Translate

domingo, 4 de abril de 2010

Trânsito seguro

Trânsito seguro
Preparamos o aluno para a vida, não apenas o currículo obrigatório, para tanto somos motoristas que precisamos agir interativamente. Trabalhamos inteligências do século 21 e precisamos amar o que e a quem se faz! Como o aluno porta saberes, faremos uma analogia com os sinais de trânsito, afinal somos condutores e trafegamos por muitos caminhos e, para chegar ao destino com segurança, necessitamos atenção, conhecimento e respeito às normas para preservar a vida.
Que em 2010 possamos andar em vias terrestres, rurais, urbanas, ir para o acostamento se necessário, estacionar, respeitar a velocidade (o ritmo de cada aluno), o passeio público, logradouros, o estado e as condições do veículo.
Quando necessário, realizar blitze para que não ocorra transgressão, sob pena de sermos multados ou ter cassada nossa habilitação. Se a curva for acentuada, diminua a velocidade. No sinal vermelho, pare; no amarelo, tenha cuidado; no verde, siga com segurança. Se a flecha aponta para o sentido único, cuide pedagogicamente, pois há formas diferentes para que a aprendizagem ocorra.
Tenha cuidado com a passagem de escolares, pois ali estão obras em construção! Prefira sempre mão dupla, administre emoções com estratégias diferentes! Nunca vá a uma rua sem saída, prefira sempre dar prosseguimentos a tua caminhada com objetivos bem-planejados. Se a travessia for para quem possui necessidades especiais, é lei, não podemos refutar. Se não estás preparado, há meios de descobrir.
E se o sinal de advertência for animais selvagens, fique alerta, pode ser aqueles que nos atacam e podemos colocá-los em extinção para que não mais devorem o que é “bom” para “eles” e não para o país.Muitas vezes temos de dirigir na defensiva, pois o mau motorista é responsável por muitos acidentes. Tenha direção, freie quando necessário, buzine, acenda os faróis (se a penumbra chegar), mas nunca seja escorregadio.
Não ultrapasse a velocidade permitida. Planeje o itinerário com segurança. É direito do condutor reclamar das más condições das vias, fale com a direção, a coordenação, a supervisão, evitando colisão. Se há deficiência na sinalização, o diálogo evitará acidentes, como a reprovação do aluno. Solicite o transporte de emergência.
Domine a técnica dos primeiros socorros e jamais peque por omissão.O motorista defensivo sai com antecedência, prevendo possíveis atrasos! Só ultrapasse com segurança. Transite na escola com segurança, respeito, humildade, suavidade, pois és um bom motorista que respeita normas, direitos, ritmos, o patrimônio público, és a favor do bem comum e compreendes as limitações dos humanos. Nosso desejo é paz e segurança na escola onde trafegamos diariamente.
CIRCE ROCHAProfessora municipal
Fonte: Diário de Santa Maria, 2010

15 comentários:

Sônia Silvino disse...

Amiiiiga!
Saí todos os dias do feriadão e não consegui visitar os amigos todos que gostaria. Espero que a tua Páscoa tenha sido boa e com muita paz no coração.
Bjkas e ótima semana!

Luciana disse...

Oi Amiga
Passando para desejar uma excelente semana de muita paz e amor.
Bjs
Lu

Daniel disse...

Acredito que na grade curricular escolar Legislação de trânsito. Tem texto novo no Sub Mundo. Bjus.

http://submundosemmim.blogspot.com

Gil. disse...

Olá!

Vim retribuir os votos de Feliz Páscoa! Que possamos celebrar a páscoa não apenas hoje, mas na segunda, na terça, na quarta- feira e em todos os dias que virão! Um beijo e obrigada por lembrar!

Até mais!

Sônia Silvino disse...

Lisette, minha queriiiida!
Este blog é destaque nesta semana no meu blog THE BEST BLOGS. Confira!
Bjkas!
http://soniasilvinothebestblogs.blogspot.com

M@ria disse...

No silêncio do jardim pode se ouvir preces estampadas em pétalas e galhos, se as folhas murcham, uma sorri a outra como se rogassem o frescor do orvalho.

(Sirlei L. Passolongo)


Feliz semana....Amor & Paz!

Pena disse...

Lindíssima Amiga:
"...Transite na escola com segurança, respeito, humildade, suavidade, pois és um bom motorista que respeita normas, direitos, ritmos, o patrimônio público, és a favor do bem comum e compreendes as limitações dos humanos. Nosso desejo é paz e segurança na escola onde trafegamos diariamente...."

Concordo plenamente com o que deliciosa e ternamente escreveu.
Tem um valor imenso. Precioso.
Adorei.
Está a fazer um "trabalho" admirável.
Parabéns sinceros.
Beijinhos amigos de grandioso respeito pelo seu valor de ouro puro.
Sempre a admirá-la

pena

Excelente. É linda, sabia?
Fabulosa.
Bem-Haja, pela sua imprescindível amizade.

Ana (Ballet de Palavras) disse...

Alessandra,
Por vezes, existem acontecimentos na nossa vida em que tristemente a nossa alma se estende de joelhos e, às vezes só o tempo se alia e, aconchega a mágoa do lado esquerdo do peito. Lamento muito.

Congratulo-a pelo seu blogue. Estimular a advertência e, ambicionar que se mantenha alojada no lado esquerdo do nosso peito é um caminho a preferir todos os dias na nossa vida.
Um ténue e, deliciado dia para si.

Ana

Chica disse...

Que bom se aprendêsemos a valorizar as próprias vidas e a dos outros...Linda semana!beijos,chica

Suziley disse...

Belo texto da professora Circe. É isso que queremos: transitar em paz pelas nossas escolas. Transitar em paz pelas ruas, estradas. Parabéns! Uma boa semana, beijos, :)

ValériaC disse...

Lisette querida, belo texto...
Tenha uma semana abençoada!!!
Beijos...

Dalva Maria Ferreira disse...

"Trabalhamos inteligências do século 21 e precisamos amar o que e a quem se faz!"

Belíssimo texto... oxalá os votos da professorinha se concretizassem...

Lisette Feijo disse...

Trãnsito seguro para quem???
O governo precisa fazer sua parte, somos obrigados a votar e os políticos são obrigados a que???
Querem votos façam por merecer!!!

Alexandre disse...

Educação ,bom senso,cortesia e respeito infelizmente são coisas raras em nosso trânsito .
Realmente o caminho é a educação infantil.
Semear para um trânsito no futuro diferente e mais humano .

efeitoseconceitos disse...

Oi Lisete,
Passei aqui para retribuir a sua visita e acabei ficando para seguir o seu blog incrível!
Fiquei comovida com a sua história pois, em 1997 eu quase perdi a minha primogênita em um grave acidente de carro que a deixou paraplégica(mas esa é um longa história que um dia eu conto)
Só posso dizer que entendo bem a sua dor e admiro a maneira que você encontrou para alertar as pessoas sobre a violência no trânsito.
Um grande beijo
Yoyo