a olhar com seriedade para todos estes problemas. Um beijinho, Lisette e parabéns por mais este alerta. Nunca é demais falar destes problemas que nos afectam a todos. Fica bem, amiga!
Emília

Sonica disse...

Impressionante seu post, Lisette!
Bjs,

Desnuda disse...

Querida amiga,


Um relatório tão triste quanto terrível, mas é a realidade. Educação sim!


Beijos com carinho Lisette

ELAINE disse...

Concordo! Povo sem educação, é povo sem esclarecimento e sem iniciativa!
Que tua sexta-feira seja iluminada, de muita paz e alegria!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Everson Russo disse...

Infelizmente são coisas que deveriam diminuir,,,e sempre aumentam,,,estamos mesmo vivendo um apocalipse...beijos de bom final de semana pra ti amiga.

Mabel disse...

Olá querida! Obrigada por sua visita ao Mensagens do Anjinho! Bom final de semana! Paz e Bem! Beijos Mabel

Marizza Semeadora disse...

É muito gostoso chegar no blog e encontrar um comentário! Muito obrigada pela visita! Aquilo que você semear, isso também colherá, portanto, semeia para o Espírito e do Espírito colherá vida eterna. Deus te abençoe! Paz e Bem!

Luma Rosa disse...

Os adolescentes são os que mais se expõem ao perigo e por isso, nas estatísticas os que mais morrem estão entre os 18 a 24 anos. Coitados dos pais que ficam saudosos! Beijus,

Flor de Jasmim disse...

Lisette minha querida
Que coisa triste, que numeros elevados e tantos jovens.
Bom fim de semana

Beijinho e uma flor

Anne Lieri disse...

Olha Lisette,eu fico tão preocupada com essas estatisticas de violencia!Eu tenho uma filha de 17 anos e dói saber que outras como ela sofrem com essa violencia!Bjs e meu carinho!

Elaine Cristina disse...

Que tristes estimativas!
Obrigado pelo carinho da visita!

Um feliz fim de semana para ti junto aos seus!

Bjs


"Vive mais feliz quem tem olhos capazes de escutar o canto amoroso da simplicidade.É nas miudezas que tudo aquilo que realmente importa se revela com maior nitidez."Ana Jácomo

Evanir disse...

Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos...
Atos são pássaros engaiolados,
sentimentos são pássaros em vôo.
(Rubem Alves)
Pedindo desculpas pelo meu afastamente
nas visitas infelizmente foram alguns dias de muita
tenssão.
Eu aprendo todos dias, me espelho em outras
pessoas: Não dá pra fraquejar, quem é guerreiro
jamais entrega a Luta..
Deus abençoe grandemente seu final de semana beijos
no seu doce coração.
Evanir..

Magia da Inês disse...

¸.º°❤
°º✿ Olá, amiga!

BOM FIM DE SEMANA!

¸.•°`
°º✿ Beijinhos.
º° ✿ ✿ Minas

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Fico a imaginar,
quantas vidas
destas que se perdem,
seriam capazes
de transformar o mundo...


Que sempre haja amor,
para alimentar de sentidos
nossa vida.

Everson Russo disse...

Um sábado cheio de paz e carinho pra ti minha amiga querida, beijos flores e poesias...

Lua Negra disse...

Educação e repeito são umas das principais coisas para poder reverter toda essa tragédia.
Tenha um feliz final de semana.
Beijinhos de paz.
Lua.

Irene Alves disse...

É horrível minha amiga, mas parece
que as entidades competentes não
se importam nada com o número de
mortos e feridos.É triste dizer
isto, mas parece ser a realidade.
Um grande beijinho
Irene Alves

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para deixar um beijinho e desejar um bom Domingo.

Sonhadora

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma triste realidade...

Bom fim de semana querida amiga.

beijooo.

http://claudiaymarques.wordpress.com/ disse...

é uma triste noticia e realidade...mas é fato...tenho dois adolecentes e como hoje em dia é dificil cria-los...educa-los..orienta-los num mundo onde tudo pode..onde tudo é normal...
A falta de limites aos jovens e orientaçao trazem muitas fatalidades que poderiam ser evitadas...
muitos beijos querida..bom fim de semana....bom feriado..titi

manuela baptista disse...

admiro a sua luta!

um beijo

Ilca Santos disse...

É muito triste, mas é a realidade, infelizmente!
Maravilhoso final de semana pra ti querida amiga, e boas energias!
Sinto tua falta, aparece.
Beijos e muita luz!

Ane disse...

Meu Deus,que triste tudo isso.São adolescentes,crianças,idosos,todos sofrem...
Um baraço pra vc!

Antônio Lídio Gomes disse...

Lisette, como se não bastassem as mortes no trânsito, ainda a AIDS.
Beijos,

Lilá(s) disse...

É alarmante mesmo!
Bjs