Translate

domingo, 28 de julho de 2013

Milhares de brasileiros compraram carros inseguros em 2012


Afirmação do Latin NCAP revela que 450 mil veículos mal avaliados em seus testes foram vendidos na América Latina

Thiago Vinholes | 15/7/2013 16:29
Ford Ka
A segurança veicular passou a ser um assunto mais sério na América Latina desde que o Latin NCAP começou a pôr à prova os veículos à venda nessa região, em 2012. A instituição é o braço latino-americano do Euro NCAP, o mais importante e respeitado órgão de avaliação sobre segurança em automóveis no mundo.
Segundo pesquisa da instituição, a América Latina consumiu em 2012 mais de 450 mil carros que oferecem risco de morte no caso de acidentes, a maior parte no Brasil, maior mercado da região. “Esses carros conquistaram um ou nenhuma estrela nos crash-tests. São na maioria o primeiro veículo de muitas famílias”, explicou Alejandro Furas, diretor técnico do Global NCAP, no comunicado.
Na nota que avisa sobre a próxima bateria de testes, cujos resultados serão divulgados dia 24 de julho no México, o Latin NCAP também divulgou que vai aumentar os critérios de avaliação para os carros à venda em países na América Latina a partir deste ano até 2015.
Na classificação do Latin NCAP, os carros que oferecem riscos são modelos como o Chevrolet Celta,Fiat PalioFord KaJAC J3Peugeot 207VW GolRenault Sandero, entre outros. Todos esses carros, com exceção do J3 importado da China, são produzidos no Brasil.

43 comentários:

ONG ALERTA disse...

Serå que é só no bRasil que não ligam para segurança....

✿ chica disse...

Querem fabricar vender, ganhar. Depois não se interessam se matam vidas! Barbaridade! beijos,chica

rosa-branca disse...

Sim cada vez menos se importam com a segurança. O que interessa é vender mais e mais. Beijos com carinho

Lu Citadin disse...

Segurança em segundo plano ,esse é o nosso Brasil!!!

Dorli disse...

Oi querida
Eu vendi um carro grande, antigo, forte por um zero. Fiz mau negócio.
Hoje ninguém compra e nem vende mais nada, estamos entrando em crise...
Hoje, perdi o sono...
Beijos
Lua Singular

Lara (: disse...

Hello dear,

Very nice blog

Maybe you like my blog to ? I'm happy if you follow me via gfc and visit and like my facebook page, I'm new on facebook !

My facebook page: https://www.facebook.com/pages/Likethewayidoit/662081887154514

My blog: likethewayidoit.de

Thank you

Kisses,

likethewayidoit.de

Ivone disse...

Bom dia amiga Lisette!
É mesmo de nos assustar tudo isso, pois o carro é continuação de nós mesmos, sem poder confiar não se vai a nenhum lugar!
Abraços e tenhas um lindo início de semana!

Lua Negra disse...

A industria do Dinheiro é mais importante que a "Vida".

Tenha uma semana de paz.
Lua

Magui disse...

É preciso aprimorar mas obedecer as regras de trânsito é melhor do que carro blindado contra a morte e desastres.

O Árabe disse...

Muito útil, como sempre, Lisette. Obrigado, boa semana.

Bruxa disse...

Olá minha querida!
Espero que por aqui, não tarde a ter uma mudança séria também... aqui tudo é sempre no oba-oba!!!

Abração e ótima semana.

Clau disse...

Boa tarde Lisette,
As montadoras dizem que cumprem a legislação vigente.
Nossas leis é que são frouxas!
E também pouquíssimas pessoas se preocupam com segurança veicular.
É triste,mas é fato.
Bjs!

MARIA JOSE Rezende disse...

Olá amiga. Estou tão sumida!!! Muito trabalho e um pouco de desânimo com relação ao meu blog. Mas vou superar essa fase. Entrarei de férias e quando voltar, estarei mais presente na blogosfera. Beijos.
Já passei algumas vezes pelo tal recall. Beijos.

Wanderley Elian Lima disse...

Caros e inseguros, só mesmo no Brasil.
Bjux

Beth/Lilás disse...

Olha, te digo mesmo, brasileiro não olha esses itens, só a beleza da carroceria.
Meu marido que é atencioso nestes detalhes, sempre falou o mesmo que você deixou aqui escrito, aliás excelente post para abrir as mentes das pessoas que não sabem ou não estão nem aí para estas coisas.
beijos cariocas

Flor de Jasmim disse...

a segurança não é importante para todo o mundo, infelizmente.

boa semana querida

beijinho e uma flor

BIA disse...

É um absurdo... se paga uma fortuna por carros que não oferecem uma devida segurança e que passam a ser armas contra as próprias pessoas...
Até quando vão visar o lucro acima de tudo?
Bjs :)

Ilca Santos disse...

Esse é o nosso Brasil. Infelizmente!
Como sempre, um excelente post!
Beijos, querida amiga e obrigada pela carinhosa visita.

teca disse...

