Translate

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Previsão do programa nacional era instalar 212 equipamentos até o fim do ano, mas só 75 estão operando e registrando infrações

Em execução desde fevereiro do ano passado para reduzir o número de acidentes em estradas federais, o Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade movimenta-se em marcha lenta, de acordo com uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU). O relatório, publicado em outubro, apontou que a implementação do programa no país ocorria em um ritmo muito aquém do previsto pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e que as infrações flagradas por alguns equipamentos não eram traduzidas em multas aos motoristas.

Inicialmente, o cronograma do programa previa que 2.117 equipamentos estivessem em funcionamento em todo o país até o final de 2012. Diante da auditoria, gestores do Dnit, em acordo com as empresas contratadas, reduziram a meta a fim de pôr 1.650 medidores de velocidade em operação até o fim de dezembro. Mas, a um mês do prazo, somente 960 equipamentos estão gerando notificações no Brasil.

No Rio Grande do Sul, a previsão é instalar, até o fim do ano, 212 equipamentos de controle de velocidade para o monitoramento de 234 faixas de tráfego nas estradas federais. Porém, até 20 de novembro, apenas 141 – 91 barreiras e 50 radares – haviam sido colocados em 145 faixas das rodovias.

E o número de equipamentos que realmente gera notificações aos condutores é ainda menor: só 75 estão ligados e aferidos pelo Inmetro, o que significa que menos da metade dos radares e barreiras previstos para começar a funcionar no fim de 2012 está em completa operação.

Ainda segundo o relatório do TCU, embora alguns pardais estejam em operação, as notificações de infrações e de penalidades não estão sendo produzidas, o que impossibilitaria a aplicação de sanções. Esta limitação decorreria, principalmente, da falta de acesso, por parte do Dnit, ao Sistema de Registro Nacional de Infrações (Renainf) para obter informações dos proprietários dos veículos que são necessárias à autuação.

Em resposta, a sede do Dnit, em Brasília, afirmou que o sistema foi ajustado e funciona completamente. Entre 10 de agosto e 29 de novembro, com base nos registros fotográficos feitos pelos equipamentos, mais de 800 mil notificações já foram emitidas. No Estado, o problema também estaria resolvido.

– O Dnit enfrentou problemas com relação à consulta de dados do Renainf, mas isto já foi solucionado e as notificações já estão sendo registradas – explica a engenheira Paula Ariotti, analista de Infraestrutura de Transportes do Dnit no Rio Grande do Sul.

Mais 71 equipamentos estão em fase de aprovação para serem instalados

De acordo com a superintendência regional do Dnit, mais 71 equipamentos devem ser instalados em 89 faixas de tráfego no Estado, mas estão em fase final de aprovação. O superintendente do departamento no Estado, Pedro Luzardo Gomes, afirmou que está em contato com a sede, em Brasília, para acelerar as notas de instalação e as ligações de energia.

Controle e descontrole

Para cumprir a 1ª fase do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade, o Dnit/RS precisa:

- Monitorar 234 faixas de tráfego com 212 equipamentos de velocidade

PORÉM, ATÉ AGORA:

- Foram instalados 141 equipamentos que monitoram 145 faixas.

- Desses, apenas 75 estão em operação e registrando infrações.



26 comentários:

ONG ALERTA disse...

Infelizmnete falta responsabilidade neste pais tudo sempre é pela metade, quando executado!

Renata Diniz disse...

Oi Lisette! Infelizmente, é assim mesmo. Parece que tudo que se faz é para "Inglês ver". Beijos!

Ana Bailune disse...

Olá! Sou totalmente favorável aos pardais, mas não entendo o porquê de se ter que colocar sinalização avisando aos motoristas da presença deles! Acho isso uma tremenda hipocrisia! Se não houvesse sinalização sobre os pardais, todo mundo dirigiria com mais cautela, e não apenas quando estivessem trafegando nos locais onde os pardais se encontram. O fator surpresa faria o controle.

Everson Russo disse...

Por aqui nada é feito com seriedade,,,beijos amiga e um belo final de semana pra ti.

✿ chica disse...

Pena!É sempre assim! beijos,chica

Mariangela disse...

Até parece que fazem alguma coisa corretamente e com seriedade!
É assim mesmo!
Beijos Lisette

Tina Bau Couto disse...

