Translate

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Governo treinará policial para coibir álcool no trânsito

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, lançou hoje um programa de treinamento massivo de policiais rodoviários para intensificar em todo o País o fechamento do cerco contra o uso de álcool no trânsito. Em 2011, segundo dados do governo, ocorreram mais de 35 mil mortes em acidentes de trânsito no País e a estimativa é que mais de 20% desses óbitos foram causados por uso de álcool ou de outras drogas, como os "rebites" (usados por motoristas que desejam ficar acordados).
O programa prevê o treinamento de policiais rodoviários, para que saibam lidar com situações nas quais se deparem com usuários de álcool e drogas. "Vamos enfrentar com muita decisão essa questão dos acidentes, mortes e tanta violência decorrente do uso de álcool e drogas", disse o ministro.
O treinamento começou hoje, de forma simbólica, para 40 policiais rodoviários em Brasília, mas será ampliado, segundo Cardozo, a dez mil policiais rodoviários de todos Estados ao longo deste ano. Depois o treinamento será levado às polícias militares estaduais e guardas municipais dos grandes centros urbanos.
Segundo estatísticas do Ministério da Justiça, em 2010 foram registradas 6.807 acidentes, somente nas estradas federais, envolvendo motoristas embriagados. Houve, nesses acidentes, 407 mortes e 5.732 pessoas feridas. De junho de 2008 a dezembro de 2011, a Polícia Rodoviária Federal aplicou mais de 2,7 milhões de testes de bafômetro e identificou mais de 84 mil motoristas embriagados.
Para Cardozo, o álcool é considerado uma tragédia e uma das principais causas de acidentes graves no trânsito. Estima-se que o custo social dos acidentes nas rodovias federais, entre janeiro e setembro de 2011, tenha sido de R$ 7,9 bilhões. Com o treinamento que está sendo ministrado aos policiais, além dos tradicionais bafômetros, serão usados equipamentos e técnicas modernas para detectar o uso de álcool e outras drogas.
Em entrevista, depois do lançamento do programa, o ministro informou que amanhã assinará com o governo estadual e com a prefeitura do Rio de Janeiro o primeiro pacto para enfrentamento do uso de drogas no País. Um dos objetivos é atacar a epidemia de crack que já atinge mais de 90% dos municípios brasileiros. O pacto, que depois será assinado também com os demais Estados, prevê ações de prevenção e orientação social, de tratamento dos dependentes e, segundo o ministro, também terá uma vertente muito forte de repressão ao tráfico.
"Vamos reprimir, prender e punir com muito rigor as organizações criminosas", disse o ministro. Ele explicou que serão definidas com o governador Sérgio Cabral e com o prefeito Eduardo Paes ações integradas sobre as cenas de consumo nas chamadas "cracolândias" do Rio de Janeiro, a exemplo do que ocorre em São Paulo. Serão mobilizados, nesse esforço, as polícias rodoviária e federal, além do aparato policial do Rio de Janeiro.

Fonte: g1, 25/01/2012 12h39 - Atualizado em 25/01/2012 12h39




25 comentários:

ONG ALERTA disse...

Tudo que o que o governo fizer para ajudar a diminuir os acidentes é bem vindo, mas espero que saia do papel, náo fique só na teoria como sempre...

ana costa disse...

Aí onde vocês estão, aqui onde eu vivo, ou seja em que parte do mundo fôr, esse não deveria ser um dever, mas sim uma obrigação de todo o Governo.
Um beijo, achei o seu blog muito interessante

✿ chica disse...

Tomara melhore algo nesse sentido...

dina vanessa mercado disse...

seems like a very tough politics you have there.. just like here in our country... they are fighting for the position and not for what the people really needs... selfish people does exist!!!
great blog!!! following you now.. hope you could visit my blog too.. kisses!!!

Renata Diniz disse...

Oi Lisette! Eu também torço para que funcione mesmo. Beijos!

Vivian disse...

Bom dia,Lisete!!

Toda a medida para ajudar é bem vinda, né?!Desde que se faça cumprir...
Beijos!!!
Boa semana!

ValériaC disse...

Acho louvável esta e todas iniciativas mais que forem tomadas neste sentido e que sejam efetivas, não apenas na teoria, mas sempre enfatizo, que é preciso uma conscientização de forma muito responsável por parte de todos, especialmente dos motoristas.
Beijos e ótima semana Lisette,
Valéria

Flor de Jasmim disse...

Lisette minha querida amiga
Sei que não é fácil esta tua luta é com muita dor e esperânça que o governo e condutores possam vir a respeitar o próximo, mas minha querida aqui cada dia que passa aumenta a inresponsabilidade e diminuie o peso da justiça.
Espero e desejo do coração que funcione na prática e que não vão ficar esquecidos numa secretária.

