Translate

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Após inquérito do MP, CET diz que limite de 60 km/h reduziu acidentes

MP investiga se objetivo da prefeitura foi arrecadar mais.

CET defende parâmetro afirmando ainda que número de multas caiu.
Avenida dos Bandeirantes, onde limite caiu de 70 km/h para 60 km/h (Foto: Juliana Cardilli/G1)A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou na tarde desta quinta-feira (20) que a redução do limite de velocidade para 60 km/h em vias da capital paulista fez aumentar o respeito por parte dos motoristas e ainda diminuiu o número de acidentes de trânsito.

O comunicado divulgado pela companhia foi uma resposta à divulgação por parte do Ministério Público de que abriu um inquérito para investigar possíveis irregularidades na diminuição do limite de velocidade em vias da capital paulista de 70 km/h para 60 km/h. O objetivo, segundo o MP, é averiguar se a mudança na velocidade máxima ocorre com o único objetivo de evitar acidentes ou se há intenção de maior arrecadação com multas pela Prefeitura de São Paulo.
MP investiga redução no limite de velocidade em ruas de SP pela CETCET uniformiza velocidade máxima em mais 6 vias de SP nesta segundaA CET nega a tese de indústria da multa. O Programa de Padronização da Velocidade é implantado desde 2010 e já atingiu mais de 270 vias da cidade, que passaram a ter o limite de 60 km/h. Um dos dados apresentados pela CET diz respeito a multas. Foram 5,6 milhões neste ano, até julho. Desse total, 1,7 milhão por excesso de velocidade - no mesmo período do ano passado foram cerca de 2 milhões.
A CET também divulgou dados que mostram a redução no número de acidentes em diversos eixos. Em um deles, o Leste/Oeste, que abrange as avenida como Francisco Matarazzo, Elevado Arthur da Costa e Silva e Avenida Antônio Estevão de Carvalho, entre outras, houve redução de 14% no número de acidentes e atropelamentos no corredor. Foram registrados 2.179 acidentes entre os meses de abril e novembro de 2010, ante 1.870 no mesmo período de 2011.
Inquérito

O promotor Valter Santin pede esclarecimentos ao município sobre a sinalização de vias, sobre os critérios para a fixação da velocidade, índice de congestionamento antes e depois da mudança e ainda a quantidade de veículos multados por excesso de velocidade nos últimos cinco anos e os valores arrecadados por essas autuações.
A CET afirma que prestou todas as informações solicitadas pelo Ministério Público.

Para ler mais notícias do G1 SP, clique em g1.globo.com/sp. Siga também o G1 SP no Twitter e por RSS.
Fonte: 20/09/2012 19h33 - Atualizado em 20/09/2012 19h33

50 comentários:

ONG ALERTA disse...

O execesso de velocidade mata!
Devemos dirigir com responsabilidade.

I know my children. disse...

Vc tem toda razão, Lisette. E acho até que o limite, no perímetro urbano, deveria ser de 50 km, sem permissão de ultrapassagem. É assim na cidade onde moro e raramente temos acidentes. Quando ocorrem, dificilmente resultam em vítimas fatais. Acho que o promotor olhou a medida pelo ângulo errado, uma vez que quem respeita o limite, jamais será multado. Abraços e até a próxima! Márcia

flor de cristal disse...

Acredito que toda imprudência deveria ser caso de policia. Meu irmão que é ciclista foi vitima de atropelamento pq em canalha avançou o sinal e por conta disso meu irmão usará um colete por cinco meses pq fraturou a coluna. E sabem o que aconteceu com o canalha, NADA! O canalha evadiu do local.

Eu sinceramente não vejo uma luz no fim do túnel e acho tudo isso muito triste... *(

Beijos querida!

flor de cristal .

Mariangela disse...

Todo o excesso é prejudicial...
mais ainda esse que mata, destrói
vidas.
Tem mesmo que haver limite de velocidades em todos lugares!
beijos e um ótimo dia!
Mariangela

Solange disse...

passo sempre aqui pra me atualizar com teus escritos...
e aproveito pra te desejar um ótimo final de semana!

bjs.Sol

Ivone Poemas disse...

Esse blog é mesmo instrutivo, as pessoas só precisam ter responsabilidades, respeitar as leis, limites de velocidades é mesmo o que se tem de obedecer, cuidar e nunca consumir bebidas alcoólicas antes de dirigir, pois aqui em Sampa a partir de hoje a polícia vai "tomar conta nos bares"! Pois é, tem de ser mesmo por multas, mesmo que muitos achem que tudo o que está aí só é para gerar multas, que fazer?
Tem-se que pagar para aprender, quem sabe assim aprendem?
Abraços e bom fim de semana!

Por Amor disse...