É de impressionar...

Beijos.

Thiago RioSul disse...

Olá amiga
Li uma reportagem sobre isso noutro dia, é a ganancia de se vender, sem a preocupação pela segurança, pois sem as devidas fiscalizações a tendencia será sempre piorar

Abraços,
Trocyn Bão - Thiago

flor de cristal disse...

Será que nunca vamos nos livrar dessa gente meu Deus do céu?? Eles não se preocupam com nada que coisa irritante isso...>:-((

Boa semana e tudo de bom pra vc!

Com carinho,
flor de cristal

ॐ Shirley ॐ disse...

É triste, a ganância sempre em primeiro plano. Lisette, Paz e Luz!

Lu Cidreira disse...

Suas Alertas são muito bem disseminadas, se for por nós iremos alertar muitos dos nossos amigos e leitores.
Parabéns mesmo, tem que ser divulgado!
Abraço

Parole disse...

Esse país é indecente!

Beijo.

Ghost e Bindi disse...

Oi Lisette!Os crimes horrendos que acontecem todos os dias não podem ser banalizados. Não é possível achar normal tantas vidas ceifadas...
Vc faz um bonito trabalho em seu blog. Um abraço com carinho

Bíndi e Ghost

Camila Monteiro disse...

Mas nesse país é sempre assim! Primeiro ganhar dinheiro e depois o resto como segurança, saude e educação!

Renata Diniz disse...

Oi Lisette. Um absurdo essa situação. A gente fica à mercê dos mercenários. Beijo.

SOL da Esteva disse...

Pois é, Querida Amiga.
São necessários imensos esforços para que a segurança rodoviária em geral e,particularmente, os veículos sejam mais fiáveis e seguros.
Há sempre o "outro" lado que pretende lucros em prejuizo dos utilizadores.
Está de Parabéns a Latin NCAP e tu própria pelo contributo e alertas que tens prestado.



Beijos


SOL

Ane disse...

Nossa,o meu é um destes aí...
Estou pensando em comprar outro que tenha mais segurança,o mínimo pelo menos,nem que seja mais caro,mas os carros mais novos já têm mais segurança nos seus itens de série,é algo que o consumidor tem que exigir!

Smareis disse...

Vender eles vendem montões mais a segurança nos carros ainda é precária. Colocam em riscos famílias que viajam.
Beijos e ótima semana!

Patricia Galis disse...

Aqui lançam carros faltando muita coisa mas é culpa do brasileiro que não exige espero que mude algo e rapido.

Tetê - Avaliando a Vida disse...

Oi Lisette! Eu vou falar o que vejo no meu marido: ele nem está aí pra segurança, ele só vê beleza! Pra ele o importante é o que os outros vão ver e dizer "que carrão"! Triste isso! Bjks Tetê

Dorli disse...

Oi Lisette
Passando para agradecer a visita ao meu blog
Que tenha uma noite de paz!
Beijos
Lua Singular

Bandys disse...

No Brasil nada é serio.

Beijos

Jeanne Geyer disse...

ah, mas não ligam mesmo para a nossa segurança, como não ligam para nada! cansada de tanta indiferença e deboche! bjs

Lilazdavioleta disse...

Lisette não é apenas no Brasil .

O ser humano , na sua maioria , só vê dinheiro e poder à sua frente .
Andamos muito " doentes " .


Um beijo

Blue disse...

Andamos sem segurança a muito tempo. Até dá pra dizer que foi a partir do momento que a indústria automobilística aqui se instalou.
Vale o lucro para as empresas.

Beijo

Andradarte disse...

Isso acontece em todo o lado....por
aqui....foi a Toiota e um modelo da Nissan, que regressaram às oficinas, para revisão de uma peça qualquer...
Cada vez se trabalha pior.....é a
pressa de fazer dinheiro..!!!
Beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Sempre prestando informações muito
úteis nos seus posts.
Bj.
Irene Alves

*Escritora de Artes* disse...

Muito útil esse post, no Brasil tudo que se resume em segurança é uma vergonha...

Bjos

JG Costa disse...

Agora são 61 mil mortes em 2012, segundo DPVAT, e mais de 350 mil com traumas permanentes.
Quando é que o Brasil vai começar, de fato, a reduzir os números da mortalidade via acidentes de trânsito?
A Austrália levou 20 anos, em alguns estados, para conseguir reduzir pela metade o número de vítimas fatais, investindo em políticas públicas, dificultando a vida dos novos condutores, para ter motoristas mais competentes, gastando muito em campanhas de educação de trânsito sérias, endurecendo as leis e abusando da tecnologia em favor da vida!
Se não começarmos logo, somente nossos netos conseguirão ver as mudanças.
Abraços renovados!

Mimirabolante disse...

Existe uma grande inversão de valors....bens de consumo valem mais do que a vida!!!
bjcas

Mariangela disse...

Hoje o dinheiro está a frente de tudo para muitos... é o Deus deles!
Beijos amiga,
Mariangela