Translate

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

RS registra redução de acidentes no primeiro semestre

Após os 30 dias de acompanhamento das vítimas de acidentes do mês de junho, o Detran/RS fecha os dados da violência no trânsito na primeira metade de 2015. O RS registrou uma redução de 10% no número de acidentes com vítimas fatais e 7% menos mortes em relação ao primeiro semestre de 2014.

De 1.018 vítimas em 925 acidentes de janeiro a junho do ano passado, passamos a 949 mortes em 829 acidentes violentos no mesmo período este ano. “Foram menos 69 famílias em luto este ano, resultado de uma série de medidas que incluem um maior rigor da legislação, fiscalização mais eficiente, inclusive com ajuda da tecnologia, e qualificação dos processos punitivos como a suspensão e cassação do direito de dirigir. Também há uma sensibilização maior por parte da sociedade com relação aos comportamentos de risco, como o beber e dirigir, por exemplo, que está se tornando socialmente condenável”, avalia o diretor-geral, Ildo Mário Szinvelski.
Os acidentes com morte deste primeiro semestre de 2015 aconteceram, em sua maioria, em rodovias (58%). Com relação aos dias da semana, o percentual de acidentes aumenta progressivamente de segunda a sexta, sendo o maior volume nos sábados e domingos.  Quando se analisam os turnos das ocorrências percebe-se uma maior concentração no turno da noite (36% dos acidentes).
Quarenta por cento dos acidentes com vítimas fatais ocorridos no RS de janeiro a junho foram colisões (53%). Condutores de veículos e motociclistas foram mais da metade das vítimas dos acidentes no RS neste primeiro semestre, seguidos dos pedestres (20%), passageiros (19%) e ciclistas (5%).
Atropelamentos
No dia 08 de agosto deste ano, o Estado pôde comemorar o Dia do Pedestre com o menor número de atropelamentos em oito anos no Estado. Foram registrados, de janeiro a junho de 2015, 181 atropelamentos e 191 pedestres mortos no trânsito.  É o primeiro semestre, desde 2007, quando o Detran/RS passou a contabilizar as vítimas que vem a óbito até 30 dias após o acidente, que o número de pedestres vítimas de acidentes de trânsito fica abaixo das duas centenas.

37 comentários:

Toninho disse...

Qualquer numero que mostra redução é um motivo de inspiração e motivação das campanhas amiga. Que seja cada vez mais intensa as campanhas e consciência dos condutores.
Um lindo setembro para voce com meu carinhoso abraço
Beijo de paz.

Suzane Weck disse...

Ola,parabéns pelo trabalho que prestas a nós através de teu excelente blog.Grande abraço.SU

Dorli Ramos disse...

Oi Lisette

É com o andar de tartarugas que vamos vencendo e com a ajuda de Deus e leis mais severas.
Beijos
Dorli Ramos

Pedrita disse...

aqui estão utilizando essas pesquisas para melhorar a aprovação de políticos. então andam muito questionáveis. estão sendo usadas por marketing. beijos, pedrita

Ana Bailune disse...

Pelo menos, uma boa notícia...
Bom dia!

Anete disse...

Redução?! Coisa boa!!!

Vamos Adiante melhorando mais e mais...

Abraço e tudo de bom, Lisette!

Bell disse...

Que bom, no transito todo cuidado é pouco.

bjokas =)

Graça Pires disse...

Gostei da informação aqui fornecida.
Um beijo.

Reflexos e Sinais da Alma disse...

Sempre importante o que aqui encontro, servindo de informação e de alerta para todos os condutores e cidadãos do mundo ...
Beijinho
Luis Sousa

✿ chica disse...

Que bom e que reduza muiiiiiito ainda.Falta muito! bjs, chica

Simone Felic disse...

Que boa notícia lizete, os motoristas estão se concientizando, agora não sei
se é conciencia ou bolso que está serndo atingido pelos radares.
bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Brisa disse...

Olá Lizete...

Um blog interessante que tens...uma ótima informação.

Bjo

Odete Ferreira disse...

É importante a monitorização e a divulgação dos resultados. Sinal que a consciência rodoviária está a tomar o rumo certo.
E o teu blog é um ótimo contributo!
Bjo, amiga :)

Dona GAM (GAM DOLLS - 2) disse...

BOM DIA, COLEGA LISETTE!
QUE BOM QUE O ÍNDICE DE MORTES REDUZIU.
QUANTO MAIS CONSCIENTIZAÇÃO, MENOS TRAGÉDIAS.
EI, MOÇA!
VENHA ESPIAR MINHA NOVA POSTAGEM EM "GAM DOLLS (2)". ESTÁ SUPER BACANA!
FICAREI FELIZ COM TUA VISITINHA E COMENTÁRIO, SEMPRE TÃO INDISPENSÁVEIS E ESPECIAIS.
TENHA UMA LINDA SEXTA.
ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

Pérola disse...

Pena não ser melhor, mas talvez se chegue a um ponto próximo do zero.

Beijinhos

ONG ALERTA disse...

