Translate

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Confira algumas dicas para driblar o cansaço ao volante

Coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, afirmou que as leis de trânsito não precisam sofrer alterações, mas serem aplicadas com eficiência.
Governo calcula que a cada dia 100 pessoas morrem no trânsito.Dando continuidade à reportagem especial do Fantástico sobre as causas de acidentes de trânsito e as medidas para combatê-las, o coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzoto, falou sobre o assunto em um bate-papo com os internautas.
Para ele, as leis de trânsito brasileiras não precisam sofrer alterações, e sim ser aplicadas com eficiência. A impunidade, segundo Rizzotto, é o principal motivo para o problema de educação no trânsito. Ele ressaltou ainda a importância de dirigir bem disposto.
“O Brasil tem legislação de qualidade, inclusive respeitada em todo o mundo. O que precisamos é aplicar a lei com máximo rigor, punindo os infratores. Se você trouxer um suíço para dirigir no Brasil, ele vai ter um comportamento no volante muito diferente do de um motorista brasileiro”, diz ele.
“Depois de certo tempo, entretanto, ele estará fazendo as mesmas bagunças que os brasileiros. Isso porque ele vai começar a sentir que não existe punição. Eu consigo ver isso acontecendo muito claramente em cidades com presença grande de estrangeiros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.”
Lei Seca
Rizzotto apontou a lei seca como uma ação punitiva eficaz.
“A lei seca produziu resultados imediatos, não só do ponto de vista do motorista, que deixou de dirigir sob efeito de álcool, mas também devido à presença da blitz, que reduziu outros tipos de infrações”, afirma.
Para o coordenador do SOS Estradas, junto à punição é preciso desde cedo ter um trabalho de conscientização.
“Temos que fazer trabalho de educação principalmente com as crianças, que podem até educar os pais e motoristas adultos com muito mais competência que nós que militamos nessa área. Campanhas educativas também são importantes. Nesse sentido, a publicidade e a mídia têm um papel fundamental.”
“A publicidade atualmente tem muito medo de falar diretamente, medo de chocar. Quando há um acidente de avião, há todo um acompanhamento pela mídia da vida das vítimas, o que não acontece com as vítimas de acidente de carro. É preciso contar as histórias dessas pessoas também, são seres humanos com nome e sobrenome”, diz ele.
Cansaço ao volante
Rizzotto explicou que, na prática, não existem acidentes de trânsito, pois todos eles têm uma causa que se pode prever. Uma delas é o cansaço dos motoristas, que reduz a atenção no volante.
“Não existem acidentes. Acidente seria se caísse um meteoro em cima do seu carro. Segundo nossos estudos, cerca 50% dos acidentes com motorista de caminhão ou ônibus ocorrem com ele sozinho, em virtude do cansaço. Geralmente, saem da pista ou da faixa. Mesmo quando se trata de motoristas de automóvel, 20% dos acidentes apurados no mundo envolvem pessoas cansados, que cochilam no volante ou diminuem sua capacidade de atenção por causa do esgotamento.”
“Existe um projeto de lei de 1996 que procurava estabelecer limite de horas de direção por dia. Infelizmente, esse projeto foi vetado em 2009. Ou seja, se o caminhoneiro autônomo tiver combustível suficiente para rodar durante 24 horas, ele vai poder rodar durante todo esse tempo sem limitação. Se ele for um trabalhador, haverá a legislação trabalhista, entretanto esta não tem sido aplicada com muito rigor”, revela.
Dicas para driblar o cansaço
“A cada duas horas você precisa descansar de 15 a 20 minutos. Se ainda assim você não se sentir disposto, não continue dirigindo. Pare o carro imediatamente e durma lá dentro mesmo”, conclui.
Fonte: g1, 2010

30 comentários:

ONG ALERTA disse...

Os motoristas precisam ter mais respito pela vida, o trânsito mata todo dia...não tem hora, local, nem idade...

Rosane Marega disse...

Bom Diaaaaaaaaa!
E que seja lindo!
Beijosssssssssss

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso e uma semana cheia de paz e poesia pra ti...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Lisette
Há 20 anos que eu não dirijo mais. Realmente a confusão e o falta de educação no trânsito, me fizeram desistir. Nem carteira de motorista renovei.
Tenha uma linda semana
Bjux

Luis Nantes® disse...

