Translate

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Pesquisa revela que um a cada três jovens dirige sob efeito de álcool

54% dos acidentes foram causados por jovens entre 18 e 35 anos. Levantamento considera período de agosto de 2011 a junho de 2012.

Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) mostra um dado preocupante: um em cada três universitários faz uso de bebidas alcoólicas e saem de carro depois, o que tem contribuído para o crescente número de acidentes de trânsito envolvendo jovens. De acordo com o levantamento de uma seguradora, 54% dos acidentes entre agosto de 2011 e junho de 2012 foram causados por jovens entre 18 e 35 anos. Uma das explicações para esses números é a imprudência, mas o risco aumenta quando se combina a direção com bebidas alcoólicas.
A realidade pode ser confirmada em todos os plantões da Santa Casa. Segundo o médico traumatologista Ricardo de Castro, os jovens têm abusado cada vez mais e têm sofrido mais acidentes. “Cada vez mais eles chegam alcoolizados após um acidente de trânsito, como causador ou vítima do acidente”, disse Castro. “Com isso, a gravidade das fraturas e as sequelas aumentam”, completou.
Acidentes de trânsito é maior entre os jovens que bebem (Foto: Wilson Aiello/EPTV)Alguns estudantes contam que já dirigiram embriagados. Um deles teve o carro destruído em um acidente após ter bebido. “Eu bati na traseira de outro carro e destruí os dois. Honestamente não me lembro muito bem como aconteceu, só acordei na delegacia da polícia”, contou Daniel Corbo, estudante de engenharia de materiais. Agora dizem que tomam mais cuidado, alugam vans para ir e voltar das festas ou elegem alguém que não vai beber para ser o motorista.
Dados da PM
Segundo dados da Polícia Mlitar, no ano passado, 14 mil motoristas, não só jovens, mas de todas as idades, foram autuados no Estado de São Paulo por dirigirem sob efeito do álcool. Desses, 2,7 mil e foram presos em flagrante. Neste ano, só até agosto, foram 19 mil autuações e 2,3 mil prisões de motoristas que dirigiam embriagados.

Fonte: 27/09/2012 15h25 - Atualizado em 27/09/2012 15h50

35 comentários:

ONG ALERTA disse...

Uma luta diária álcool e direçáo náo combinam!

Renata Diniz disse...

Lisette. Uma luta árdua e necessária. Beijos e ótimo fim de semana!

AC disse...

A pressa de viver mas que, no fundo, é desrespeito pela vida...

Beijo :)

✿ chica disse...

Inacreditável que eles AINDA não tenham entendido isso. Difícil,não? beijos,chica

Lucinha disse...

Lisete,

Uma estatística muito triste.
Aqui na NZ, o Governo tenta conter de todas as formas a diminuição do consumo de bebidas alcoólicas que não são vendidas em qualquer lugar e o preço cada vez mais alto. Pra você ter uma ideia, não vendem nem nos grandes supermercados. E, só compra maiores de 21 anos, mostrando a documentação. Mesmo assim, o índice de acidentes é considerado grande.
As multas de trânsito para esse tipo de infração é cara e muitas vezes, dependendo, acaba em prisão.
Não estou relatando isso pra desfazer de meu país que amo demais, mas sim pra mostrar que um país tão pequeno, luta pelo bem estar de seu povo.

Obrigada pelo carinho de sempre lá no meu blog.

Um lindo e abençoado final de semana. Beijos

Magia da Inês disse...

.•°♫♪♪

Bom fim de semana!
Beijinhos.

彡♪♫°¸.•♫°`

Antônio Lídio Gomes disse...

O álcool é um ingrediente maligno neste embate.
Um abraço Lisette.
Bjs.

Tetê disse...

Oi Lisette! Acabo de atualizar o EcoBlog. Obrigada pela visita! Beijocas ecológicas e bom final de semana!