Para estádios de futebol a agilidade é fantástica.
Uma vergonha, uma falta de amor a vida, de respeito, de nem sei o que.

Bom te ter por lá :)

Lua Negra disse...

Isso sempre me assusta "maquiagem" para turista ver...

Espero que a responsabilidade no futuro caminhe junto com a seriedade.
Beijinhos de luz.
Lua

Flor de Jasmim disse...

Infelizmente fazem-se promessas e não se cumprem, serviços feitos pela metade, é uma irresponsabilidade que também temos muito por estas bandas.
Bom fim de semana Lisette

beijinho e uma flor

Smareis disse...

Lizette,

O Brasil é assim e acho que nunca haverá mudança, só promessa e obra pela metade.Posso até ser pessimista mas é assim que penso desses tipos de governantes.


Deixo um grande abraços!
Ótimo fim de semana!

Clique-Refletindo com a Smareis

Luciana Santa Rita disse...

Oi Lisette,

Tudo bem? Um texto que representa como a morosidade poderá impactar na perda de várias vidas.

Beijos.

MARILENE disse...

Nas estradas, o excesso de velocidade é terrível. E se observarmos veremos que ele não nos leva, com mais rapidez, a lugar algum. E o pior é que, nem sempre, os cautelosos ficam livres da imprudência. Só mesmo altas multas para que cumpram a sinalização. Bjs.

Betty Gaeta disse...

Oi Lisette,
O governo é lerdo em tudo, até nas providências qto ao trânsito, infelizmente...
Beijos 1000, tenha um ótimo final de semana.

GOSTO DISTO!

Everson Russo disse...

Um belo sábado pra ti amiga,,,beijos e flores...

Orvalho do Céu disse...

Olá, queria amiga Lisett
Obrigada por ter-me visitado nesta longa ausência...
Vc sempre mostrando a realidade dos fatos e desmascarando as falsas promessas...
Tem um convite pra vc amanhã dia 9 e 10...
Bjs de paz e bem

Magia da Inês disse...

✿✿°•.

Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
¸.✿°°•.¸.¸•°♡⊱╮╮

Rita disse...

Umm texto bom para refletir
sobre tudo nesse transito caótico
que temos
Abraços de boa noite com bons
sonhos bjuss
Rita

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei o seu blog , que me chamou à atenção li a primeira postagem e folhe-ei mais lagumas, é um blog feito com muito entusiasmo, e dedicação, gostei do conteúdo e quero deixar os meus parabéns, quando encontro um blog bom deixo sempre um comentário e um convite.Ficarei grato se me der a honra da sua visita no meu blog O Peregrino E Servo. Se desejar seguir eu sempre vou retribuir seguindo seu blog também.
Sou António Batalha, cristão evangelico. Deixo a minha benção, e a paz de Jesus.
PS.Ao seguir meu blog faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog, para que possa segui também.

Aline Teles disse...

Tudo é um clico vicioso. Falta de responsabilidade por parte da Administração Pública gera falta de responsabilidade no trânsito. Até quando? Beijinhos.

Fê-blue bird disse...

Não é só aí amiga, por cá tudo fica no papel.
Continue a sua luta!
Um beijinho grande

Zilani Célia disse...

OI LISETE!
PURA IRRESPONSABILIDADE.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Passando para deixar um beijinho com carinho e desejar uma semana cheia de paz.

Sonhadora

Elisa T. Campos disse...

Um dia tudo irá entrar nos eixos. Espero.
Bjs.

Vera Lúcia disse...


Olá Lisette,

A morosidade corrobora para a difícil tarefa de controlar a velocidade e minimizar os acidentes. Os condutores de veículos, por si só, não respeitam espontaneamente a velocidade, necessitando, infelizmente, de mecanismos de coação para que dirijam com mais prudência.

Beijo.

Mimirabolante disse...

E a violência e a imprudência crescem diariamente......amiga,vim me despedir e te avisar que em breve vou estar de férias!!!Descansar um pouco e me reciclar,para entrar em 2013 bem disposta!!!Mil beijocas,bom Natal,Feliz Ano que logo se iniciará !!!Boa Sorte!!!E assim que voltar,venho te visitar!!!Bye !!!!!

pensandoemfamilia disse...

Passei para desejar que o espírito natalino faça parte do seu cotidiano e que 2013 traga muitos bons momentos de alegria, de saúde e de paz.

Boas Festas