Talvez daqui a 50 anos quando um governo se preocupar em investir na educação tudo melhore!!!!!!

Ghost e Bindi disse...

Boas notícias...mas ainda quero ler a notícia de ZERO acidentes no ano. Isso sim seria o paraíso.
Um abraço, e feliz feriadão!

Bíndi e Ghost

Magia da Inês disse...


Para algumas pessoas só se o bolso haverá algum bom senso!
O ideal seria a educação começar na escola maternal.

-`✿´-
✿ Bom fim de semana com tudo de bom!
-`✿´- Beijinhos.

mfc disse...

Não há meio de as cifras negras poderem diminuir!

Algodão Tão Doce disse...


Olá amiga, vim desejar-lhe um abençoado início de mês, e lindos dias
de primavera que se aproxima!

Doce abraço Marie.

Bandys disse...

A luta é eterna,
beijos

Tetê disse...

Oi Lisete! Fiquei 10 dias fora, viajando entre ES e MG e, por incrível que pareça, não presenciei nenhum acidente pelas estradas ou mesmo no trânsito louquíssimo de Vitória (como correm, dão fechadas, avançam sinais...). Bjks e uma semana repleta de bençãos! Tetê

ONG ALERTA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu Citadin disse...

Conscientização e educação,melhores formas de diminuir acidentes.

Dorli Ramos disse...

Foi bom você mudar o visual do seu blog.
Ele doía a alma
Beijos
Dorli Ramos

Ailime disse...

Boa tarde Lisette,
Que bom que os acidentes estão a diminuir!
Sinal que os alertas estão sendo escutados!
Muito a fazer, mas é já um bom indicativo esses resultados
Um beijinho e boa semana.
Obrigada pela sua visita!
Ailime

ॐ Shirley ॐ disse...

Que boa notícia, Lisete.
Muita luz e muita paz!!!

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, Lisette, que bom saber que você compartilha conosco tão importante
assunto,e de interesse nosso. Melhor ainda é saber o resultado dos gráficos em relação aos acidentes.
Aos poucos a conscientização está se fazendo mais forte. Eu acredito que é uma questão de conscientização, e aos poucos vamos aprendendo.Obrigada pela sua postagem,pois é muito importante termos tão ricas informações. Grande abraço!

Toninho disse...

Boa tarde Lisette na linda semana que lhe desejo.
Relendo os números estimuladores aqui, mas já com os olhos tristes pelas informações dos vários acidentes pelo Brasil neste feriadão que ora termina, deixa uma sensação de impotência vendo as causas deles. Mas não podemos desanimar com nosso serviço de formiguinhas.
Que Deus nos proteja amiga.
Meu abraço com carinho e admiração nesta luta que há de dar bons frutos.
Bju de paz.

Dorli Ramos disse...

Oi Lisette,
Passando para lhe desejar uma linda noite.
Beijos
Dorli Ramos

Zilani Célia disse...

OI LISETTE!
QUE COISA BOA, AO MENOS NISSO PODEMOS DAR BOM EXEMPLO.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Crocheteando...momentos! disse...

Notícias que se desejam e todo o cuidado no trânsito...é pouco!!! Bj

© Piedade Araújo Sol disse...

sempre em alerta...é necessário...

:)

Flor de Jasmim disse...

Percentagens e numeros assustadores! Sendo em turnos da noite que os acidentes aumentam.
Terça para Quarta feira foi atropelado um jovem de 18 anos que circulava de bicicleta, foi colhido por um automovel, está em coma entre a vida e a morte.

Um beijinho Lisette.
Adélia

Rita Sperchi disse...

Muito triste minha querida, sexta a noite
um caminhão bateu na traseira do carro da minha
filha faz 4 meses que ela comprou o carro, ela e uma amiga não sofreram nada graças a deus mas o carro acabou, nem sabemos ainda se vai dar pra consertar, Eu falo com muita fé Deus existe e os anjos protegeram elas, ..o motorista dormiu e qdo viu já tinha acontecido......LAMENTÁVEL!!

BJUSSS

Nadja disse...


Lisette,

As pessoas precisam rever seus conceitos sobre esse assunto.
Infelizmente não há consciência por parte de muitos, não é?

Linda semana!

Bjksss

Emília Pinto disse...

Tanto aí quanto aqui, ainda há muito a fazer no que concerne ao trânsito, mas, quando os números descem é sempre motivo de esperança. O povo vai ficando mais educado e a fiscalização mais apertada. Na realidade o fundamental é a fiscalização, pois as multas são pesadas e ficar sem carteira não agrada. Desta última vez que fui ao Brasil, no passado mês de Março, já vi alguma mudança no respeito pelos pedestres nas passadeiras, mas muito pouco, amiga. Aqui nesse aspecto mudou muito; raramente se vê um pedestre a passar fora das passadeiras e raros são os carros que não páram. O que ainda tem de melhorar muito é o uso de celular ao volante; apesar das multas serem muito grandes ainda se vê muita gente com o celular na mão e também a fumar enquanto conduz. Obrigada, amiga, pela partilha de informações que a todos interessam. Um beijinho.
Emília