Translate

terça-feira, 23 de junho de 2015

>>Sete anos de Lei Seca<< Combatendo a mistura entre direção e álcool

Este mês a Lei Seca completa sete anos em vigor. De autoria do deputado federal Hugo Leal, a norma sofreu uma alteração em 2012 que, além de aumentar o valor da multa administrativa de R$ 957,69 para R$ 1.915,38, podendo dobrar em caso de reincidência no período de 12 meses, ofereceu uma gama maior de possibilidades de comprovação de que o motorista estava sob o efeito do álcool ou de qualquer substância psicoativa, como teste do bafômetro, exame de sangue ou clínico e outras provas como imagem ou vídeo.

De acordo com um estudo do Ministério da Saúde, neste período de vigência da Lei Seca, a frequência de adultos que dirigem após o consumo abusivo de álcool foi reduzida em 45%.
Em todo o Brasil, a Lei Seca vem apresentando números positivos, no Distrito Federal, um balanço divulgado pelo Detran apontou que a norma ajudou a reduzir em 20,8% o número de mortes no trânsito até o ano passado.

Entre junho de 2007 e junho de 2008, quando a lei começou a valer, foram 500 mortes. No primeiro ano da lei, foram 422 mortes, e em 2014 na mesma epoca, 396.
Já no Rio de Janeiro, no primeiro trimestre deste ano, a Operação Lei Seca (OLS), que realiza as blitze de trânsito, registrou uma queda nos casos de alcoolemia em comparação com o mesmo período do ano passado.

O número de vidas perdidas no trânsito brasileiro ainda é muito alto. Há um longo caminho a ser percorrido, mas a Lei Seca ajudou a dar destaque a um problema gravíssimo, que é a mistura entre direção e álcool. 

Que cada vez mais motoristas estejam conscientes de que dependemos da atitude de cada um de nós para mudar essa realidade tão alarmante. É possível sair e se divertir sem colocar a vida de terceiros em risco. Pegue um taxi, eleja um “motorista da rodada” ou use o transporte público. Faça a sua parte para que, ano após ano, os números de mortes nas estradas brasileiras seja cada vez menor.
   
                                 





                                                                                                               

34 comentários:

Pedrita disse...

mesmo que não funcione muito, discute-se bastante o tema. antes era bem mais normal, hj já é falado. o q ajuda. beijos, pedrita

Tetê disse...

Uma boa iniciativa e que reduziu o número de acidentes. Mas, o que vai resolver o problema é educação para o trânsito, com as pessoas tendo mais responsabilidade! Bjks Tetê

Prata da casa disse...

Uma boa medida, sem dúvida. Por cá, felizmente, as pessoas já vão tendo mais consciência quando vão conduzir e evitam beber, quanto mais não seja, porque sabem que as coimas são pesadíssimas.
Bjn
Márcia

ONG ALERTA disse...

Excelente mesmo assim acontecem milhares de acidentes, precisamos ainda educar um país ....

✿ chica disse...

7 anos já? E há tantos que ainda fingem não a conhecer! bjs, chica

Camila Monteiro disse...

Eu apoio tb!

Gracita disse...

É quase um despautério pensar que é necessário fazer uma lei para punir os condutores irresponsáveis quando na verdade todos sabem que dirigir alcoolizado é de uma ignorância absurda pois coloca em risco a sua vida e a vida do outro. Uma boa iniciativa sim mas fico triste de pensar que temos de comemorar a criação de uma lei para conter os abusos.
Motorista alcoolizado deveria não apenas pagar multa, deveria ter sua carteira apreendida para nunca mais cometer esse ato insano
Beijos Lisette e um sorriso

ॐ Shirley ॐ disse...

Muitos ainda preferem beber, perder a vida ou pagar multas elevadas... Não dá para entender.
beijo, Lisete!

Toninho disse...

Oi Lisette ainda bem que a lei veio e com ela uma redução de vidas ceifadas.
Nós que moramos em litoral bem podemos constatar esta redução de ocorrências.
Ainda existem muitas folgas na lei e na fiscalização pelo país, embora não se
deveria ter um gasto tão grande para conscientizar, que álcool e volante não
rimam.
Mas não desanimamos e ainda vamos ver dias melhores.
Um boa semana amiga e que Deus nos proteja sempre.
Meu terno abraço.
Beijo de paz.

Bandys disse...

