Translate

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Major morre na Estrada do Mar

Major morre na Estrada do Mar
Carro de militar da BM saiu da pista em área sem proteção lateral, em Torres, e afundou na águaAo perder o controle do Honda Civic que dirigia e mergulhar para a morte junto à Estrada do Mar, o major Antônio Carlos Barcellos, 46 anos, reacendeu ontem o alerta para o risco dos açudes às margens da rodovia.
Em 2008, pelo menos 21 pessoas morreram em acidentes de trânsito no trecho. Nove das vítimas perderam a vida em situações semelhantes, quando o veículo em que estavam caiu na água após saídas de pista.
O acidente aconteceu por volta do meio-dia no km 80, em Torres. Barcellos havia saído minutos antes de casa, no próprio município, quando atravessou a pista e caiu no açude. Uma marca no asfalto era o sinal de que ele tentou frear o carro ao mudar de direção por motivo ignorado.
Do carro submerso, a vítima foi retirada por motoristas que passavam pela via e pularam na água para socorrê-la. Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram minutos depois tentando reanimá-lo no acostamento, mas ele morreu a caminho do Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Torres. O destino de Barcellos, chefe da seção de instrução e planejamento do Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Litoral Norte, era Tramandaí, onde atuava durante a Operação Golfinho.
A morte chocou colegas que atenderam ao acidente. Comandante do Comando Rodoviário da Brigada Militar no Litoral Norte, o capitão Marcelo Ranheri estava abalado junto ao carro submerso, local onde avaliou que a principal hipótese é de mal súbito da vítima ao volante. Para ele, a existência de proteção na estrada poderia ter evitado a morte:
– Se houvesse guard-rail, seria um obstáculo físico que evitaria que o carro caísse na água.
Por meio da assessoria de imprensa, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que desde 2008 vem instalando proteção lateral junto aos açudes da Estrada do Mar – no ano passado, não houve registro de morte após queda em açudes. Já seriam 9,4 mil metros de defensas fixadas às margens do trecho entre Osório e Torres. Em março, a promessa é de mais 2,5 mil metros.
Em maio de 2008, um levantamento feito por Zero Hora com base em avaliações do engenheiro civil Mauri Panitz apontou que seriam necessários 19,6 mil metros de defensas.
Quem era
- Na BM desde 3 de fevereiro de 1983, o major Antônio Carlos Barcellos tinha 46 anos. Era casado e pai de dois filhos.
- Foi comandante da BM em Dois Irmãos e Torres. Desde o ano passado, era chefe da seção de instrução e planejamento do Comando Regional de Policiamento Ostensivo do Litoral Norte.
Fonte: zero hora, 23/02/2010

23 comentários:

Chica disse...

E o que foi feito dede 2008, NADA!!!

ONG ALERTA disse...

Os erros eles já conhecem nas estradas mas não fazem nada, estão colocando não existe já deveria ter sido colocado sempre tem desculpas...os órgãos do governos não estão preocupados com vida e sim em conviniências...quem vai ficar no cargo tal...precisamos de pessoasl especializado gente que faz, não gente que rouba...
Políticos sérios...políticos querendo só cargos...político que saibam fazer política...não deve ter pois eles acreditam no que convém...
Ano de eleição tem que votar????

Lisette Feijo disse...

Isso mesmo eles falam, falam, prometem e não fazem nada pela vida e depois dizem já esta sendo feito ou tem um projeto...papo de político...nada faz...pela vida...

Pelos caminhos da vida. disse...

Fica só na promessa é uma pena mais uma vida que se vai.

Fique com Deus amiga.

beijooo.

Lis. disse...

Olá...

Por ser um eng. mecânico, tenho uma outra visão muito séria do que acontece com o uso dos automóveis.

Dificilmente um brasileiro deixa seu carro com a manutenção em dia. É normal usar o veículo até que o mesmo esteja no bagaço, e só aí então o fulano se desfaz dele e compra outro novo ou mais novo.

Automóvel no Brasil quando passa de dois anos ou quarenta mil quilometros, está fadigado.

Eu não sei como gente tão desplicente consegue confiar a própria vida, e muitas vezes a vida de outrém na mão da imprudência.

Trata-se de pura ignorância.

Só para ter uma idéia do que falo... Se há manutenção no meu carro à ser feita e a oficina não me deixar acompanhar o serviço, eu não faço nessa oficina e procuro outra que permita.

Dentro de um carro qualquer um tem uma arma em potêncial contra si, e contra seus semelhantes.

É um caso muito sério...

Inspeção veicular para carros novos e semi-novos? Só aqui no Brasil... Isso é uma p-i-a-d-a!!!

