Translate

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Carta de um filho a todos os pais do mundo!!!


Náo me de tudo o que eu peço.
As vezes, só peço para ver até quanto posso ter.
Náo grites comigo. Eu te respeito menos quando o fazes e me ensinas a gritar também, e náo quero faze-lo
Náo me de sempre ordens. Se em vez de ordens, as vezes me pedisse as coisas, eu as faria mais rápido e com mais gosto.
Cumpra as promessas, boas ou más. Se me prometes um prémio, de-me. Também no caso de ser um castigo, de-me.
Náo me compares com ninguém, especialmente com meus irmáos. Se tu me fazes parecer melhor que os demois, alguém vai sofrer. E se me fazes parecer pior, serei eu quem sofrerá.
Náo mudes de opiniáo táo rápido sobre o que deves fazer...decida e mantenha esta decisáo.
Deixe-me valer-me por mim mesmo. Se tu fazes tudo por mim, nunca poderei aprender.
Náo digas mentiras diante de mim, nem me peças que as diga por ti, ainda que seja para tirar-te de um aperto. Faz-me sentir mal e perder a fé no que me dizes.
Quando estiveres equivocado com algo, admita-o e crescerá a opiniáo que tenho de ti e me ensinaras a admitir meus equivicos também.
Trate-me coma mesma amabilidade e cortesia com que tratas teus amigos. Que sejamos família náo quer dizer que náo possamos ser amigos também e que tens direito de me tratar bruscamente algumas vezes.
Náo me exijas que faça o que tu náo fazes. Aprenderei e sempre serei o que tu fazes ainda que náo o digas. Porém, nunca farei o que tu disseres e náo fizeres.
Ensina-me a amar e a conhecer Deus, náo importa se no colégio querem me ensinar, porque de nada vale se eu vejo que tu náo conheces nem ama Deus.
Quando te contar um problema, náo me digas “náo tem importáncia”. Trate de compreender e de me ajudar.
Queira-me e diga-me. Pois eu gosto de te ouvir dizer, mesmo que tu náo aches necessário dizer.

Autor desconhecido.

52 comentários:

ONG ALERTA disse...

Ame seu filho acima de qualquer coisa!!!!!
Nosso verdadeiro amor!!!!!

✿ chica disse...

Que maravilha de carta!!!TODOS precisam ler!!!beijos,chica

* Nanda * disse...

lendo aqui me lembrei
que nos mesmo ensinamos o Não
ao nossos filhos tudo que ele faz de errado dizemos não não
e eles logo aprendi
que nós possamos amar cada dia
mais nossos filhos prestando sempre
atenção no que falamos. linda semana
bjs

Fabrício Santiago disse...

assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Krasivo. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Suziley disse...

Belíssima carta, Lisette. Bjos, boa semana, boa noite ;)

lucidreira disse...

É sempre bom passar por aqui, realmente todos tem que ler essa carta.
Abraço

ZilMar disse...

Oi Lisette...

uma bela lição...pra todos nós pais e tb aos que virão ser...

grande beijo e boa semana...



Zil

Hugo de Oliveira disse...

Perfeito demais...
Gostei.

abraços
de luz e paz.

BlueShell disse...

Olha...que coisa mais linda e mais verdadeira: posso levar comigo?
É impostante- queria divulgar! Sou professora e os pais nem sempre se comportam como pais.
Bj

Maria José Rezende disse...

Olá amiga. Muitas vezes, os pais, tentando acertar, acabam errando. Linda carta. Beijos.

Lorena Viana, disse...

Bom dia querida.
Lindas palavras, cheia de ensinamentos...
Uma linda semana cheia de permissões para ser feliz!
Beijinhos.
Lorena Viana
pequena-prendiz.blogspot.com

Lu Citadin disse...

Lindo texto!bju

Frida disse...

Olá querida! Valiosa essa sua reflexão! É uma grande alegria receber sua visita! Muito obrigada! Acabei de atualizar. Luz e Paz! Frida

7e7ei@ disse...

Como é gostoso receber visitas! Amigos são Anjos e eu gosto de me sentir assim, cercada de Anjos! Anjo amigo, obrigada pela visita! Um beijo angélico em seu coração! Tetéia

soninha disse...

Muito lindo,e tens razão nossos filhos são nosso maior tesouro...Fica com Deus paz nesse coração!!!

Regina Rozenbaum disse...

Realmente o amor de uma mãe por seu filho é IN-CON-DI-CIO-NAL. Já o deles por seus pais, infelizmente, nem sempre!
Beijuuss n.a.

O Árabe disse...

Confesso que conhecia o texto... mas a sua leitura é sempre oportuna. Obrigado, Lisette; boa semana!

ॐ Shirley ॐ disse...

Maravilhoso, amiga. Beijo no coração!

Lilá(s) disse...

Uma maravilhosa carta que todos os pais deviam ler.
Bjs

J Araújo disse...

Além de amar seu filho, oriente-o para andar nos caminhos dos justos. Com certeza vale a pena.

Bj

Toninhobira disse...

É preciso buscar entender a função mais profunda desta relação.O texto é fantastico para a reflexão.Hoje mais do que nunca.
Um abração carinhoso amiga.
Que Deus nos proteja sempre.
Bju.

Miriam disse...

Olá Lisette,

Perfeito, adorei o post...uma excelente lição de como viver...

Boa Noite Minha Querida!!
Até Amanhã, 1000 Beijokinhas

Everson Russo disse...

Não existe amor maior do que de mãe pra filho,,,é coisa de alma....beijos de bom dia pra ti amiga.

ValeriaC disse...

Uma carta cheia de sabedoria e que sirva para todos nós.
Beijos e ótimo dia amiga,
Valéria

Lua Negra disse...

