Translate

domingo, 19 de maio de 2013

10 sugestões paliativas da FGV para o trânsito de SP

A cada dia que passa, São Paulo perde mais dinheiro por causa do trânsito. O valor chega a R$ 40 bi por ano. Estudo da FGV faz sugestões paliativas para amenizar esse prejuízo São Paulo – Entre janeiro de 2003 e setembro de 2012, 2.540.659 veículos foram adicionados à já enorme frota de São Paulo. Isso representou 730 novos carros, caminhões ou ônibus nas ruas paulistanas todos os dias, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). 
Tantos veículos não saem de graça para a cidade. Pior, são sinônimos de prejuízo para o município e o Brasil. Um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas e divulgado nesta sexta-feira mostrou que a capital paulista perde R$ 40 bilhões por ano - cerca de 1% do PIB nacional - com engarrafamentos. As maiores perdas se dão por causa do custo de oportunidade, ou seja, aquilo que deixamos de produzir porque estamos ociosos no trânsito, mas há ainda os custos adicionais de combustíveis e de transporte de mercadorias. 
Carros são parte do problema, sim, mas a FGV não isenta o planejamento urbano – ou a falta dele – da responsabilidade pelos congestionamentos. Afinal, segundo o estudo, Nova York, nos Estados Unidos, tem cinco vezes a densidade de veículos de São Paulo, mas congestionamentos menos intensos. O problema, segundo a FGV, é a ideia de que o trânsito só poderá ser resolvido quando o transporte público se tornar decente, o que pode demorar décadas e gera certa imobilidade das autoridades para combater o prejuízo hoje. 
Afinal, a cidade está perdendo dinheiro diariamente. E os cidadãos, paciência e qualidade de vida. Com isso, o estudo “Os custos dos congestionamentos na cidade de São Paulo” pensou em 10 soluções - apenas paliativas - para ajudar a diminuir o problema desde já. 
De curto, médio e longo prazos, algumas delas são mais conhecidas, outras mais polêmicas, como a adoção do pedágio urbano. 
 Confira: 
 1. Redirecionar recursos das grandes obras para aquelas que valorizem o sistema paralelo de ruas e permita que as grandes vias sejam desafogadas
; 2. Fiscalizar com rigor veículos velhos e inseguros;
3. Restringir a circulação de caminhões de grande porte ao horário das 22h às 6h;
4. Investir em terminais de embarque e desembarque para evitar longas filas de ônibus vazios, um esperando o outro;
5. Implantar pedágio urbano, como em Londres, Milão, Estocolmo, Cingapura e Oslo;
6. Utilizar combustíveis não poluentes em toda frota de ônibus (a médio e longo prazo);
7. Utilizar o IPVA para desestimular o uso de carros antigos, com o tributo mais caro para veículos antigos;
8. Acelerar a expansão da malha metroviária através de parcerias entre as diferentes esferas de poder; 9. Utilizar as ferrovias da CPTM para implantar metrôs de superfície;
10. Tributar o uso do veículo, não seu preço.
 Trânsito
18/05/2013 07:55 Fonte: leia mais em http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/10-sugestoes-para-melhorar-o-transito-em-sp-segundo-a-fgv

43 comentários:

ONG ALERTA disse...

Nosso pais tem muito para aprender e crescer.

Pérola disse...

Há investimentos imprescindiveis...

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Viaturas a mais nas grandes cidades são um problema cuja solução não é fácil, mas há que fazer alguma coisa...
Minha querida amiga Lisette, tem uma boa semana.
Beijo.

Aline Teles disse...

É preciso investir urgentemente. Beijos.

O Árabe disse...

Oxalá sejam adaptadas e postas em prática aqui em Salvador, Lisette! Nosso trânsito está cada vez pior! Boa semana.

Vera Lúcia disse...

Olá Lisette,

Com certeza, algo há que ser feito, seja a médio ou a longo prazo. Congestionamentos são sempre desgastantes para o cidadão e onerosos para os cofres públicos.

Beijo.

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Sabe Lizete, vc já deve ter ouvido ai no Sul, aquela piada que diz que quando da criação do mundo Deus disse a um assistente:-
Aqui vou colocar uma imensa mata que será o pulmão do mundo,em quase todo seu lado direito, lindas praias de águas límpidas. Não terá ciclone nem terremotos. Belas quedas de água em vários lugares desse grande pedaço. A terra germinará o que se quiser plantar. Animais de todas as espécies. Essa terra terá o nome de Brasil.
Ah, Deus! Mas, isso é muita coisa boa para um pedaço só, disse o assistente.
E imediatamente Deus retrucou: É? Mas você vai ver o povinho que vou colocar lá.
Enquanto esse povinho não tiver educação, ele vai continuar tendo Leis, e receitas de bolo, fácil no papel, mas na prática, é que são elas.
Bjs.
Wilma

Carolina disse...

