Translate

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

ATENÇÃO COM O VIVA -VOZ!





Cérebro foi monitorado durante a pesquisa sobre condução distraída

Viva-voz nos carros é mais perigoso do que falar ao celular, diz estudo.


Estudo realizado nos Estados Unidos pela Universidade de Utah, encomendado pela American Automobile Association (AAA), aponta que sistemas de interatividade para carros conhecidos como “hands free” ou “mãos livres” são mais perigosos do que simplesmente falar ao celular enquanto dirige. Estes recursos consistem em botões mais acessíveis e comandos em viva-voz para telefonar e mandar mensagens de dentro do carro, entre outras atividades. O resultado da pesquisa foi divulgado nesta quarta-feira (12/10).

Os sistemas são muito utilizados pelas montadoras para atrair o público mais jovem, imerso no mundo de redes sociais e aplicativos de smartphones. De acordo com as fabricantes, os dispositivos “hands free” são mais seguros, porque os motoristas conseguem manter as mãos no volante e os olhos na estrada.No entanto, a pesquisa da associação automotiva americana mostra que a concentração para comandar o sistema por voz exige muito mais a atenção do motorista. Tal distração é definida pelos pesquisadores como “visão de túnel" ou "cegueira de desatenção". Isso porque a primeira reação dos condutores é se esquecer de olhar pelos espelhos retrovisores e prestar atenção aos detalhes do que vê na frente, seja a luz de freio de um carro ou pedestres.
"As pessoas não estão enxergando o que elas precisam ver para dirigir. Essa é a parte mais assustadora para mim", afirmou o presidente e CEO da fundação AAA, Robert L. Darbelnet, sobre o resultado da pesquisa.
Existem cerca de 9 milhões de carros e caminhões nos Estados Unidos em circulação com sistemas de informação e entretenimento. De acordo com a entidade, esse volume vai saltar para 62 milhões de veículos até 2018. A associação ressalta ainda que as pessoas se consideram seguras ao falar pelos sistemas de viva-voz, assim, mantêm o hábito.
"Nós acreditamos que há uma crise de segurança pública iminente", disse. "Esperamos que este estudo vá mudar alguns conceitos errados, amplamente defendidos pelos motoristas", alerta o representante da entidade.

18 comentários:

Pedrita disse...

olha, conversar é complicado tb. em filmes nós vemos direto os pais olhando a bagunaç dos filhos no banco de trás dirigindo. toda atenção é necessária. beijos, pedrita

Elvira Carvalho disse...

Quando se está ao volante, qualquer distração pode ser a diferença entre a vida e a morte.
Um abraço

Flor de Jasmim disse...

Já tinha conhecimento desta pesquisa.

O meu carro tem um cartão de telefone incluído no computador a bordo que uso com frequência, mas apenas para atender, porque é só tocar num botão no volante para atender, quando necessito telefonar, paro o carro para marcar o nº e depois falo em andamento porque não necessito desviar o olhar da estrada.

Bom fim de semana Lisette e um beijinho.

✿ chica disse...

Cuidado e atenção SEMPRE! bjs, chica

CÉU disse...

Olá, Lisette!

Qdo dirigimos, toda a atenção é pouca. Inovações, que podem pôr em perigo a vida, é dizer não!

Beijos e bom final de semana.

Isa Sá disse...

Tanto um como outro, são motivos de distração que muitas vezes podem ser fatais. Na estrada todo o cuidado é pouco.

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Teca M. Jorge disse...

Dirigir é um ato de responsabilidade que requer atenção total! Por isso, o motorista não pode se distrair com nada, nem com conversas paralelas... a vida pode ser perdida em segundos...
Um beijo e boa semana.

Blog da Gigi disse...

Ótimo final de domingo! Beijos

Os olhares da Gracinha! disse...

Todo o cuidado é pouco!
Conduzir exige muito de nós!
Bj

Graça Pires disse...

A conduzir qualquer distracção é perigosa. Um bom alerta.
Uma boa semana.
Beijos.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde, Lizette, sempre muito importantes suas publicações.
Quando estamos dirigindo, tenho certeza de que a atenção deve ser exclusiva ao ato de dirigir.
Por mais que digam que cuidam, sempre acontece algo grave, com o mínimo de falta de atenção!
Beijos!

Magia da Inês disse...

✿゚ه° ·.
Essas letras miudinhas depois da manchete é uma amostra grátis dos perigos, não é???
Foi dificílimo para concertar e ler... de tão miúdas!
Boa semana, com tudo de bom!
Beijinhos.

⎝❀ه° ·.

Luciane Citadin disse...

Tecnologia deve ser usada com responsabilidade!Segurança em primeiro lugar.

Maria Adeladia disse...

As tecnologias são maravilhosas, porém, tem-se que ter prudência. Muito bom o poster. Saudades do seu cantinho, querida. Beijos e boa semana.

As Mulheres 4estacoes disse...

Trânsito não combina com distração. É preciso estar atento enquanto dirige, um pequeno descuido pode ser fatal.
Abraço

Sonica disse...

Excelente alerta, amiga, talvez agora com esse aumento no valor das multas, tenhamos um mínimo de resultados positivos, bjs

Fê blue bird disse...

Desconhecia este estudo e alerta,obrigada por o divulgar.

Um beijinho e bom fim de semana

Anônimo disse...

Nos bastidores do reino: a vida secreta na Igreja Universal do Reino de Deus

Mário Justino
Geração Editorial, 1995 - 150 páginas

AQUI É REVELADO TODO O PASSADO SUJO DA IGREJA UNIVERSAL

Pela primeira vez, um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus revela com enorme impacto os segredos da seita do bispo Edir Macedo, hoje espalhada por quase todo o mundo. A obra caiu como uma bomba sobre a organização de Macedo, que conseguiu na Justiça uma liminar impedindo provisoriamente a circulação do livro, que ficou apenas 22 dias nas livrarias, desde seu lançamento, em novembro de 1995. A editora lutou e conseguiu, na Justiça, a liberação da obra, em que o ex-pastor Mário Justino narra sua amarga experiência com religião, drogas e o submundo do crime, no Brasil e em Nova York. Um livro recomendado para jovens e que foi adotado como educação para a cidadania por vários professores.


Completo em PDF para baixar:

Para baixar é só clicar no botão verde.

http://migre.me/vxbde

ou

http://www.mediafire.com/file/zkxcyleck3a1c59/NOS+BASTIDORES+DO+REINO+-+M%C3%81RIO+JUSTINO+-+COMPLETO.pdf