Oi Lisette,

Uma das poucas coisas que funciona
no Brasil.
Sem subornos, muito serio.
Eu aprovo também!!!
Beijos

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, Lisette, que bom ver você em meu blog, eu estava sem escrever há um tempo, mas
percebi que meus amigos estão juntos comigo, voltei. Obrigada!
Também aprovo a lei, pois sei o quanto custa perder alguém em acidente
e saber que a culpa é do outro motorista. Se todos cumprirmos certinho, logo estaremos
entendendo a razão de tudo. Beijos , minha querida!

blueshell disse...

Como não apoiar?

Há tantos fatores que, por si só, já contribuem para o acidente...porquê juntar ainda o excesso de álcool?
Os números das vítimas são avassaladores e as pessoas deviam ser sensibilizadas com imagens chocantes...talves só assim percebessem....

Um beijo
(É bom estar de volta)

BShell

BIA disse...

Precisamos educar este País e fazer cumprir as leis! Parabéns Lisette! :)

Bjs

Maria Rosa Sonhos disse...

Mesmo o problema ainda sendo grave, é por aí que começa a educação. Beijo! Renata

Luciane Citadin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciane Citadin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emília Pinto disse...

Aqui em Portugal muita gente não usa o cinto nos bancos traseiros; a polícia ainda é muito benevolente quanto a isso o que não acontece com o cinto nos bancos da frente. Ainda hoje vi nas notícias a morte do cantor sertanejo e da namorada que iam no banco traseiro sem cinto e morreram na hora do acidente, enquanto que o motorista e o segurança, nos bancos da frente só tiveram ferimentos ligeiros e usavam o cinto. É importante e não precisaria ser obrigatório, pois estão lá para alguma coisa, não é verdade? Beijinhos, Lisette e vamos lá...tendo sempre a esperança de que o povo aprenda.
Emília

Maria Adeladia disse...

Ola!!Essa vfoi uma boa iniciativa.Reduziuu m pouco um numero deacidentes.Amiga,bjs e boa sorte.

Zilani Célia disse...

OI LISETTE!
"EU APOIO", A LEI SECA E TUDO O MAIS QUE ENTRAR EM VIGOR PARA PRESERVAR A VIDA.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

EU disse...

Diminuíram os acidentes provocados por consumo de álcool ou outras drogas.
Mas, infelizmente, ainda há muita inconsciência. Começa a haver um sistema entre os jovens quando saem pela noite. Um deles, não bebe.
Bjo, amiga :)

Duarte disse...

As leis, ao principio, causam certo grado de desagrado, mas vistos os resultados acabamos por acatar e reconhecer.
Saudações

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, sou defensor que a cidadania deve que começar a ser transmitida e compreendida pelo alunos a partir do momento que entram na escola, esta transmissão de valores deve prolongar-se até que os mesmo acabem a escola, refiro a todos os direitos e deveres do cidadão.
AG

Lilá(s) disse...

Seria bom que todos cumprissem certinho.
Bjs

MARILENE disse...

Realmente, a aplicação da lei, com mais rigor, tem contribuído para a redução de acidentes, embora ainda sejam muito altos os números. Bjs.

Isa Martins disse...

Oi Lisette, eu apoio, até porque vemos todos os dias o quanto a bebida causa acidentes por irresponsabilidade e deixa famílias na mais completa dor.
Um ótimo fim de semana, beijos

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Defendo muito essa lei,pois talvez resolva tantos acidentes que vemos acontecer.
Belo texto.
Bjs Lisette e um ótimo final de semana.

CÉU disse...

Muito boa, essa lei! Que se façam e se apliquem mais para que a mortalidade nas estradas diminua.
Grata por tua visita e comentário. Beijos.

Crocheteando...momentos! disse...

Também apoio!!!
Por aqui são muitos os acidentes por causa do álcool!!!
Bj

Lucinalva disse...

Olá Lisette

A lei seca é muito importante, postagem bastante interessante. Um forte abraço.

Luma Rosa disse...

Oi, Lisette!
Não era para ser lei não dirigir bebado... As pessoas deveriam naturalmente amar a vida!
Beijus,

Flor de Jasmim disse...

Que se consiga reduzir o numero de acidentes é muito bom!
Penso que em Portugal já existe um bom numero de conscientes, pois já se pensa mais um pouco antes de beberem se tiverem que conduzir a seguir.

Beijinho Lisette, um bom fim de semana.
Adélia

Magia da Inês disse...

✿゚。ه
Só doendo no bolso é que as pessoas aprendem!...

Ótimo domingo! Boa semana!
Beijinhos.
❤❤ه° ·.

Arte & Emoções disse...

Acredito que já está no tempo de um novo reajuste no valor da multa. Belo trabalho Lisette!

Abraços,

Furtado.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Votos que tenha uma excelente semana.
AG