Oi Alessandra ...Acho prudentíssimo o limite de 60 Km por hora para Lá... Não só diminuirá os acidentes mas o mais importante ...a cidade suas ruas e avenidas estão cheias de carros e outros ...Neste aumento devemos analisar muito gente acaba de comprar um veículo ...tem pouca experiencia na direção... ainda mais num transito complicado com de São Paulo ...Eu acho que prudencia nunca é demais... Quanto a questão do ministério público averiguar ...é dever deles ...tem que fazer seu papel...eles ganham pra isso !!!com meu carinho Pedro Pugliese

Pérola disse...

10 km por hora podem fazer a diferença entre a vida e a morte.

Beijinho

Maria José Rezende disse...

Olá amiga. Ainda bem que as estatísticas mostram redução nos acidentes. Beijos e bom final de semana.

Eliane disse...

Olá Lisette!
O ideal é mesmo a velocidade de 50 km por hora.E já faz bastante diferença na estatístca na diminuição dos acidentes.
Bom fim de semana!
Beijos!

MARILENE disse...

Não adianta só estabelecer os limites, é preciso fiscalizar e punir. Bjs.

Sandra disse...

VOU TE ESPERAR AMANHÃ NESTE CANTINHO BEM ESPECIAL http://sandrarandrade7.blogspot.com.br/
TEM SURPRESA BEM ESPECIAL PARA OS AMIGOS ESPECEIAIS. VENHA VOU TE ESPERAR, NA CURIOSA TANBÉM TEM O LINK PARA A GRANDE SURPRESA, NÃO DEIXE DE VIR. VOCÊ É O MEU(MINHA) CONVIDADO(A) ESPECIAL.
CARINHOSAMENTE.
SANDRA
AMIGOS COMPARTILHAM. PRINCIPALMENTE NESTA DATA BEM ESPECIAL DA MINHA VIDA.
CELEBRE A VIDA.

LUCONI disse...

Sim Lisette, a velocidade é um fato importante e fatal, amiga vou precisar me afastar por uns trinta dias, não ando bem, ando vazia, oca, vou tentar me reencontrar, deixei um último texto lá, até a volta, beijos Luconi

Nyce Pinto. disse...

Lissete, apesar de tudo a Primavera volta todos os anos, por isso estou aqui para desejar uma Primavera com muitas flores e renascimento! Um abraço...

Luciana Santa Rita disse...

Lisette,

Boa noite! Confesso que sou exagerada, mas tudo poderia mudar se os carros fossem limitados a uma velocidade de 60 km. Isso sim seria a valorização da vida. Todavia, o capital prevalece sobre a vida.

Bom domingo.

Cidinha disse...

Olá, amiga. Parabéns pelo seu trabalho! è uma boa noticia a redução de limite de velocidade. Temos sempre esperança de que acabe a impunição e os excessos de acidentes no país. Obrigada Lissete pelo carinho da visita! Beijos e bom domingo.

Magia da Inês disse...

✿彡
º°♫♪º°

Boa semana, amiga!
Beijinhos.

♫♪♪¸.•°`❤彡

Graça Pereira disse...

Que estas leis venham trazer uma certa paz às estradas...
Um beijo e uma excelente semana.
Graça

Ane disse...

Oi Lissete!O controle de velocidade funciona,taí uma coisa que a maioria dos motoristas respeita...Só não pode é servir para industria de multas...

Aline Teles disse...

Eu acho plenamente possível e mais seguro andar em uma velocidade sem excesso, 60 km está ótimo (em alguns trechos deveria ser menos) no perímetro urbano (também nas rodovias, mas não digo 60 km).

Só pra você disse...

Olá como vai?

O SO PRA VOCê quer lhe agredecer de um modo especial, preparei 3 selos para lhe presentear, venha pegá-los, vc faz parte do meu coração. Obrigada por todo o apoio, graças a vc que meu blog existe.

Abraços e um ótimo domingo.

Auxiliadora RS

Maria Adeladia disse...

As pessoas só precisam de mais educação no trânsito e um pouco de amor no coração pela sua vida e a do próximo!
Beijos minha amiga. Felicidades!!!

Michelle Louzeiro Nazar disse...

Acho que esses excessos aliados ao desrespeito às leis de trânsito causam consequências inimagináveis. Aqui onde moro, amiga, sinto que as pessoas meio que precisam estar a mais de 100 km/h para se acharam confiantes..bate um sentimento de impotência. Ótimo post, como sempre! Beijos!

ValériaC disse...

Eu sempre me questiono até que ponto colocam radares em certos lugares das cidades para reduzir acidentes e até que ponto é meio de arrecadação de dinheiro.
Mas concordo que sempre é válido que dentre várias atitudes, se conscientizem que reduzir a velocidade pode evitar muitos acidentes.
Beijos, boa semana,
Valéria

O Árabe disse...

Já é um passo à frente, Lisette. Mas o que resolve, mesmo, é a conscientização das pessoas. Boa semana, amiga!

Ani Cristal disse...

Escale todas as montanhas, atravesse todos os rios, siga todas as cores do arco-iris, até que você realize todos os seus sonhos.