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

... esses moços, pobres moços, ah! se soubessem o que eu sei.
Só mesmo parodeando o velho Lupi.
beijos.
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita ao Filosofando! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Anne Lieri disse...

Lisette,o abuso de alcool pelos motoristas é mesmo mais que preocupante,especialmente os jovens que tb usam drogas.Só rezando para sair á rua!bjs e bom final de semana!

Toninhobira disse...

Eu fico analisando Lisette, que o alcool sempre este presente na juventude que dirige,ocorre que o transito ficou mais perigoso com o numero de carros e as velocidades maiores dos carros.Mas é um numero preocupante e as ações não tem tido o efeito esperado.É realmente uma luta sem fim direção e alcool.
Que Deus nos proteja amiga.
Bom domingo pra voce.
Meu terno abraço de paz e luz.
Bjo.

Crista disse...

Postei no meu facebook o link de teu blog...
Foi uma maneira de te demonstrar o quanto gosto de ti e daqui.
Feliz domingo...
Beijos!

José Ramón disse...

Interesante esta entrada fabuloso su blog mis felicitaciones.
Saludos desde Abstracción texto y Reflexión

Luciana Santa Rita disse...

Lisette,

Tudo bem? Outra reportagem que é a realidade do Brasil. Que se imponha regras mais duras contra o álcool no transito.

Bom domingo e beijos.

Evanir disse...

Fico feliz em perceber que certas pessoas,
como nós, têm a capacidade de reconstruir para recomeçar.
Isso é sinal de garra e de luta, é saber viver, é tirar o
melhor de todos os passageiros.
Agradeço a Deus por você fazer parte da minha viagem,
e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado,
com certeza,o vagão é o mesmo.
Com saudades desejo um feliz Domingo,
beijos na sua alma carinhosamente,Evanir.
A Viagem..

Por Amor disse...

Lisette ... Há que se agir com rigor ... Em tudo que possa a vir ceifar vidas humanas ...por irresponsabilidades...!!! Tudo em favor da vida ...É ...Educar seria muito bom como forma de prevenir ...isso começa em casa na família...Um grande beijo Pedro Pugliese

Everson Russo disse...

Um bom domingo e uma excelente semana pra ti minha amiga,,paz flores e poesias sempre....beijos e beijos.

Ane disse...

Só tem um jeito pra estes acidentes:punir com rigor!Ontem teve um aqui na BR,o motorista estava bebado e matou um homem que atravessava a caminho do trabalho.
Um abraço!

MARILENE disse...

Embora tenhamos ciência de pessoas mais maduras dirigindo embriagadas, ainda são os jovens, infelizmente, que mais o fazem, sem atentar para sua responsabilidade e para os riscos de seus atos. Bjs.

O Árabe disse...

Infelizmente, minha amiga, nem só os jovens! Aqui, acabam de liberar a venda de bebidas em postos de gasolina. :( Boa semana, fica bem.

Sónia M. disse...

Números deveras preocupantes!!
Quando a vida não se respeita, que resta para respeitar?

Bom inicio de semana Lisette.
Beijo
Sónia

ValériaC disse...

Impressionante...eles autuam e flagram tantos dirigindo alcoolizados, agora imagine se a fiscalização fosse intensa? Quantos mais não seriam pegos?
Triste ver que a irresponsabilidade anda de mãos dadas com tantos motoristas.
Boa semana amiga, beijos,
Valéria

Aline Teles disse...

Triste realidade. Isso é falta de educação, consciência e punição. Beijinhos.

Evanir disse...

Agradeço a você por sua amizade tão especial,
e por me fazer sentir que sou alguém
com quem você se importa.
Agradeço a você por todas suas visitas,
embora muitas vezes não consigo fazer visitas
sua presença é marcante no meu blog.
Deus lhe de uma semana abençoada beijos paz e luz,Evanir.

Eu...Suzana disse...

