Translate

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Quatro vidas interrompidas pelo trânsito

Quatro vidas interrompidas pelo trânsito
Acidentes tiraram a vida de dois irmãos, de 22 e 28 anos, em Santa Maria, uma adolescente, de 17, em Santiago, e um jovem, de 24, em São Gabriel
Em menos de um dia, quatro vidas foram precocemente interrompidas em três acidentes de trânsito na Região Central. Às 10h de sábado, Tiago Viero de Bastos, 24 anos, perdeu o controle do Uno que dirigia, em São Gabriel, invadiu o pátio de uma casa e capotou.
Morreu no local. Doze horas mais tarde, na BR-158, em Santa Maria, os irmãos Thiago de Souza Fraga, 28, e João Lineker da Silva Fraga, 12, perderam a vida quando a Saveiro onde estavam se chocou contra um caminhão carregado de madeira.
Os dois morreram na hora. Em Santiago, às 6h de domingo, o Astra onde estava a estudante Sabrina Gripa Estivalet, 17, capotou. Ela morreu na hora e outras três pessoas ficaram feridas. (leia mais sobre os acidentes de Santiago e São Gabriel ao lado).A tragédia que se abateu sobre as famílias e amigos das vítimas pode ser traduzida na perplexidade do motorista do caminhão envolvido no acidente dos dois irmãos.
– Estou chocado. Estas duas vidas ninguém vai trazer de volta – desabafou Jefferson Marcelo Pereira Lima, 38 anos.O acidente ocorreu por volta das 22h, na BR-158, perto do Residencial Arco Verde. O caminhoneiro saía do posto de combustíveis Rodalex 2 e atravessava a rodovia, para ir em direção a Santa Maria, quando a Saveiro dirigida por Tiago atingiu uma lateral do caminhão.Muito nervoso, Lima contou que viu a Saveiro, mas que calculou que teria tempo para fazer a manobra.
– Eles pareciam estar longe – explicou o caminhoneiro, que transportava uma carga de lenha de São Gabriel para Tupanciretã e parou no restaurante do posto para jantar.Com a violência da batida, a frente da Saveiro ficou destruída, e a bateria do veículo foi arremessada a cerca de 40 metros. Os bombeiros demoraram mais de três horas para tirar os corpos das ferragens.
Lima foi submetido ao bafômetro, que, segundo os policiais, confirmou que ele não havia ingerido bebidas alcoólicas antes de dirigir.As vítimas – Os corpos de Thiago e de João foram velados nas capelas mortuárias do Hospital de Caridade, em Santa Maria.
Os irmãos moravam no Parque Dom Antônio Reis com os pais, Selmes de Souza Fraga e Maria Albertina da Silva Fraga. O sepultamento ocorreu em São Sepé, onde moravam familiares e amigos.Filiado ao PMDB e militante da ala jovem do partido desde adolescente, Thiago cursou o Ensino Médio na Escola Estadual Cilon Rosa e atuou no Movimento Estudantil.
Ele era técnico em enfermagem e cursava Enfermagem no Centro Universitário Franciscano (Unifra). Desde janeiro, ele trabalhava na Secretaria Municipal da Juventude, Esportes, Lazer, Idoso e Criança de Santa Maria.– O Thiago era o Thiago. Era muito brincalhão. Mas também era aquela coisa: estava sempre p
ronto para trabalhar. Se precisasse, colocava chinelo e bermuda. Se tivesse que colocar um terno, também colocava. Não tinha ruim com ele – descreveu o chefe e amigo Tubias Calil.Thiago foi entrevistado pelo Diário e teve sua história contada na Página 2 da edição do dia 12 deste mês.Mais novo de três irmãos, João estudava na 5ª série da Escola Marieta D’Ambrósio. Ele adorava cães, tantao que tinha quatro animais, e era muito extrovertido.
MAIS
Serra gaúcha

Um agricultor de Bento Gonçalves morreu esmagado por um trator, na tarde deste domingo. Conforme a Polícia Civil, ele estava trabalhando quando o trator teria tombado em cima dele, às 14h30min
Fonte: Diário de Santa Maria, 17/08/09

3 comentários:

ONG ALERTA disse...

Vamos colocar pardais nestas estradas para diminuir estes acidentes!!!!!!

Maria Inês Mascarenhas disse...

Trânsito um perigo constante, cuidado sempre.

Fernanda Guerra disse...

Estradas são perigosas atenção dobrada pois qualquer descuido pode ocasionar um acidente, que palavra tinhosa essa.