Tenha uma linda semana.

Beijos
Ani

Flor de Jasmim disse...

Que estas leis sejam respeitadas para colocar alguma estabilidade na estrada.
Boa semana querida

Beijinho e uma flor

Anônimo disse...

Concordo que a redução do limite diminua os acidentes. Que tal baixar para 50,40, ou talvez 10km/h, assim seria reduzido quase a zero os acidentes com vitimas fatais. Pq ao inves de reduzir o limite de velocidade, construir metro de qualidade e retirar os carros das ruas? É nisso que deviamos estar pensando.

REINVENTANDO disse...

Será que esses dados são reais? Ás vezes fico em dúvida se são fidedigninos. Abraços. Sandra

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Infelizmente a imprudência ainda reina nas estradas por todo o lado.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

manuela barroso disse...

Lisette, um total desrespeito pelas pessoas quando não se tem em mente que um carro pode ser uma arma.
A velocidade não é compatível com os reflexos precisos no momento certo.
Um blog sempre atento!
Grande abraço

Lilá(s) disse...

Toda a prudência é pouca, no perímetro urbano, 50 km é o ideal.
Bjs

Esplendor da Criação disse...

Que bom, esperamos que sejam respeitadas as leis, para que realmente diminua este massacre que vemos nas estradas. Bjs. Ieda.

Olhos de mel disse...

Com certeza amiga, o limite diminui e muito o índice de acidentes. Creio que deveria ser prática em todos os perímetros urbanos.
Beijos

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Denise disse...

Algumas padronizações são interessantes, principalmente para quem mora em outras cidades e vai para S. Paulo, fica mais fácil andar. Claro que, quando andamos mais rápido o índice de acidentes aumenta. Muita paz!

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Everson Russo disse...

Uma linda noite pra ti minha amiga querida,,,paz,,,carinho e muita poesia...beijos e flores...

CamilaSB disse...

Todas as medidas que sejam tomadas, para reduzir o número e a gravidade dos acidentes, são de louvar e, concordo, que o excesso de velocidade mata!
Quanto às multas... as pessoas têm que aprender, a respeitar as regras de trânsito para o seu próprio bem e, para o de todos os outros... é uma questão de prevenção e de educação!
Beijinhos carinhosos Lisette! Tenha uma semana com muita luz e paz :)

Eli disse...

Um abraço pra ti, amiga!
Fique com Deus!

Celina disse...

OI querida amiga um final de semana de muita paz, tudo que for feito para diminuir mortes será sempre bem-vindo principalmente excesso de velocidade que é uma das causas de muitas acidentes principalmente quando vem acompanhado de acool. Um abraço carinhoso. Celina.

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Peregrina da Paz disse...

Oi! Muito bom o seu post! Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Leila

Vera Lúcia disse...


Olá Lisette,

A redução da velocidade, respeitada e bem fiscalizada, já será um passo satisfatório para o combate aos excessos.

Ótimo final de semana.

Beijo.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Esta é uma
das mais
fortes provas,
de que quando
se usa a lei
para preservar
a vida,
esta lei
encontra em muitos
o seu real sentido.

Que haja sempre um sonho
a te habitar o entardecer do dia.

Aluísio Cavalcante Jr.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Esta é uma
das mais
fortes provas,
de que quando
se usa a lei
para preservar
a vida,
esta lei
encontra em muitos
o seu real sentido.

Que haja sempre um sonho
a te habitar o entardecer do dia.

Aluísio Cavalcante Jr.

Lua Negra disse...

O conjunto álcool + volante = a desastres e perdas.

Que a educação seja enraizada desde de pequena.

Abraços de luz.
Lua.

Teresinha Ferreira disse...

Fico triste em ver tantos jovens morrendo por combinar bebida com álcool. Motoristas, isso para qualquer idade, dirigindo sem ter a preocupação com eles e com o próximo. Uns tremendos irresponsáveis.
O desrespeito está geral.
Comprei uma bike e ando mais por perto de casa ou na ciclovia e fico vendo a falta de educação com os ciclistas e com os pedestres. Penso que a pessoa ao volante nunca está a pé, não é?
Lá fora é tão diferente. O respeito é geral.
Isso é lamentável!
Beijos mil

Celina disse...

Oi LISETTE UM BOM DIA E MUITA PAZ, AQUI NA NOSSA REGIÃO TEM HAVIDO MUITOS ACIDENTES TODOS COM VÍTIMAS ,O ÁLCOOL ESTÁ SEMPRE PRESENTE A MAIORIA VEM DAS PRAIAS E SEMPRE A EXCESSOS SEM FALAR NAS BRRS QUE CORTA O ESTADO. UM ABRAÇO AMIGA. CELINA.

ॐ Shirley ॐ disse...

È preciso muita, muita, muita cautela no trânsito. E muitos beijos pra você, Lisette!