Investimentos importantes que fazem a gran diferenca. Tenha uma semana bonita, beijos.

Flor de Jasmim disse...

Que possam ser colocadas em prática e o mais rápido possivel, isto é um mal de outros paises.

beijinho e uma flor

MARILENE disse...

Qualquer medida que se adote, embora as saibamos insuficientes, já trarão ajuda. Bjs.

Lilazdavioleta disse...

Um dos muitos problemas das grandes cidades , é mesmo o trânsito .
Claro que existe o factor humano, com o seu civismo .

Um beijo , Lisette ,
Maria

Solange disse...

Investir em infra estrutura... Bjs.Sol. Saudade daqui...

Camila Monteiro disse...

Será que se a corrupção diminuísse um pouco não sobraria dinheiro para reconstruir as ruas todas do país e ainda sinalita-las?! Hehehe
Bjs

Secreta disse...

Beijito.

Lu Citadin disse...

Temos que nos mobilizar por uma transito melhor,mais calma e atenção e respeito nas estradas.

Anne Lieri disse...

Nosso país tem potencial para ferrovias e deveria investir mais nessa parte tb.Principalmente nas grandes cidades,acho que desafogaria bem o transito.Excelente post!bjs,

Ailime disse...

Olá Lisete, todas essas medidas serão indispensáveis para benefício de todos. Por aqui já houve algumas dessas medidas implementadas. Beijinhos e boa semana. Ailime

Mimirabolante disse...

Perda da qualidade de vida !!!Realmente precisamos encontrar a luz no fim do túnel !!!!
bjcas

Wanderley Elian Lima disse...

Necessitamos de soluções definitivas, antes que o caos se instale.
Bjux

SOL da Esteva disse...

Alessandra, Querida
O número de carros entrados em circulação,deveria constituir o elemento preponderante para o planeamento da circulação segura. Infelizmente os responsáveis olham o crescimento como um efeito de desenvolvimento fiscal, mas deixam as contrapartidas para as alturas do caos que, inevitavelmente, chegará.

Um bom alerta.
Parabéns.



Beijos


SOL

Mara Lua da Rosa disse...

Paleativo...
Temos tanto a fazer e aprender ainda.

Passo tb para deixar um abraço bem apertado no dia do abraço.
Bj :)

Te espero lá na nova casa do blog (Construtora de Palavras por Mara Lua da Rosa).
http://construtoradepalavras.wordpress.com/

Vera Lúcia disse...


Olá querida,

Como já comentei aqui, deixo-lhe meu agradecimento pela agradável visita.

Beijo.

Lu Cidreira disse...

De volta após um transtorno ocorrido com a minha máquina.
Pois é existem muita gente para dar sugestões, agora executar aí a coisa pega.
Aqui já existe um Chamado Porto seco e muitas jamantas e caminhões deixam de circular nas ruas do centro da cidade. Isso já ah uns trita anos, etualisados constantemente.
Abraço

Professor Gilberto Cantu disse...

Oi Lisette.
Obrigado.
Paz e Luz em seus dias.
Um beijão com carinho.
Um abração neste dia especial.

♥ Nanda ♥ disse...

"É tempo de enlaçarmos nossos braços num terno,
profundo e afetuoso abraço."

=*(‘;’)*=
>—–#—–<
Gosto de vc um tantão assim…
Na verdade é muito mais, só que não consigo esticar mais os meus bracinhos…

Feliz Dia do Abraço
http://palavrasdemenina2010.blogspot.com.br/

Carolina disse...

Excelentes sugestoes, querida amiga. Boa noite, um beijo no coracao.

Zilani Célia disse...

OI LISETTE!
SEMPRE HÁ UMA SAÍDA, SÓ TEM QUE HAVER A VONTADE DE SOLUCIONAR OS PROBLEMAS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Lilasesazuis disse...

Não consigo acreditar nessas estatísticas que dizem que o governo perde dinheiro...

Com tantas taxas que somos obrigados a pagar anualmente pelos nossos veículos, essa conversa cheira a politicagem.

As grandes multinacionais de veículos proliferaram e prosperaram...os maus políticos agiram...

À população passiva como a nossa, cabe agora, apenas colher os frutos amargos da ganância de muitos poderosos, do super faturamento de tudo o que é público...e sonhar com a solução para o trânsito de uma cidade com ruas mal traçadas - que nunca cairá dos céus!!

Certamente maquinam mais taxas e impostos para salvar definitivamente o trânsito, claro!!