Beijinho e uma flor

Vanessa_Oliveira disse...

Espero que saia do papel e que essa medida funcione.
beijos mil ***

Olhos de Mel disse...

Será? Eu já não confio mais no que falam. Seria muito bom, se houvesse mesmo, essa determinação em coibir o álcool no transito. Mas tudo aqui começa com ênfase e vai caindo no esquecimento aos poucos.
Beijos

Sandra Botelho disse...

Ao menos ainda não cruzaram os braços, mas nosso codigo penal é muito permissivo. Ainda ha muito que se fazer. Bjos achocolatados

Esperança disse...

Amada irmã Lisette,

Acredito que Deus prepara tudo ao seu tempo, de uma forma muito especial para cada um de nós.

abraços de luz

O Árabe disse...

Isso, amiga: tudo que for feito, para reduzir o número de acidentes será bem vindo. Mas o principal seria um programa de conscientização, para que apenas pessoas responsáveis se tornassem condutores habilitados! Boa semana.

Toninhobira disse...

Uma boa noticia Lisete,esta gota já é um alento para esta pouca vergonha do transito com bebados e drogados levando o perigo a todos.
Uma bela semana a voce.
Que tenhamos numeros menores.
Que Deus nos proteja sempre.
Meu abraço de paz e luz nos seus dias.
Bju.

Ana Rita Profirio disse...

Fico mais do que na torcida!
Meu marido sofreu um acidente a poucos dias por pura irresponsabilidade do outro motorista!Por sorte ele está bem!
Que bom que existe blogs como seu prestando este serviço!

Beijos!! Òtima semana!!

Soninha disse...

INTERESSE SUA POSTAGEM, ESPERAMOS RESULTADOS SATISFATÓRIOS... OBRIGADA PELA VISITA EM MEU BLOG,,, NÃO ENTEDI POR QUE A NOVA GERAÇÃO SE CHAMA 'CRISTAL'? ABRAÇOS

7e7ei@ disse...

Como é gostoso receber visitas! Amigos são Anjos e eu gosto de me sentir assim, cercada de Anjos! Anjo amigo, obrigada pela visita! Um beijo angélico em seu coração! Tetéia

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Celina disse...

BOM DIA AMIGA, EU DEIXEI DE IR A MUITOS LUGARE QUANDO TENHO QUE PEGAR UMA BR. AQUÍ MESMO NA CIDADE NAS FESTAS DO FINAL DO ANO PREFIRO FICAR EM CASA, É LINDO A QUEIMA DE FOGOS NAS PRAIAS, NA VOLTA PELOS CAMINHOS OS ACIDENTES SÃO MUITOS, A MAIORIA EXCESSO DE ALCOOL, MACHUCA ELES PROPRIOS E OS OUTROS QUE SÓ FORAM COM A FAMILIA APRECIAR TAMBEM.ULTIMAMENTE FICO VENDO DA VARANDA DA CASA DA FILHA,É MAIS SEGURO. UM ABRAÇO FRATERNO CELINA

© Piedade Araújo Sol disse...

tudo o que for feito nesse sentido será sempre benvindo.

um beij

Graça Pereira disse...

Uma medida preciosa, já que o alcool é razão de muitos acidentes.
Beijo e boa semana.
Graça

Su disse...

Vamos torcer para que realmente as coisas melhorem e passem a valer...

Outro dia fiquei aqui no seu blog lendo toda sua história, li os depoimentos desde o início e fiquei bem comovida com tudo, como ando muito sensível, preferi não escrever, mas levei comigo uma lição de amor, amizade e da importância maior que é a nossa vida.

Um abraço!
Su.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Tenho visto aqui em Portugal, através da Record news o problema do crac. Acabam com a cracolândia, mas isso não resolve, pois eles vão para outro lado; o que tem de haver é uma sensibilização para o problema e tentar que aceitem ajuda. Aqui, em Lisboa havia um bairro, o Casal ventoso, onde praticamente só havia drogados. Acabaram com o bairro, demolindo os barracos, mas outros " casal ventoso" se formaram. É um problema em todo o lado, esse das drogas.
Quanto à formação de policiais, acho muito bem, pois a formação ajuda sempre muito. Torcemos todos para que dê certo e as coisas melhorem. Um beijinho, Lisette e espero que tudo lhe corra bem.
Emília

Vera Lúcia disse...

Oi Lisette,

Tudo que puder ser feito para reduzir as estatísticas a respeito será recebido com esperança por todos nós.

Beijos.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Oi amiga, passando para matar a saudades e te desejar um ótimo final de semana. É bom saber que a tua luta contra a violência no trânsito continua firme e forte. Um beijo. FIQUE COM DEUS.