Translate

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Mais rigor! Falta pessoas mais responsáveis...


20 comentários:

ONG ALERTA disse...

Mais rigor na lei mas falta o ser humano com mais respeito a vida.

✿ chica disse...

Falta mesmo muito mais rigor ena aplicação e respeito nas pessoas! bjs, chica

Ivone disse...

Falta amor, minha linda amiga, pois quem ama a si e ao próximo sabe muito bem como respeitar e obedecer as leis!
Quem sabe agora com mais rigor as coisas possam mudar né mesmo?
Abraços bem apertados!

Clau disse...

Oi Lisette,
Quando falta respeito a vida,
falta tudo...
Esta nova lei seca, tem umas brechas que eu não aprovo,
pois deveria considerar a embriaguez ao volante
crime de perigo concreto, mas nem todo juíz interpreta assim...
Bjs!

Flor de Jasmim disse...

Que assim seja, mas não resolve se não houver respeito pela vida do próximo, não têm consciência de que quando embriagados, não está em risco apenas a vida do condutor.

Beijinho Lisette

Célia Rangel disse...

De que adiantam as leis se no coração o mando é pessoal? E, aos insensíveis e irresponsáveis, se acham os donos da vida! Valores deturpados! Inclusive os defensores da lei dão os piores exemplos!
Abraço.

Mariangela do Lago Vieira disse...

A irresponsabilidade cega....Quem sabe agora se conscientizam! Beijos!
Mariangela

ॐ Shirley ॐ disse...

Sempre a irresponsabilidade.
Parabéns Lisette!

Dona GAM (GAM DOLLS - 2) disse...

BOA NOITE, COLEGA LISETTE!
É ISSO AÍ! MAIS RIGOR, POR FAVOR! SÓ ASSIM ESSE POVO É PUNIDO E APRENDE O QUE É CERTO, QUANDO DÓI NO BOLSO.
EI, MOÇA!
VENHA CONFERIR E 8ª E PENÚLTIMA POSTAGEM DA SAGA DE BONECAS QUE ESTOU A RESTAURAR.
ENCANTE-SE COM MAIS UMA FOFA CRIAÇÃO QUE VAI ENCANTAR SEU CORAÇÃO.
FICAREI MUITO FELIZ COM TUA VISITA E COMENTÁRIO.
TENHA UMA LINDA TERÇA.
ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

EU disse...

Já houve por cá uma campanha idêntica mas o que é preciso é que as pessoas mudem por dentro.
Contudo, nunca são demais as campanhas!
Bjo, amiga :)

Wanderley Elian Lima disse...

Tem mesmo que endurecer, para ver as coisas mudam.
Abraço

Toninho disse...

Primeiro educa-se e depois pune.
Seria uma medida normal, mas para esta guerra do transito, só mesmo punindo com rigor da lei.
As vezes somos muito complacentes com a aplicação da lei. É preciso fechar o coração e mostrar que há regra a ser seguida e quem não a atende deve sim pagar por isso.
Ainda hoje pela TV vi uma reportagem de uma batida na cidade de Maceió onde o irresponsável estava a 170 Km/hora e colidiu com outro veiculo o arremessando contra uma arvore que foi arrancada e o condutor morto.
Por certo a esta hora já está em casa vendo filmes de terror.

Abraços Lisette.
Semana boa para nós e que Deus nos proteja dos malucos irresponsaveis.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Insistir em campanhas
de televisão,
é para mim um erro.
Perde-se o importante
no meio de tantas informações.
Ou se muda
a formação de nossas crianças
em relação ao respeito a vida,
bem com,
as leis relacionadas aos adultos
com severas punições,
ou veremos sempre o mesmo filme
trágico,
com personagens diferentes
dia após dia.

Luz e trevas
não são dois caminhos.
É um único caminho
que se completa
em nossos labirintos...

Que ainda haja estrelas em seu coração,
é o que deseja minha vida para a tua.

Fê blue bird disse...

Se conduzir não beba !
Um conselho que pode salvar muitas vidas!

beijinho

Ailime disse...

Boa noite Lisette, as leis são necessárias, mas será excelente quando as pessoas conseguirem um dia pensar que a sua vida e a dois outros está nas suas mãos!
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

Luciane Citadin disse...

Fiscalização e Educação!

Graça Pereira disse...

Acho que é bom apertar o cerco a quem não obedece a nada.
Beijo e bom fim de semana
Graça

Lucinha disse...

Lisette,

Fiz um curso sobre como dirigir com mais segurança, essa semana, é lembrei de você.
Pra tirar a carteira de motorista aqui na NZ, passamos por três etapas. Não é só provar que sabe dirigir, e pronto. Tem que estar consciente dos riscos e perigos em todas as situações.
Isso chama-se mais rigor nas leis, e respeito à vida.
Gostaria muito que, essa fosse a realidade do Brasil, também.
Beijos

BIA disse...


Falta amor neste mundo! Você deveria escrever um livro para alertar os jovens sobre o perigo no trânsito e também seria uma história de amor para a Ale, tenho certeza que serviria de exemplo para muitos irresponsáveis que andam por aí, ajudaria a criar uma mentalidade de prevenção e também é uma história de amor a uma linda menina que passou por esta terra e continuará a iluminar eternamente. Bom fim de semana Lisette! :)
Bjs


Evanir disse...

Demoro a tolerância Zero
amiga.
E ainda tem muitos assassinos voando e matando por ai.
A impunidade ainda é muito branda.
Feliz final de semana beijos.
Evanir.