Lisette, querida, tenha uma ótima noite,

beijinhos,

Lígia e =^^=

Toninho disse...

Numeros curisos Lisette que ate então nao tinha atinado por eles.Belo estudo que mostra o quanto estamos atrasados em mobilidade.
Bela partilha.
Meu abraço especial do dia.
Muita paz e luz em sua vida.
Bjo

Nal Pontes disse...

Oi, Vim aqui te dar um abraço e agradecer sua visita no meu cantinho. Parabéns pelas informações, bom está informados. bjsss

BIA disse...

Muito bom e importante as informações Lisette, é possível melhorar se todos fizerem sua parte, a consciência já é uma grande iniciativa para ser colocado em prática!!!
Bjs :)

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Vim para lhe dizer que não me esqueci de ti, nem deste lindo cantinho, peço desculpas pelo meu silencio, mas tem sido por conta da vida, que em certas vezes nos pede um pouquinho de tempo para ela mesma. Vida que apesar de nos trazeres muitos desafios a desvendar, nos trazes a serenidade de te viver com muita alegria, paz e amor.
Peço desculpas pelo recadinho montadinho, eu queria muito passar pelo seu cantinho para e ficar por mais tempinho e desfrutar do aroma deste lindo lugar, pode demorar um pouquinho, mas voltarei.
Tenha uma linda tarde coberta de muita paz e Amor!
Com carinho
Abraço amigo
Querida amiga se poder venha conhecer o meu site. http://www.mariaalicecerqueira.com.br/
O meu muito Obrigado de todo o meu coração. Que Deus os abençoe!

Bruxa disse...

Olá minha querida!
Demorei, mas cheguei (minhas visitinhas estão tão atrasadas...).
Acho que todas as sugestões apresentadas são paleativas de pouca duração, afinal é muito carro que se vende, muito carro que se compra, muita gente etc etc...
A solução seria cada estado dar condições de trabalho, moradia etc para que crescessem e se tornassem grandes, assim diminuiria, talvez, um pouco a população por aqui.
Abração esmagador e linda tarde.

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Vim para lhe dizer que não me esqueci de ti, nem deste lindo cantinho, peço desculpas pelo meu silencio, mas tem sido por conta da vida, que em certas vezes nos pede um pouquinho de tempo para ela mesma. Vida que apesar de nos trazeres muitos desafios a desvendar, nos trazes a serenidade de te viver com muita alegria, paz e amor.
Peço desculpas pelo recadinho montadinho, eu queria muito passar pelo seu cantinho para e ficar por mais tempinho e desfrutar do aroma deste lindo lugar, pode demorar um pouquinho, mas voltarei.
Tenha uma linda tarde coberta de muita paz e Amor!
Com carinho
Abraço amigo
Querida amiga se poder venha conhecer o meu site. http://www.mariaalicecerqueira.com.br/
O meu muito Obrigado de todo o meu coração. Que Deus os abençoe!

Imaculada disse...

Texto oportuno e bastante reflexivo!
Otimas colocações... que bom seria se nossos governantes atentassem para isso. Abraços! Tudo de bom pra ti.

Elisa T. Campos disse...

Oi Lizete

Não sei se o problema de trânsito tem solução. Cada dia que passa ficamos no meio deste emaranhado de carros nas vias principais com obras em ação que nunca terminam. Ultimamente transitar também pela Av República do Líbano ficou um caos.

Um lindo dia para você.
Bjs.

Clau disse...

Boa noite Lisette :)
Essas 10 soluções paliativas,
creio que não resolveriam o problema dos congestionamentos.
O trânsito em São Paulo é caótico...
e as pessoas não tem educação e respeito no trânsito.
Bjs \o/

Lilá(s) disse...

Investir é necessário e
rapidamente!
Bjs

Ane disse...

Acho que o melhor é investir em metrôs,mas todas estas soluções são válidas também.Um beijo!

Sônia Silvino, Crazy about Blogs! disse...

Falta competência e vontade política de realmente resolver os problemas nesse país.
Beijocas, amiga!
Bom fim de semana!

Misturação - Ana Karla disse...

Também acho Lisette, nosso país tem mesmo muito o que aprender.
Acho que um grande paliativo são os transportes coletivos, mas precisam que sejam descentes.
Xeros
(sempre alegre com sua presença)

Mary disse...

Lisette minha querida, obrigada pelo carinho da visita.

Te desejo um lindo e abençoado fds...

Sandra Stegues Silva disse...

Olá!
Conheci o blog através do "Profetizando tudo posso", da amiga Ivaneide, e já estou seguindo aqui.
Creio que é por aí mesmo, o importante é que alguma coisa seja feita.

Um grande abraço...abençoada semana!