O governo brasileiro tem que tomar vergonha na cara e tirar "todos" os carros com mais de 20 anos transitando pelas ruas.

Dora Regina disse...

Carro é bom para quem sabe cuidar dele e quem quer viajar com a família deve fazer isso em segurança”.
Um grande abraço, agradeço a visita e comentário em meu blog! Volte sempre que puder, para mim será uma alegria enorme.

Sonhadora disse...

È uma verdadeira carnificina nas estradas.
Obrigada pelo carinho.

Beijinhos
Sonhadora

soninha disse...

Tudo sempre fica no papel,e mais vidas se vão.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amiga.
Passei para ler os notícias e lhe deixar um abraço.
Até mais

Sandra Ribeiro disse...

Que triste, e a imagem também...Eu viajo bem pouco, mas minha filha de 16 anos viaja 2 vezes por mês, eu fico com o coração apertado quando nos despedimos, são tantas irregularidades nas estradas, da muito medo!

Antonio Campos disse...

Uma perguntinha o carro que o major estava usado teria mais de 20 anos rodando?

Fernanda Guerra disse...

Assim que esta o nosso estado embaixo dagua...e ninguém se mexe!

Layara disse...

Olá, espero sempre pelo melhor, e acredito que os seres humanos são capazes de ações que beneficiem o outro a comunidade enfim, eu acredito!

Desejo infinitas Luzes em teu caminho e que Deus apazigue sempre tua dor, e sempre acredito que Deus precisa de Flores lindas em seu jardim, sempre.

Beijos guria Linda!

MARIA L. BÓZOLI disse...

É sempre assim.....mais uma vida que se vai e nada acontece pra melhorar.

Beijos e obrigada pela visita!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sempre promessas vãs!!!!

Uma pena!

Beijos!

Sonia Regina

Helena disse...

De promessa em promessa, o tempo não para, acidentes e fatalidades continuam acontecendo...
E a vida é tão rara...
Um beijo e meu carinho...

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Penso que o mais doloroso
é saber não os dias que este problema existe,
mas as vidas que se perderão até que alguém tenha boa vontade em solucioná-lo.

Uma semana de paz para ti.

Luciana disse...

Olá

Obrigada pelas palavras no Blog muito bonito mesmo.

Uma excelente noite.

Bjs

Lu

Estrela vespertina...turbulenta! disse...

olá lisette!
gostaria de agradecer a tua visita em meu bloge parabenir seu blog,não sei se estou mas parece-me que vc teve uma perda?!
e transformou tua tristeza em disposição para ajudar outrem?!
pois digo-lhe parabéns nada em nossa vida é fácil,mas transformar dor em salvação é tudo.
olha estive viajando no mês passado e decidimos pegar a estrada com carro próprio e vimos que não está fácil,estradas com problemas,pudemos ver acidentes que nos deixavam chocados e angustiados por querer fazer algo e estar impotentes pelo fato de em nada poder ajudar.

Quanto ao patinho ele não é meu bem que quis traze-lo na mala mas ele não ia aguentar a viagem de volta.
vou ver seu arrumo um patinho mas tah dificil!
beijos e que tenha uma boa noite!!!

Glória Müller disse...

E a tristeza para quem fica, é terrível!
Em 2005, no dia do meu aniversário, 20 de maio,eu perdi o meu cunhado em uma estrada em Minas Gerais, perto de Montes Claros. Foi muito triste. Ele deixou seus dois filhos e minha irmã até hoje desolados. Na verdade, foi um trauma para toda família!! A estrada estava em péssimas condições, para variar.
Não temos ainda um país educado e responsável, haja visto os nossos representantes, embora escolhidos, por muitos de nós. Uma nação que precisa conscientizar mais os seus habitantes, que precisa parar com as demagogias.
Gente! infelizmente,é muito chão de estrada ainda.

Obrigada por ter estado no meu blog.
Beijos, menina linda!
Glória

Glória Müller disse...

Lisette, sinceramente, meus sentimentos. Nada se compara a dor de uma mãe que perde o seu bem mais precioso.
Continue com a sua luta, com muita paz e serenidade.
Abraços
Glória

Obs:Me passou desapercebido tal tragédia, minhas desculpas.
Mas continuo mandando beijos para o seu "anjo lindo"!

Lady disse...

Poxa vida, que triste!!!!!
Isso tem que parar!!!
Que Deus tenha piedade de nós...
ObrigadA pela visita no meu cantinho, seja bem vinda e volte sempre!
PAZ e LUZ

Bandys disse...

Que Deus o tenha em bom lugar.

Beijos e um dia de luz!!