Amiga que belas palavras.
Tenha uma linda semana.
Lua.

Fátima Oliveira disse...

Oi Lisette, adorei o texto, é muito importante que exista muito amor e bom senso na relação entre as pessoas e principalmente entre pais e filhos, taí um bom texto pra se refletir...
Bjs!

Renata Diniz disse...

Que carta preciosa de se ler e praticar. Beijos, Lisette.

Evanir disse...

Que em cada decisão de sua vida Deus esteja do teu lado sempre.
Dando lhe força e alento para vencer e superar qualquer tipo de sofrimento.
Que Deus lhe dê paz saúde e alegria mas que acima de tudo
lhe dê sabedoria e guie seus passos.
SEu carinho e sua amizade me faz muito bem ao meu coração.
Muitas bençãos e vitórias para você
♥ Não se esqueça que ♥ ... ♥ Estou seguindo -te e te amando ♥
Um carinhoso beijo e muitas saudades ...
Evanir..

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Lisette. Que escolha maravilhosa a sua.
As mães erram também, não há mãe perfeita, mas esse filho abriu o coração tão conscientemente, que fez com que eu pensasse melhor.
Infelizmente eu incorro em alguns erros , que eu não deveria fazer.
Por mais que ensinemos o melhor para os nossos filhos, e ao mesmo tempo exigimos dele o que não tem nada a ver, dói.
Sei que o melhor é criarmos o nosso filho com amor e tranquilidade.
Infelizmente a noção de autoridade confunde-se com um certo autoritarismo.
Eu amo o meu filho infinitamente, dou amor, educação, carinho, correção, mas infelizmente vez em quando sou temperamental.
Falo bobagem, e quando vi já foi, e me arrepende amargamente.
Sou uma mãe que tem muito o que aprender.
Meu filho faz 15 anos em Junho, é uma benção, e agradeço muito a Deus por sua vida, e por eu ser sua mãe.
Por mais que eu me considere boa mãe, ele é um filho infinitamente melhor!
Amei ler essa carta, e concordo com a Chica. "TODOS PRECISAM LER"!
Um beijo, e fique na paz!
Saudade!

MARILENE disse...

Uma lição de vida. É preciso perceber que as necessidades são diferentes, que os anseios dos pais não podem ser impostos aos filhos.

Bjs.

Brisa da Manhã disse...

Olá amiga! Estou em novo endereço... http://solta-ao-vento.blogspot.com Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã/Maythe

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita! Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Bandys disse...

Que exemplo. Que linda carta.
Maravilha.
Lizette estava lendo hoje que Govermo quer multa da Lei Seca mesmo sem uso do bafometro.
Acho um grande passo.

Beijos e muita luz.

alegria de viver disse...

Querida amiga

Obrigada pelo carinho.
Uma semana linda BJS.

Cecília Romeu disse...

Linda essa carta e reflete mesmo todos anseios dos filhos que somos, e numa leitura ampla, para quem é pai, entender o que se passa na visão dos filhos.
Abraços!

Leninha disse...

Minha querida Lisette,

Bela carta...este ë o verdadeiro amor,que respeita e quer ser respeitado,que estabelece limites mas cria vïnculos,laços que nada ,nem ninguëm conseguirä destruir.
Bjssssss,
Leninha

lita duarte disse...

Bela carta.
Amar é bom.
Amar de verdade.

Bjos.

Cida disse...

Maravilha de texto!!

Obrigada pela partilha.

Fique com Deus.

Beijos fra[ternos] pra você,

Cid@

Anne Lieri disse...

Lisette,uma carta linda e tocante que nos dá boas dicas para melhor educar e compreender nossos filhos!Bjs,

* Nanda * disse...

obrigada pelo seu carinho
nova postagem no Diário
esteja a vontade para
deixar sua opinião
e comentário bjs
http://diariodevocional2012.blogspot.com

Euzinha disse...

Obrigada, querida, pela visita! É bom demais sentir o carinho dos amigos! Abreijos Euzinha

Rosane Marega disse...

Muito lindo o texto,parabéns!
Lindo mesmo!
BeijossSSS

TITA disse...

Uma interpelaçao esta carta...Um beijinho.

Luciana de Oliveira disse...

lindo texto!!!!!

^^


gostei do seu blog...
acidentes de transito....pessoas irresponsaveis!!!!^^
eu ja vi varios acidentes nas viagens!!!

estou seguindo,segue o meu se puder??
bjs

Lilazdavioleta disse...

Lisette ,

houve duas pessoas a ler esta carta ... uma filha e uma mãe .
Fiquei com um nó no peito .
Obrigada pela partilha .
Um beijo ,
Maria

Sandra Botelho disse...

Maravilhoso...Muitos perdem os filhos por não saberem trata-los. Bjos achocolatados

Sonhadora disse...

Minha querida

Um grito de alerta para todos os pais...e por vezes quando acordamos é tarde.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Van disse...

Oi Lisette

Todo pai e toda mãe deveria receber esta carta.

Beijos!

Elisa T. Campos disse...

Que lindo Lisete.
Nem sempre é facil lidar com os nossos filhos.Eles são os espelhos dos pais certamente.

Linda semana
Bjs

Joel G Costa disse...

Sábio texto, profundo e inspirador!

Abraços e grato por compartilhar!

titi disse...

Lizzete que maravilha de carta...os pais não podem deixar de converssar com seus filhos...isso pdoe ser a dierença entre estar vivo ou não....que possamos ter amor o suficiente para amar nossos filhos a ponto de não deixar nada passar em branco..
muitos beijos Lizzete...tem cafe para voce no meu blog viu? sempre..
titi