Os jovens pensam que nunca acontecerão acidentes com eles, até que o destino realize o contrário. Uma pena que tenham que aprender da forma mais trágica. Álcool e direção nunca combinaram!! Beijos amiga e boa semana.

Vida Eterno Crescimento disse...

Bom dia a todos,
Na sequencia dessa triste estatística, tentamos desenvolver o que significa um "condutor designado", também anexamos um pequeno filme patrocinado pelo governo espanhol.
Infelizmente a combinaçao de beber e dirigir, é uma cruel e tráumatica atitude que marca a vida dos que menos merecem tal sofrimento!
cordial abraço a todos, wilson http://devagarsevaimaislonge.blogspot.com/2012/09/condutor-designado-motorista-escolhido.html

Pérola disse...

Educação é urgente. Cada vez mais...
Beijinho

Valéria disse...

Oi Lisette!
É incrível isso não? Tantas estatísticas, tantos exemplos, tantas tragédias e eles continuam a persistir no erro e causar cada vez mais sofrimento. Realmente é uma fórmula que não combina, álcool x direção.
Beijinhos e uma semana iluminada!

Nyce Pinto. disse...

Olá Lisette, sempre é tempo de mudar...o aprendizado é as vezes lento, não podemos deixar de plantar a boa semente, um dia todos entenderão, acredito nisso! Tenha um noite de paz e serenidade. Abraços...

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

E há quem acredite
que somente campanhas
de televisão
são capazes
de mudar este cenário...

Fique com tudo aquilo
que te acalme o coração.

Aluísio Cavalcante Jr.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Aqui os jovens estão também a beber demais e cada vez mais cedo. Eles não bebem vinho à refeição, mas em contrapartida abusam das bebidas brancas o que é pior; por isso aqui, aos fins de semana à saída de bares e discotecas há sempre policias e é muito perigosos arriscarem a pegar os carros, poi serão quase de certeza a fufar o balão, como se costuma dizer. Mesmo assim, morrem muitos por causa dos excessos; é que, além do alcool ainda tomam aqueles comprimidinhos que os deixam alucinados e então aí o caso fica muito feio. É triste, mas é assim que estão os jovens também aqui em Porugal. Penso que falta muita educação em casa. Quando os meus filhos tiraram carta o 1º aviso que lhes fiz, foi que se tivessem um acidente e esse tivesse sido provocado por alcool, ficariam sem o carro; sabiam que eu falava sério, pois conhecem-me. Não
ão sei se foram os avisos, mas tenho um com 35 e outra com 30; claro que bebem como os outros, mas até hoje não tiveram um acidente sequer. Claro que não estão livres de ter um, mas o que eu não admito é que seja por alcool ou por excesso de velocidade. Acho que o papel dos pais é fundamental. Um beijinho, Lisette e fica bem, amiga.
Emília

Livinha disse...

É de se lamentar
que as estatísticas comprovem
tamanho absurdo com tantas coisas acontecendo por aí, o álcool coisa que todo mundo sabe nunca foi um bom camarada...

Entender, entendem, mas não pensam, na verdade o que se pensa é que nunca tal coisa haverá de acontecer consigo mesmo...

Beijos

Livinha

Mariangela disse...

Oi Lisette!

A maioria dos jovens tem acesso as informações, aos alertas das campanhas, não são leigos no assunto, e no entanto não são cuidadosos!
Ou dirigem após ingerir álcool ou vão como passageiro, muitas vez dormindo, em nem prestam a devida atenção no motorista amigo, que possa estar alcoolizado e com sono!
E muitas vezes são teimosos!
Precisa haver mais respeito com a própria vida!

Beijos!
Mariangela

Kellen Bittencourt disse...

Oii Lisette, lamentável esta estatística, p quem tem filhos adolescentes como eu é preocupante, a gente orienta, confia, reza e entrega p Deus, no fim temos que estar sempre em vigília, não apenas pelos nossos mas pelos amigos dos nossos! Complicado! Bjoooss