Puxa!! Imagem chata de se ver, né? Mas está sendo algo do cotidiano...
Beijos

łuc¡คหค disse...

Oi Lisette

Uma boa semana pra ti amiga.

Bjs

Daniel Savio disse...

Concordo contigo Lisette, temos de ter mais respeito com a nossa vida e dos outros...

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

brasildobem.net disse...

Respeito pela vida...é a base de tudo.
Bjs

Sandra Botelho disse...

menina e quantos inocentes morrem por alguns que não param quando o sono chega...meu cunhado foi uma dessas vitimas.
bjos achocolatados

Livinha disse...

Se todo mundo pensasse ou soubesse dessa dor, quem sabe...

Vivamos em Paz

Bjs

Livinha

Lilá(s) disse...

A falta de educação e a irresponsabilidade no transito é algo assustador!
Beijinhos

Jeanne disse...

Infelizmente noticias de acidentes viraram banalidades, números...
Por isto a imortância do teu trabalho aqui. Conscientizar é preciso.
beijos

soninha disse...

Falta consciência de muitos,as vezes basta um segundo e você perde a vida...

Tania T. disse...

O cansaço no volante é um perigo..

Bjão =*

Toninhobira disse...

Toda educação é preciso Lisete.Tem de ser uma coisa constante e incisiva.Amanha me parece é o julgamento daquel parlamentar do Parana que se envolveu na morte dos jovens.Vamos ver o resultado...Meu abraço Lisete,beijo de luz.

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

A saudade caminha no espaço
ao sabor do vento,
escrevo sem destino certo
as linhas da emoção,
guardadas no coração.

AMARILIS PAZINI AIRES

Boa Noite e Feliz Semana!M@ria

Michelle Nazar disse...

Lisette, querida, cada vez melhor vir aqui e ter sempre mais dicas, informações a alertas a respeito do trânsito. Parabéns pela inciativa e pela luta incansável!

Bandys disse...

Essas dicas são super importantes.

Um dia de paz e luz pra você

Beijos

ValeriaC disse...

Quantas vidas perdidas... penso que o brasileiro tem sim que ser mais consciente... lei somente não garante... tem que ter muita responsabilidade... é um trabalho de equipe mesmo...
Beijos...
Valéria

Zil Mar disse...

Oi querida....

Passando pra lhe dizer que tem um selo pra vc no meu blog...está abaixo dos posts...(necessariamente não precisa seguir as regras)


grande bjo , meu respeito e admiração!

Zil

Graça Pereira disse...

É uma medida acertada: na hora do cansaço, encosta-se o carro e tira-se uma pestana...quem sabe quantas vidas não serão poupadas com esta atitude?
Beijo e uma bela semana.
Graça

Eliane Gonçalves disse...

Grata pelas dicas...
Obs: não tinha me dado conta que você é de Porto Alegre (sou meio distraída)...

Beijos querida, muita luz para você!

Eliane.

Sandra Botelho disse...

Oi lindinha...Vim desejar-te dias de luz.
Bjos achocolatados

Pelos caminhos da vida. disse...

O que falta é respeito ao próximo.

Uma boa noite amiga.

beijooo.

Mariana disse...

Creio q quem precisa destas dicas, infelizmente não visita blogs e site com temas para a educação no trânsito.

Celina disse...

OI Lisette bom dia , muita paz, agradeço a sua visita. Quanto os acidentes continúa poe esse imenso Brasil, nos feriados ja viu, nem uma querra mata tanto,tem aqueles que devido o cansaço dormem ao volante, pior são os inresponsáveis que derigem alcoolisados, banalisando a vida deles e dos outros. A ipunidade cabe em parte a grande responsabilidade. um abraço querida,Celina.

olhar disse...

São os motoristas que se matam....e isto é triste demais...

Um beijo em seu coração!

Bia

Carlos Augusto Matos disse...

Até isso tem que ter dicas para não dormir ao volante... Hehehehehe

Bjuxxx linda...

AC disse...

Ainda há muito a fazer nesse campo, mas é necessário insistir sempre.

beijo :)

jefferson araujo souza disse...

boa noite a todos que fazem esse blog e muito bom estão de parabéns
pelo espaço.meu nome e (jeferson )JOÃO PESSOA PB ESTOU SEGUINDO VCS VENHA DIVULGAR SEU TRABALHO PARTICIPANDO DO BLOG DO jefersonaraujosouza obg